José Maria Fidélis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

José Maria Fidélis dos Santos (São José dos Campos, 13 de março de 1944  — São José dos Campos, 28 de novembro de 2012) foi um futebolista brasileiro, que atuou na posição de lateral direito.

Jogador[editar | editar código-fonte]

Como jogador do Bangu foi campeão carioca em 1966. Pelo Vasco da Gama foi campeão carioca em 1970 e campeão brasileiro em 1974. Seu último título como jogador profissional foi o de Campeão Potiguar pelo ABC de Natal em 1980. Encerrou a carreira no Esporte Clube São José em 1981.

Fidelis fez parte da Seleção Brasileira de Futebol que disputou a Copa do Mundo FIFA de 1966. Disputou oito jogos pela seleção, todos em 1966, tendo marcado um gol.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Foi campeão alagoano pelo CSA, campeão sul-matogrossense pelo Operário Futebol Clube (1986), campeão do Módulo Branco CBF (1986), vice-campeão paulista pelo São José Esporte Clube em 1982 e campeão estadual da 1a.Divisão de Profissionais Chave B pelo Campo Grande (1993).

Outras equipes que treinou: Associação Esportiva Guaratinguetá (1988) e Guarani-MG (1989 a 1990).

Morte[editar | editar código-fonte]

Fidelis morreu em 28 de novembro de 2012. A causa da morte não foi revelada.[1]

Referências