Hanna Damásio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Hanna Damásio (Lisboa, 24 de Setembro de 1942) é uma médica e neurocientista portuguesa. Trabalha juntamente com o seu marido, António Damásio em Iowa, Estados Unidos. É professora de psicologia e neurologia na University of Southern Califórnia, onde dirige o Centro de Neuroimagem Dornsife. Ela também é professora adjunta do Instituto Salk, em La Jolla, Califórnia. Até 2005, era um ilustre professor de Neurologia da Universidade de Iowa College of Medicine, onde dirigiu o Neuroanatomia Humana e Laboratório de Neuroimagem. Usando tomografia computadorizada e ressonância magnética de varredura, ela desenvolveu métodos de investigar a estrutura do cérebro humano e as funções estudadas, como linguagem, memória e emoção, usando tanto o método de lesão e de neuroimagem funcional. Este trabalho resultou em inúmeros artigos científicos que apareceram em jornais principais. Em 1989, publicou "Análise da lesão em Neuropsicologia" (Oxford University Press), um livro clássico, pelo qual recebeu o Prémio de Livro de Destaque do Ano em Bio e Ciências Médicas da Association of American Publishers. O seu interesse contínuo em neuroanatomia humana levou-a a desenvolver o primeiro atlas do cérebro humano com base em imagens de tomografia computadorizada: "Human Brain Anatomy em Computerized Images", também publicado pela Oxford University Press. O livro é uma referência reconhecida agora em sua segunda edição.