Speed metal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde janeiro de 2010). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Speed metal
Origens estilísticas NWOBHM, heavy metal, punk rock, hard rock
Contexto cultural No meio da década de 1970 no Reino Unido, EUA e Alemanha
Instrumentos típicos Guitarra elétrica - Baixo - Bateria - Vocais
Formas derivadas Thrash metal
Power metal
Neo-classical metal
Formas regionais
Estados Unidos - Alemanha

Speed metal é uma definição de sub-género pouco usada do heavy metal que floresceu em meados dos anos 70 e também o progenitor direto dos estilos thrash metal, neoclassical metal e power metal. Quando o Speed metal emergiu inicialmente como um gênero, pioneiramente aumentou o tempo do molde musical criado pelo Black Sabbath, Led Zeppelin, e Deep Purple. O speed metal pôde encontrar seu começo significativo com bandas de NWOBHM e, em se tratando de estilo, parece ter sido menos influênciado pelo punk rock que seu precedente, o thrash metal.

Muitas bandas de speed metal também se encaixam perfeitamente em outros sub-géneros do heavy metal, normalmente thrash metal e power metal. Isso se deve principalmente à influência que o speed metal teve no desenvolvimento destes géneros, embora se deva também mencionar que o speed metal foi usado por algumas bandas de glam metal e de NWOBHM durante os anos 80.

Muitas bandas japonesas de Visual Kei a partir dos anos 90 até o presente também podem ser descritas como Speed metal, isso se deve em grande parte à influência que a banda oitentista "X Japan" exercia sobre o movimento Visual Kei.

História[editar | editar código-fonte]

Origens[editar | editar código-fonte]

É difícil localizar a origem exata do speed metal, principalmente porque nunca se estabeleceu inteiramente como um sub-género do heavy metal até os anos 80. Entretanto, muitos consideram "Highway Star", primeira faixa do álbum Machine Head do Deep Purple, de 1972, como a primeira música de speed metal, seguida da música "Stone Cold Crazy" do álbum Sheer Heart Attack de 1974 da banda Queen, faixa coverizada pela banda americana Metallica em seu álbum Garage Inc. Músicas como Flight Of The Rat (1970) e Fireball (1971) do Deep Purple, Into The Void - em seu trecho mais veloz - (1971) do Black Sabbath, Razamanaz (1973) do Nazareth, Set Me Free (1974) do Sweet e Black Train (1975) do Montrose podem ser considerados antigos registros do speed metal.

Evolução do speed metal[editar | editar código-fonte]

Motörhead adicionou elementos do speed metal ao seu estilo de rock, enquanto bandas mais novas também começaram a emergir na cena. O movimento NWOBHM alcançou o seu auge nessa época e muitas bandas abraçaram o speed metal, notavelmente Venom, que combinou o estilo do Motörhead com uma atmosfera crua e áspera.[1]

A banda de heavy metal alemã Accept também introduziu elementos de speed metal em suas canções no começo da década de 80. A música "Fast as a Shark" do álbum Restless and Wild, de 1982, é um exemplo da idéia de speed metal do Accept. A Influência do Accept na cena de heavy metal alemã era incontestavelmente enorme. Bandas como Running Wild e Grave Digger compuseram em cima dos tempos rápidos do Accept para criar os fundamentos do speed metal alemão.

Em 1990, Judas Priest lançou o álbum Painkiller, que serviu para resgatar o gênero. Em vez de misturar diversas idéias musicais diferentes, a banda optou por criar um álbum inteiro dedicado ao speed metal.

O speed metal hoje[editar | editar código-fonte]

O termo Speed tem sido pouco utilizado, pois se confunde muito com os irmãos power e melódico, levando, muitas vezes, características de ambos. Mas se diferencia pelo maior apelo à velocidade (acima de 170 bpm), e pelos solos extremamente rápidos e quase sempre longos.

Como o speed metal era a vanguarda para o que se transformaria eventualmente em power metal e thrash metal, a sobreposição significativa entre gêneros é encontrada freqüêntemente nas faixas que seriam enraizadas predominantemente no speed metal. Isto conduz às vezes para a confusão com respeito ao gênero. O erro mais comum está em usar os termos Speed Metal e Thrash Metal permutavelmente. Quando os dois forem inegavelmente relacionados um ao outro, os traços veriaveis e definitivos da exibição do caráter servirão para os diferenciar. O thrash metal tende a ser mais elaborado, com construções sonoras que utilizam uma variação musical de maior complexidade e tempo. Um método comum que ajuda a diferenciar entre os dois estilos de metal é escutar um álbum que seja representante de ambos os estilos. Por exemplo, Painkiller do Judas Priest ou Walls of Jericho do Helloween e Reign in Blood do Slayer ou Bonded by Blood do Exodus são bons pontos de partida.

Algumas bandas ainda fazem jus ao Speed Metal, tais como o Enforcer(Suécia) e Skull Fist(Canadá), por exemplo.

Referências

  1. Cskoyles. What is speed metal? Helium. Visitado em 2/10/2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre Metal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.