Inguchétia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde novembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
República da Inguchétia
russo: Республика Ингушетия
inguche: ГӀалгӀай Мохк
Flag of Ingushetia.svg Coat of Arms of Ingushetia.svg
Bandeira brasão
Lema nacional: Nenhum
RussiaIngushetia2007-07.png
Línguas oficiais russo, inguche
Capital Magas
Presidente Yunus-bek Yevkurov
Primeiro-ministro Aleksey Olegovich Vorobyo
Área
 - Total
81.° maior
4.000 km²
População
 - Total (2002)
 - Densidade

467.294
116,8 h/km²
Moeda Rublo
Fuso horário UTC +3
Código telefônico 7 (Rússia)
Ingush03.png

A República da Inguchétia1 (em russo: Респу́блика Ингуше́тия, Respublika Ingushetiya; em inguche: ГӀалгӀай Мохк, Ğalğaj Moxk) ou Ingúchia é uma divisão federal da Federação Russa (uma república), localizada na região do Cáucaso Norte. Seus idiomas oficiais são o inguche e o russo, e sua capital é Magas, pequena cidade situada nos arredores sudeste de Nazran, até recentemente capital da república.

É a menor divisão federal da Rússia, com a exceção das duas cidades federais, Moscovo e São Petersburgo, e foi fundada em 4 de junho de 1992, após a República Socialista Soviética Autônoma Checheno-Inguche se dividir em duas outras repúblicas.2 . A Inguchétia é lar dos inguches, um povo de ascendência vainaque.

O nome "Inguchétia" deriva do nome da antiga aldeia de Ongusht (renomeada em 1859 como Tarskaya, e transferida em 1944 para a Ossétia do Norte) e do sufixo georgiano -eti, que significa "(terra) onde vivem os inguches".

A Inguchétia continua a ser uma das mais pobres e conturbadas regiões russas. O atual conflito militar na vizinha Chechénia chega ocasionalmente à Inguchétia, e a república tem sido desestabilizada pela corrupção, por vários crimes de extrema gravidade (como o sequestro e assassínio de civis por forças de segurança governamentais3 ), protestos contra o governo, ataques a funcionários e soldados, excessos militares das tropas russas e uma situação dos direitos humanos que se deteriora.4

Geografia[editar | editar código-fonte]

Geografia física[editar | editar código-fonte]

A Inguchétia fica situada na Ciscaucásia, na vertente norte da cadeia do Cáucaso.

Geografia humana[editar | editar código-fonte]

De acordo com o recenseamento de 2002, os inguches constituem o grupo mais numeroso, com cerca de 77% da população total, seguidos dos chechenos com 20,4%, russos com 1,2% e turcos 0,2%.

Tanto inguches como chechenos são de tradição muçulmana sunita.

História[editar | editar código-fonte]

Os inguches viveram nas montanhas entre os séculos XVI-XVII, quando alguns deles começaram a descer para a planície. Em 1810, o Império Russo anexa a Inguchétia. Os russos construíram fortificações na região e mudaram-se um grande número de inguches para a base militar em Nazran. O mandato russo foi repressivo, devido à resistência desenvolvida entre os inguches, culminando com a revolta de Nazran em 1858. O inguches foram, no entanto, menos bélicos em enfrentar os russos que o povo checheno, pelo que a sua presença na rebelião Shamil em meados do século XIX, na qual vários povos do Cáucaso levantaram-se contra o domínio russo, era inferior aos dos últimos.

Durante a Revolução Russa de 1917 e a subsequente guerra civil, ocorreram combates no território da Inguchétia entre tropas comunistas do Exército Vermelho e as anti-soviéticas do Exército Branco. Em 1920, o poder soviético foi estabelecido no território da Inguchétia, e em 1924 criou-se o oblast (então visto como distrito), dentro do Inguchétia Autónoma na Rússia Soviética, com a cidade de Vladikavkaz (atualmente Alania) como seu centro administrativo. Em 1934, a Chechénia e a Inguchétia foram unidas para formar o Oblast Autónomo checheno-inguche, tornando-se república autónoma em 1936. Em 1944, durante a II Guerra Mundial, Stalin acusou os inguches de colaborar com os nazistas, por isso foram deportados para a Ásia Central. Os inguches voltariam para sua terra natal em 1957 e passariam a exigir a devolução de Prigorodni Rayon, um distrito que se estende ao longo do rio Terek, que havia sido transferido para a Alania durante seu exílio.

Quando a Chechénia declarou a sua independência da Rússia em Novembro de 1991, pouco antes da dissolução da União Soviética, os inguches se separaram da Chechênia para formar a sua própria república. Em Dezembro de 1992, o Congresso dos Deputados do Povo da Rússia reconheceram a Inguchétia como uma república soberana na Rússia. A nova entidade continuou a exigir a devolução do distrito nas mãos da Ossétia do Norte, o que começou em 1992, hostilidades entre as regiões vizinhas. Os líderes russos e inguches apressaram-se para mediar o conflito. Desde essa altura, quase todos os mais de 50.000 mil inguches que viviam na Ossétia foram forçados a fugir. A maioria dos refugiados vivem hoje na Inguchétia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Inguchétia

Mapa físico no WikiMapia

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Correia, Paulo. (Outono de 2008). "Geografia do Cáucaso". A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 28): 11, 13. Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. ISSN 1830-780-9. Página visitada em 7 de outubro de 2012.
  2. Supremo Soviete da RFSSR (Lei). Об образовании Республики Ингушетия в составе РСФСР ("Sobre a fundação da República da Inguchética dentro da RFSSR") (em russo). [S.l.: s.n.].
  3. Ingushetia's cycle of violence, BBC Radio 4, 3 de outubro de 2009
  4. Urgent Need for Vigorous Monitoring in the North Caucasus. Human Rights Watch/Reuters, 15 de abril de 2008.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Rússia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.