Jerónimo Martins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jerónimo Martins
Jerónimo Martins SGPS, S.A.
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação Euronext Lisboa: JMT
Fundação 1792
Sede Campolide, Lisboa,  Portugal
Locais Portugal, Polónia e Colômbia
Pessoas-chave Alexandre Soares dos Santos[1]
Pedro Soares dos Santos[2]
Empregados 66,270 (2011)[3]
Produtos Venda retalho/grossista e indústria
Valor
de mercado
Aumento EUR 7,80 mil milhões (Mar/2014)[4]
Lucro Aumento EUR 382,3 milhões (2013)
Faturamento Aumento EUR 11,82 mil milhões (2013)[5]
Página oficial jeronimomartins.pt

Jerónimo Martins SGPS, S.A. é um grupo empresarial português de distribuição alimentar e indústria, presente em Portugal, Polónia e Colômbia.

A empresa foi fundada em 1792[6] e desde Fevereiro de 1996, o grupo é liderado por Alexandre Soares dos Santos, desde 2012 a pessoa mais rica de Portugal.[7] [8] Em 24 de setembro de 2013 foi oficialmente comunicado que renunciará ao cargo por razões pessoais, com efeitos a partir do dia 1 de novembro de 2013.[1]

Unidades de negócio[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, a sua área de actividade primordial são os sectores de retalho e grosso, é hoje líder na Distribuição Alimentar em Portugal, com as marcas Pingo Doce (líder em supermercados) e Recheio (líder em cash & carry). [9] Também opera no sector da indústria, com uma parceria entre a Jerónimo Martins e a Unilever. De destacar ainda a chocolateria Hussel, a Caterplus, as lojas Jeronymo (uma rede de cafés), a geladeira norte-americana Ben & Jerry's e as lojas e quiosques Olá. Na Polónia, desde 1997, opera com a insígnia Biedronka, a maior cadeia de retalho alimentar do país. O grupo detém 2.283 lojas.[9]

A Sociedade Francisco Manuel dos Santos, principal acionista deste grupo, criou em 2009 a Fundação Francisco Manuel dos Santos.[7]

Operações da empresa[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

  • Pingo Doce (distribuição alimentar)
  • Recheio (distribuição alimentar)
  • Unilever Jerónimo Martins (indústria de alimentos) - 45%
  • Gallo Worldwide (produção e comercialização de azeite e óleos alimentares)
  • Hussel (comercialização de chocolates e confeitaria) - 51%
  • (JMRS) Jerónimo Martins Restauração e Serviços (Restauração e Serviços)
    • Jeronymo (quiosques e cafetarias)
    • Olá (franchising)
    • Jeronymo Food with Friends (restaurantes)
  • Jerónimo Martins Distribuição de Produtos de Consumo (representante de marcas portuguesas e internacionais)

Colômbia[editar | editar código-fonte]

  • Ara (retalho Alimentar)

Polónia[editar | editar código-fonte]

  • Biedronka (maior cadeia de supermercados da Polónia)

Protestos[editar | editar código-fonte]

A Jerónimo Martins tem sido alvo de críticas e protestos por parte da Greenpeace. Os protestos devem-se à campanha que a organização está a desenvolver de preservação dos oceanos e das espécies marinhas. A organização acusa a Jerónimo Martins de não ter uma política sustentável de compra de peixe.[10]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


{{Navbox |nome = Jerónimo Martins |título = Jerónimo Martins |estado = autocollapse |acima = Alexandre Soares dos Santos

|list1 = Biedronka  · Feira Nova  · Fundação Francisco Manuel dos Santos  · Pingo Doce (Corrida de 2012)

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.