Metal neoclássico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Metal Neoclássico
Origens estilísticas Speed metal
Metal progressivo
Power metal
Música clássica
Shred
Contexto cultural 1970s-1980s, Grã-Bretanha, Suécia, Estados Unidos
Instrumentos típicos Guitarra elétrica - Baixo - Bateria - Teclados
Popularidade Baixa-média, popular entre os fãs de shred

Metal Neoclássico é um subgênero do heavy metal que recebeu muita influência da música clássica no estilo de cantar e de compor.

Contém complexas estruturas musicais - análogo ao metal progressivo - e faz o uso de elementos da música clássica e/ou de famosos compositores clássicos.

Geralmente o Metal neo-clássico tem a característica do complexo uso de arpejos, tapping, e escalas que variam de Escalas Maiores à escalas com características árabes, egípcias e indianas.

Faz complexas referências à artistas clássicos como Mozart, Vivaldi, Bach, Paganini, Beethoven, etc.

Um dos primeiros adeptos deste movimento foi Ritchie Blackmore, percebe-se nos solos das músicas "Highway Star" do Deep Purple e "Gates of Babylon" do Rainbow requintes dignos da música erudita.

Músicos[editar | editar código-fonte]

Podemos destacar nesse estilo músicos como:

Artistas brasileiros[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Metal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.