Marina de Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marina de Oliveira
Informação geral
Nome completo Marina Assis Vieira de Oliveira Menezes
Também conhecido(a) como Marina "Faça um Teste"
Nascimento 20 de setembro de 1961 (52 anos)
Origem Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s) Gospel, Pop, Canto congregacional
Instrumento(s) vocal
Extensão vocal Mezzosoprano
Período em atividade 1986 - 2010 (cantora)
Outras ocupações Apresentadora
Diretora artística
Empresária
Artista plástica
Coreógrafa
Roteirista
Cenógrafa
Gravadora(s) MK Music (1988 - 2010)
Gravadora Prodígio (1985 - 1987)
Afiliação(ões) Lauriete, Cassiane, Emerson Pinheiro, Fernanda Brum, Aline Barros, Anderson Freire, Kleber Lucas, Nádia Santolli, Ludmilla Ferber, Cristina Mel, entre outras
Página oficial Site Oficial

Marina de Oliveira, MT (Rio de Janeiro, 20 de setembro de 1961[1] ), nome artístico de Marina Assis Vieira de Oliveira Menezes é uma cantora de gênero gospel brasileira. Marina foi integrante do extinto Grupo Voices.[2] Seu primeiro álbum de estréia foi Imenso Amor, sendo lançado num selo independente; o LP já ultrapassou a marca de um milhão de cópias vendidas. [carece de fontes?]

Marina recebeu em 12 de abril de 2004 pela Alerj, a Medalha Tiradentes, sendo esta dada pela Deputada Jurema Batista em reconhecimento pelos serviços prestados ao estado do Rio de Janeiro.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

A cantora iniciou oficialmente sua carreira em 1986 com o lançamento do LP Imenso Amor, a influência musical desse álbum foi espelhando em artistas do gospel americano como Amy Grant e Sandy Patti.

Marina logo ficou conhecida como a "Marina do Faça um Teste" é homenagem a canção Faça um Teste, sendo esta maciçamente executada na rádio Melodia FM do Rio de Janeiro, dando projeção para todo o Brasil e a levando a atingir em pouco tempo a marca de cem mil LP´s vendidos, sendo premiado assim como disco de ouro.[nota 1]

Cquote1.svg Acho que marquei um tempo musical com a música Faça um Teste (…), fui ousada e paguei o preço" Cquote2.svg
diz Marina de Oliveira em entrevista para a publicação especial do disco Canta Brasil 500.

Há vinte e sete anos no mercado fonográfico, Marina também trabalha na produção de espetáculos e gravação de álbuns de vídeos (DVD) de vários artistas da MK Music, empresa da qual é produtora artística.

Desde 1997, Marina de Oliveira esteve à frente desde como apresentadora do Conexão Gospel, programa de TV que exibe entre outras atrações, videoclipes de cantores evangélicos. No início o programa foi pela primeira vez ao ar em "formato teste" em 1996 na madrugada pela CNT, e no ano seguinte foi para a BAND.[carece de fontes?]

Marina integrou o grupo de vocalistas feminino Voices juntamente com outras cantoras de destaque no panorama gospel nacional: Fernanda Brum, Eyshila, Liz Lanne e Lilian Azevedo.[4]

Prestes a completar 25 anos de carreira, Marina foi a ganhadora do Grammy Latino com o álbum Na Extremidade.[5] [6] Porém André Valadão criticou a premiação e houve quem interpretasse que ele estava julgando a vencedora.[7]

Cquote1.svg Oi gente querida! Cheguei em casa e trouxe a vitória para todos nós! Vamos esperar o veneno de todos vazar para conversarmos um pouquinho! Cquote2.svg
Marina de Oliveira comenta em Twitter após a premiação.[7]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Marina já se casou três vezes, com Eduardo Gerk, Alberto Brizola e Sérgio Menezes. Do fruto de seu primeiro casamento nasceu Luíza Gerk (nascida em 1983) e de seu segundo casamento veio Letícia Brizola (nascida em 12 de março de 2001). Seu terceiro marido, Sérgio Menezes, morreu em um acidente da queda de um ultraleve na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.[8]

Discografia[9] [editar | editar código-fonte]

Carreira solo
Internacional
Discos Mix[9]
  • 1986: Marina (Cortesia)
  • 1992: Celebrando a Deus com o Planeta Terra (Cortesia)
Compactos
  • 1988: Marina de Oliveira (Cortesia)
EP's[9]
  • 1996: Edição Especial - CD Ingresso - Metropólitan (Marina de Oliveira e Catedral)
  • 1996: Pra Valer - CD Ingresso - Imperator (Cristina Mel e Marina de Oliveira)
  • 1999: Marina e Alberto - Casamento (Cortesia)
Coletâneas
  • 1991: Grandes Momentos
  • 2002: Coleção 2 em 1 - Cristina Mel e Marina de Oliveira
  • 2004: Série Grandes Nomes - Marina de Oliveira e Ludmila Ferber
  • 2005: MK CD Ouro - As Dez Mais de Marina de Oliveira
  • 2008: O Melhor da Música Gospel - Edição 16 com Marina de Oliveira
  • 2010: Falando de Amor - Marina de Oliveira
  • 2010: Som Gospel - Marina de Oliveira
Grupo Voices
Coletâneas com o grupo Voices
  • 2005: MK CD Ouro - As Dez Mais do Voices
  • 2008: O Melhor da Música Gospel - Edição 14 com Voices
  • 2010: Falando de Amor - Voices

Videografia[editar | editar código-fonte]

DVD's de carreira
DVD's com o Grupo Voices
  • 2001: Por Toda Vida... (VHS)
  • 2004: Por Toda Vida... (Relançamento)
  • 2006: Voices Acústico & Ao Vivo
  • 2012: MK Clipes Collection - Voices
Participações em DVD's:
  • 1994: Canta Rio 94
  • 1997: Cassiane - Sem Palavras
  • 1997: Cristina Mel - Dê Carinho, Ao vivo no Imperator
  • 1998: Canta Rio 98'
  • 1999: Canta Rio 99 (O Último do ano Mil) [10]
  • 2000: Canta Brasil - 500 anos
  • 2002: Canta Rio 2002 (Parte I e Parte II)
  • 2004: Canta Zona Sul (Vol.1 e Vol.2)
  • 2004: MKaraokê
  • 2006: MKaraokê Vol.2
  • 2006: O Cristo da Paixão
  • 2006: Canta Rio 2006
  • 2007: Clipes "Amo Você"
  • 2008: Até Tocar o Céu
  • 2008: Louvorzão 2008'
  • 2009: Louvorzão Vol.2
  • 2010: MK Clipes Vol. 2
  • 2011: MK Clipes Vol. 4
  • 2011: MK Clipes Vol. 5
  • 2012: MK Clipes Vol. 6

Premiações e Indicações[editar | editar código-fonte]

Troféu Talento
Ano Categoria Resultado
1995 Melhor Intérprete Feminino Venceu
2001 Melhor Intérprete Feminino Venceu
2003 Melhor Intérprete Feminino Indicada
2003 Videoclipe do Ano - Jesus Volta Logo Venceu
2004 Melhor Intérprete Feminino Indicada
2005 Melhor Site Indicada
2007 Videoclipe do Ano - Sei que é Possível Indicada
2007 Melhor Álbum ao Vivo - Meu Silêncio Indicada
2009 Videoclipe do Ano - Santo Indicada
Troféu Achou Gospel
Ano Categoria Resultado
2010 Homenagem ao Artista Venceu
Grammy Latino
Ano Categoria Resultado
2009 Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa - Eu Não Vou Parar Indicada
2010 Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa - Na Extremidade Venceu

Notas

  1. Apesar de forma simbólica, levando em conta que na época não existia um orgão que certificasse a música gospel com tais premiações e a nossa música ser bastante discriminada

Referências

  1. Instituto Cultural Cravo Albin. Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira - Marina de Oliveira. Página visitada em 16 de setembro de 2014.
  2. Amigo de Cristo. Marina de Oliveira grava participação para Programa da Eliana. Página visitada em 24 de janeiro de 2012.
  3. Fica concedida a Medalha Tiradentes a cantora Marina de Oliveira. Alerj.. Página visitada em 17 de junho de 2014.
  4. Gospel+. MK Music lança DVD “Voices Collection”, que reúne os principais vídeos do Grupo Voices Página visitada em 5 de janeiro de 2013
  5. Gospel+. Marina de Oliveira ganha o Grammy Latino 2010 Página visitada em 1 de janeiro de 2013
  6. Gospel+. Grammy Latino 2010: confira os indicados para o prêmio de “Melhor Álbum de Música Cristã (Língua Portuguesa) Página visitada em 5 de janeiro de 2013
  7. a b Gospel+. Grammy Latino: André Valadão critica premiação, Marina comemora vitória. Página visitada em 24 de janeiro de 2012.
  8. Filho e genro de deputado federal morrem em queda de ultraleve Extra (06/02/10). Página visitada em 16 de junho de 2014.
  9. a b c Gospel+.Artistas - Marina de Oliveira Página visitada em 1 de janeiro de 2013
  10. Som Gospel. Coletânea - Canta Rio 99 Página visitada em 21 de novembro de 2012

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.