Pierre Séguier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde novembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Pierre Séguier entrando em Paris com Luís XIV de França em 1660 (pintura de Charles Le Brun, c. 1670).

Pierre Séguier (Paris, 28 de maio de 1588Saint-Germain-en-Laye, 28 de janeiro de 1672) foi um nobre, jurista e estadista francês. Ocupou o cargo de Chanceler de França.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Oriundo de uma família de comerciantes de Paris notabilizou-se como jurista. De degrau em degrau, ascendeu na carreira administrativa até ao seu mais alto cargo, o de chanceler, que exerceu durante trinta e sete anos. Nesta função era o responsável pela aplicação da chancela (ou selo) real, sem a qual os decretos, sentenças, perdões, concessões de títulos e demais documentos régios careciam de valor legal.

Em 1650 Luís XIV de França agraciou-o com o título de duque de Villemor.

Foi protetor do pintor Charles Le Brun.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.