Pierre Séguier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Pierre Séguier entrando em Paris com Luís XIV de França em 1660 (pintura de Charles Le Brun, c. 1670).

Pierre Séguier (Paris, 28 de maio de 1588Saint-Germain-en-Laye, 28 de janeiro de 1672) foi um nobre, jurista e estadista francês. Ocupou o cargo de Chanceler de França.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Oriundo de uma família de comerciantes de Paris notabilizou-se como jurista. De degrau em degrau, ascendeu na carreira administrativa até ao seu mais alto cargo, o de chanceler, que exerceu durante trinta e sete anos. Nesta função era o responsável pela aplicação da chancela (ou selo) real, sem a qual os decretos, sentenças, perdões, concessões de títulos e demais documentos régios careciam de valor legal.

Em 1650 Luís XIV de França agraciou-o com o título de duque de Villemor.

Foi protetor do pintor Charles Le Brun.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.