Programa Mercury

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Insígnia do Programa Mercury
Mercury-patch-info.png
Cápsula Mercury
Mercury Capsule2.jpg
Descrição
Missão: Vôo Orbital
Tripulação: um piloto
Dimensões
Altura: 11.5 ft 3.51 m
Diâmetro: 6.2 ft 1.89 m
Volume: 60 ft3 1.7 m3
Pesos
Decolagem: 4,265.26 lb 1,934.69 kg
Órbita: 2,986.78 lb 1,354.78 kg
Pós-reentrada: 2,814.9 lb 1,277.27 kg
Reentrada: 2,698.98 lb 1,224.27 kg
Pouso: 2,421.79 lb 867.54 kg
Motores do Foguete
Retrofoguetes (combustível sólido) x 3: 1,000 lbf ea 4.5 kN
Posigrade (Combustível sólido) x 3: 400 lbf ea 1.8 kN
RCS alta (H2O2) x 6: 25 lbf ea 108 N
RCS baixa (H2O2) x 6: 12 lbf ea 49 N
Performance
Autonomia: 34 horas 22 órbitas
Apogeu: 175 milhas 282 km
Perigeu: 100 milhas 160 km
Retro delta v: 300 mph 483 km/h
Diagrama Cápsula Mercury
Mercury Spacecraft.png
Cápsula Mercury

O Projeto Mercury ou Projecto Mercury foi o primeiro projeto tripulado de exploração espacial da Nasa (agência espacial dos Estados Unidos). Ele tinha como um de seus objetivos estabelecer a superioridade dos Estados Unidos no espaço, e suplantar as conquistas espaciais soviéticas. A médio e longo prazo, um dos objetivos era preparar a tecnologia que iria levar homens a Lua. O projeto foi seguido pelo Projeto Gemini e o Projeto Apollo.

Nave espacial e lançador[editar | editar código-fonte]

A nave Mercury tinha capacidade apenas para um astronauta e manobras na órbita terrestre. O projeto usou inicialmente os foguetes Little Joe e Mercury-Redstone, e a seguir o Atlas, o mesmo que seria usado no Projeto Gemini.

Missão e objetivos[editar | editar código-fonte]

Inicialmente a Nasa pretendia mandar, imediatamente após o Projeto Mercury, uma missão tripulada para orbitar a Lua. No entanto, o discurso de Kennedy com o desafio de pousar na Lua antes do fim da década, mudou estes planos, e levou a criação do Projeto Apollo.

O Projeto Mercury foi bem sucedido em testar as condições dos astronautas e do equipamento e preparou a tecnologia que seria usada nas naves Gemini e Apollo.

Astronautas do Projeto[editar | editar código-fonte]

Astronautas do Projeto Mercury - da esquerda para a direita: Walter Schirra, Donald Slayton, John Glenn e Scott Carpenter; em cima: Alan Shepard, , Virgil Grissom e Gordon Cooper

A Nasa anunciou os astronautas escolhidos para o programa espacial em 9 de abril de 1959. Os sete ficaram conhecidos como os "Mercury 7" ou "7 originais". Eles eram: Walter Schirra, Donald Slayton, John Glenn,Scott Carpenter, Alan Shepard, , Virgil Grissom e Gordon Cooper Alguns deles, como Schirra e Alan Shepard, acabaram trabalhando no Projeto Apollo. John Glenn, que foi o primeiro estadunidense a orbitar a terra, já sexagenário e senador dos Estados Unidos, participou de um voo do Ônibus Espacial.

Missões Não Tripuladas[editar | editar código-fonte]

Missões com Primatas[editar | editar código-fonte]

Missões Tripuladas[editar | editar código-fonte]

Alan Shepard após pouso

Os vôos do Mercury foram:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Programa Mercury


Precedido por
nenhum
Programa Espacial Americano
1959 – 1963
Sucedido por
Projeto Gemini