Gustavo Franchin Schiavolin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gustavo
Informações pessoais
Nome completo Gustavo Franchin Schiavolin
Data de nasc. 19 de fevereiro de 1982 (32 anos)
Local de nasc. Campinas (SP),  Brasil
Nacionalidade Itália Italiano (Naturalizado)
Altura 1,86 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Brasil Atlético Paranaense
Número 3
Posição Zagueiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1999-2001
2001-2002
2003
2003
2004-2005
2005
2006
2007-2011
2009
2010
2010-2011
2011
2012
2013
2014
2014-
Brasil Guarani
Bulgária Levski Sofia
Rússia Dínamo de Moscow
Brasil Goiás
Brasil Ponte Preta
Brasil CRB
Brasil Paraná
Brasil Palmeiras
Brasil Cruzeiro (emp.)
Brasil Vasco da Gama (emp.)
Itália Lecce (emp.)
Brasil Botafogo
Brasil Portuguesa
República Popular da China Qingdao Jonoon
Brasil Paraná
Brasil Atlético Paranaense
0002 0000(0)

0008 0000(0)
0001 0000(0)
0032 0000(0)

0035 0000(2)
0051 0000(3)
0009 0000(0)
0006 0000(0)
0024 0000(0)
0014 0000(1)
0039 0000(0)
0017 0000(1)
0016 0000(1)
0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 14 de setembro de 2014.

Gustavo Franchin Schiavolin, ou Gustavo, (Campinas, 19 de fevereiro de 1982), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Atualmente está jogando no Paraná.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Formado nas categorias de base do Guarani, permaneceu no time até o fim do 1º semestre de 2001, se transferindo para o Levski Sofia. No futebol búlgaro foi campeão nacional no ano seguinte.

Em 2003 se transferiu para o futebol russo, indo jogar no Dínamo de Moscow, porém não conseguiu se adaptar na equipe e ficou apenas meia temporada. No mesmo ano foi para o Goiás onde também não conseguiu ter muitas oportunidades.

No ano de 2004 foi contratado pela Ponte Preta onde chegou com o time nas quartas de finais do Campeonato Paulista, e no Campeonato Brasileiro fez uma boa campanha terminando em 10º lugar. Já em 2005 foi contratado pelo CRB para disputar o Campeonato Brasileiro Série B.

Paraná[editar | editar código-fonte]

Em 2006 foi contratado pelo técnico Caio Júnior junto ao Paraná, onde teve a sua melhor experiencia até então na sua carreira profissional, sendo campeão estadual e conseguindo uma inédita vaga na Copa Libertadores da América terminando em quinto lugar no Campeonato Brasileiro. Voltou ao Paraná em 2014.

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

No ano de 2007, após a ida de Caio Júnior ao Palmeiras, foi contratado pela equipe, onde logo se firmou como titular e começou a ganhar confiança da torcida. No ano seguinte foi campeão paulista, e era considerado peça fundamental no time até meados do 2º semestre, onde o então técnico Vanderlei Luxemburgo o colou no banco de reservas e no seu lugar entrou o contestado zagueiro Jeci, isso gerou revolta em parte da torcida palmeirense.

Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

No ano de 2009 perdeu espaço no time, e se transferiu para o Cruzeiro no dia 29 de Janeiro.[1] Na equipe mineira, fez 7 jogos pelo campeonato estadual onde também conquistou o título, e fez somente duas partidas na campeonato nacional pois, no dia 14 de Junho sofreu uma grave lesão em uma partida contra seu ex-time, o Palmeiras, e isso o levou a perder o resto da temporada.[2]

Vasco[editar | editar código-fonte]

No final de 2009, Gustavo foi emprestado para o Vasco da Gama para a temporada de 2010.[3]

Lecce[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de julho de 2010 o Lecce da Itália confirmou que contratara o zagueiro.

Botafogo[editar | editar código-fonte]

Após uma boa temporada na Itália, foi contratado pelo Botafogo de Futebol e Regatas no dia 1 de Julho de 2011.[4]

Portuguesa[editar | editar código-fonte]

No início de 2012, Gustavo acertou sua transferência para a Portuguesa.[5] Após ter problemas no início do ano com o então técnico do clube, Jorginho, e ficar afastado do elenco durante todo o Paulistão 2012, Gustavo ganhou espaço com a chegada de Geninho e foi titular durante todo o Brasileirão 2012. Porém mesmo após fazer boa campanha com o clube e conquistar o respeito da torcida rubro-verde, o jogador não renovou seu contrato para a temporada 2013[6] .

Qingdao Jonoon[editar | editar código-fonte]

Em 2013, acertou com o Qingdao Jonoon, da China.

Paraná Clube[editar | editar código-fonte]

No inicio de 2014 acertou seu retorno ao Paraná, clube que já havia defendido em 2006, depois de uma temporada no Qingdao Jonoon, da China

Atlético Paranaense[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2014 acertou com o Atlético Paranaense, entrando em acordo com a diretoria do Paraná Clube e rescindindo seu contrato após ter vários problemas com salários atrasados. Também levou em conta o desejo de voltar a jogar a serie A do campeonato brasileiro, apesar de se tratar de um clube rival. Por parte do Atlético, veio para suprir uma carência do grupo, que perdeu seu principal zagueiro no mesmo ano e tinha a pior defesa do brasileirão no momento de sua contratação.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Levski Sofia


Paraná


Palmeiras


Cruzeiro


Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Portuguesa


Referências

  1. Transferencia Cruzeiro Globoesporte.globo.com.
  2. Grave lesão Globoesporte.globo.com.
  3. Emprestado ao Vasco Globoesporte.globo.com.
  4. [1] Lancenet.com.br.
  5. Zagueiro Gustavo é oficializado como novo reforço da Portuguesa Portuguesa.com.br. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  6. Zagueiro Gustavo diz negociar volta ao Palmeiras, mas aguarda eleição
  7. Meu Timão. Amistosos 2012 - Corinthians 0 x 1 Portuguesa Meutimao.com.br. Página visitada em 23 de janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.