Fernando Gil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fernando Gil
Filosofia do Século XX
Nome completo Fernando Gil
Data de nascimento: 1937
Local: Muecate, Moçambique
Data de falecimento 2006 (69 anos)
Local: Paris

Fernando Gil (Muecate em Moçambique, 1937 - Paris, 2006) foi um filósofo português,[1] autor de vários livros tanto na sua língua materna como em francês.[2] Foi director de investigação na École des hautes études en sciences sociales e professor na Universidade Nova de Lisboa.[3] Desde o ano da sua morte, o Estado Português atribui o Prémio Internacional Fernando Gil que distingue trabalho de excelência no domínio da Filosofia da Ciência.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • La logique du nom, edições L'Herne, Paris, 1972.
  • Mimesis e negação, edições INCM, Lisboa, 1984.
  • Preuves, edições Aubier, Paris, 1988.
  • Traité de l'évidence, edições Jérome Millon, 1993, ISBN 2905614838.

Prémios e condecorações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d História de Portugal - Dicionário de Personalidades (vol. XV) ISBN 989-554-120-1
  2. Fernando Gil - personalidade - filósofo.
  3. Capa do Traité de l'évidence, Edições Jérome Millon, 1993, ISBN 2905614838
  4. Doutores honoris causa pela UA (em português) Universidade de Aveiro. Visitado em 22 de Agosto de 2014. Cópia arquivada em 28 de Julho de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.