Lourenço Mutarelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Setembro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Lourenço Mutarelli (São Paulo, 18 de abril de 1964) é escritor, ator, dramaturgo e autor de histórias em quadrinhos brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mutarelli cursou a Faculdade de Belas Artes. Durante três anos, trabalhou nos estúdios de Maurício de Sousa, no começo como intercalador e depois como cenarista. Entusiasmado pelo grande número de revistas que surgiram na década de 1980, tentou publicar suas histórias sem sucesso - foram consideradas muito "estranhas". Também fez humor criando o personagem "Cãozinho sem pernas" que ainda hoje, é lembrado com saudade por seus leitores. Iniciou sua produção em histórias em quadrinhos por meio dos fanzines, distribuídos pelo próprio autor. Seus dois títulos, Over-12 (1988) e Solúvel (1989) tiveram 500 exemplares impressos pela extinta Editora Pro-C, de Francisco Marcatti, importante nome nos quadrinhos underground na década de 80, e hoje são raridades muito bem conservadas. Publicou ainda tirinhas e histórias de uma página na revista Animal – publicação mensal sob a editoração de Rogério de Campos, Fabio Zimbres, Priscila Farias e Newton Foot que publicava, entre materiais nacionais, um leque de autores europeus – e em outros títulos da Editora Vidente – de Gilberto Firmino. Com Marcatti e Glauco Mattoso editou dois números da revista "Tralha", também publicada pela Vidente. Recebeu vários prêmios e é aclamado por sua participação no cinema e no teatro. Criador da arte do filme Nina, dirigido por Heitor Dhalia, autor do romance O Cheiro do Ralo, adaptado para o cinema, dirigido por Heitor Dhalia e estrelado por Selton Mello. O protagonista, que tem o nome velado no romance, no cinema recebe a alcunha do autor do livro. Recentemente, seu romance O Natimorto foi adaptado para o teatro pelo dramaturgo Mário Bortolotto e ganhou as telas com Mutarelli no elenco. A maior parte de suas publicações aconteceram por intermédio da Devir Editora e pela Companhia das Letras.

Romances[editar | editar código-fonte]

  • O Cheiro do Ralo (Devir Editora / Companhia das Letras)
  • O Natimorto (DBA / Companhia das Letras)
  • Jesus Kid (Devir Editora) (2004)
  • A Arte de Produzir Efeito Sem Causa (Companhia das Letras)
  • Miguel e os Demônios (Companhia das Letras) (2009)
  • Nada me Faltará (Companhia das Letras) (2010)

Peças[editar | editar código-fonte]

  • O Teatro de Sombras - Coletânea de 5 peças de teatro. (2007) (Devir Editora)

Quadrinhos (Banda Desenhada) e Livros ilustrados[editar | editar código-fonte]

  • Manaus - Cidades Ilustradas (2013)
  • Quando Meu Pai se Encontrou com o ET Fazia um Dia Quente (2011)
  • Diomedes (trilogia do detetive lançada pelo Quadrinhos na Cia)
  • A Caixa de Areia ou Eu Era Dois em Meu Quintal
  • Transubstanciação (1991)
  • Sequelas
  • A Confluência da Forquilha (1997)
  • Mundo Pet
  • Eu te amo Lucimar (1994)
  • O Dobro de Cinco
  • O Rei do Ponto
  • A Soma de Tudo 1
  • A Soma de Tudo 2
  • Desgraçados (1993)
  • OverDoze
  • Impublicáveis
  • Resignação (publicado em Brazilian Heavy Metal)
  • Solúvel
  • O Nada (publicado na revista Lúcifer nº01)
  • O Astronauta ou Livre Associação de um Homem no Espaço (2010)

Web Séries[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Octavio Cariello
Troféu HQ Mix - Melhor desenhista nacional
1993
Sucedido por
Flávio Colin
Precedido por
Edgar Vasques
Troféu HQ Mix - Melhor desenhista nacional
1999
Sucedido por
Lourenço Mutarelli
Precedido por
Lourenço Mutarelli
Troféu HQ Mix - Melhor desenhista nacional
2000
Sucedido por
Lourenço Mutarelli
Precedido por
Lourenço Mutarelli
Troféu HQ Mix - Melhor desenhista nacional
2001
Sucedido por
Laerte Coutinho


Precedido por
Paulo Garfunkel
Troféu HQ Mix - Melhor roteirista nacional
1998
Sucedido por
André Toral
Precedido por
Wellington Srbek
Troféu HQ Mix - Melhor roteirista nacional
2002
Sucedido por
André Diniz
Precedido por
André Diniz
Troféu HQ Mix - Melhor roteirista nacional
2004
Sucedido por
Spacca
Precedido por
Spacca
Troféu HQ Mix - Melhor roteirista nacional
2006
Sucedido por
Wander Antunes


Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.