Programa Surveyor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Diagrama do veículo de alunissagem Surveyor (NASA)

O Programa Surveyor consistia em enviar espaçonaves não-tripuladas para a Lua, com alunissagem suave e sem retorno (embora a Surveyor 6 tenha se tornado a primeira espaçonave a decolar da superfície lunar).

Ele foi iniciado e cumprido para demonstrar a possibilidade de um pouso suave na Lua. Tal foi feito como preparativo para o Projeto Apollo. O programa foi implementado pelo Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da NASA e executou vários outros serviços além do seu objetivo principal. A capacidade para uma espaçonave fazer mudanças de curso em vôo foi demonstrada, e os módulos de pouso carregavam instrumentos para ajudar na avaliação da conveniência de seus locais de pouso para as alunissagens tripuladas do Projeto Apollo.

O Surveyor Shovel (Pá do Surveyor) foi um projeto para determinar a composição da superfície da Lua. Uma robótica foi projetada para cavar a superfície e determinar a composição dos materiais. Antes deste projeto, era incerto quão funda era a camada de pó sobre a Lua. Se a poeira fosse muito profunda, os astronautas não poderiam pousar.

Houve sete missões Surveyor, cinco das quais bem sucedidas. Surveyor 2 e 4 falharam. Cada qual consistia numa única espaçonave projetada e construída pela Hughes Aircraft Company.

Lista de missões[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]