Pulpite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pulpite
Esquema de um dente. 1- Esmalte, 2- Dentina, 3-Polpa, 4-gengiva, 5-cemento, 6-tecido ósseo, 7-vaso sanguíneo, 8-nervo. A-Coroa, B-Raiz
Classificação e recursos externos
CID-10 K04.0
CID-9 522.0
DiseasesDB 29367
MeSH D011671
Star of life caution.svg Aviso médico

Pulpite é a inflamação da polpa dentária, um tecido conjuntivo especializado localizado no interior do órgão dentário e revestido de tecidos mineralizados (dentina e cemento).

Classificação[editar | editar código-fonte]

  • Pulpites sintomáticas
Pulpite reversível - A dor é latejante e começa quando há um estímulo. Esta dor cessa após a retirada do estímulo.
Pulpite irreversível - A dor é intermitente e começa sem estímulo, aumentando à noite ao deitar-se. A dor não cessa com analgésico, sendo somente aliviada por este.
Pulpite em fase de transição - Está entre as fases reversível e irreversível, podendo ter características clínicas das duas situações.
  • Pulpites assintomáticas
Pulpite ulcerativa - O tecido pulpar está em contato com a cavidade oral e forma-se uma úlcera.
Pulpite crônica hiperplásica - Ocorre em crianças e jovens com exposição pulpar extensa. Uma irritação mecânica e presença bacteriana geram a produção de um tecido de granulação que aflora a cavidade pulpar e geralmente são assintomática.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • LEONARDO, Mário; Endodontia: Tratamento dos canais radiculares: princípios técnicos e biológicos. ISBN 8536700165
Ícone de esboço Este artigo sobre Odontologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.