Rayman 2: The Great Escape

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-question.svg
Este artigo ou seção pode conter texto de natureza não enciclopédica. (desde março de 2013)
Justifique o uso dessa marcação e tente resolver essas questões na página de discussão.
Rayman 2: The Great Escape
Capa da versão norte-americana para Windows.
Produtora Ubisoft
Editora(s) Ubisoft
Plataforma(s) Nintendo 64, Game Boy Color, PC, Dreamcast, PlayStation, PlayStation 2, Nintendo DS, Nintendo 3DS
Data(s) de lançamento Nintendo 64
Japão 30 de setembro de 1999
União Europeia 22 de outubro de 1999
Estados Unidos 8 de novembro de 1999
PC
Estados Unidos 4 de novembro de 1999
União Europeia 14 de dezembro de 2001
Dreamcast
Estados Unidos 17 de março de 2000
Japão 23 de março de 2000
PlayStation
Estados Unidos 1 de setembro de 2000
Nintendo DS
União Europeia 17 de março de 2005
Estados Unidos 24 de março de 2005
Gênero(s) Plataforma
Modos de jogo Single Player
Número de jogadores 1
Classificação ESRB: E
OFLC (AU): G
Média Cartucho, CD-ROM, GD-ROM

Rayman 2: The Great Escape é um jogo para video-game criado pela Ubisoft e lançado no dia 6 de janeiro de 1999. Seu primeiro lançamento foi para Nintendo 64, PC, Dreamcast e PlayStation, e mais tarde foi adaptado para o PlayStation 2 como Rayman 2: Revolution, para Game Boy Color como Rayman 2 Forever, para Nintendo DS como Rayman DS, para Nintendo 3DS como "Rayman 3D" e para iPhone/iPod Touch como Rayman 2: The Grat Escape.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Rayman é capturado e levado à Nave Prisão e,lá, encontra seu amigo Globox. Este diz que os dois precisam ir resgatar a fada Ly, que é capaz de devolver os poderes de Rayman. Para escaparem dali, Globox dá a Rayman um Lum de Prata e Rayman descobre que pode disparar pequenas "bolas" de suas mãos, graças ao lum de prata. Assim, Rayman abre um túnel para escapar da nave, mas qual não é a sua surpresa quando descobre que a nave está voando acima das nuvens? Infelizmente, Globox também escorrega pelo túnel, e acaba se separando de Rayman quando o empurra (sem querer) para o precipício abaixo do navio.

O resgate de Ly[editar | editar código-fonte]

Depois de ter escapado da Nave Prisão, Rayman se perde de Globox e começa a procurar por ele. No caminho, ele encontra os filhos de Globox e eles dizem que piratas malvados levaram a fada Ly para um lugar secreto dentro da caverna em que eles se postam. Sem pensar duas vezes, Rayman entra na caverna, esperando que Ly vá ajudá-lo a recuperar seus poderes, porém, o que encontra é uma caverna sem saída, com uma gaiola pendurada em um galho de árvore. Rayman abre a gaiola disparando lums, (esse será o seu principal poder no jogo) e dela saem quatro anãozinhos, um deles com uma espécie de coroa na cabeça, dizendo ser o Rei dos Diminutos. Ele diz que Ly foi levada para um lugar mágico chamado A Sala das Portas e que para se chegar até ela serão necessários os lumes amarelos que formam o O Coração do Mundo (por isso será importante que você colete muitos lumes). Se você tiver lumes suficientes, poderá passar para A Sala das Portas. Se seus lumes não forem suficientes, você deverá voltar na fase para pegar os lumes restantes.

O salão dos portais[editar | editar código-fonte]

A Sala das Portas ou O Salão dos Portais são o mesmo lugar. Este lugar nunca havia sido aberto antes. Neste local, você poderá se mover pelas dimensões, mesmo que elas sejam distintas. A primeira coisa que se vê No Salão dos Portais, é a Clareira do Mato da Fada, o lugar para onde levaram Ly. Cada vez que você passar uma fase, irá para este salão para passar para o próximo nível.

A clareira da fada[editar | editar código-fonte]

Esta fase é um modelo do resto das fases que você irá enfrentar. No final dela, você irá destruir a máquina que aprisiona Ly, assim, libertando-a. Ela irá te dar um poder novo. Este poder consiste em um lume de prata fortificado, que pode te pendurar em um aro especial e será, juntamente com o helicóptero, seu único poder até a fase O Pavilhão.

O mundo da primeira máscara de Polokus[editar | editar código-fonte]

Na conversa que Rayman teve com Ly, foi a ele revelado a existência de Polokus, O Espírito do Mundo, que possui quatro máscaras, guardadas por quatro guardiãos. Cada máscara fica no final de um mundo. Neste primeiro mundo, há basicamente quatro fases: três fases de percurso (fases que têm de ser passadas obrigatoriamente), e uma fase adicional (fase que você pode ou não passar -escolha do jogador) que se apresentam na seguinte ordem:

O Pântano de despertar[editar | editar código-fonte]

Não haverá nenhuma fase do estilo dessa no jogo, com exceção da penúltima fase: A Nave Prisão. Nesta fase, você andará na água do pântano, sendo puxado por uma cobra d'água, como se fosse um jetsky.

Pântano[editar | editar código-fonte]

Esta fase, com certeza, será a fase mais difícil que você enfrentou até agora. Depois de saber que você ultrapassou O pântano de Despertar, o Almirante Navalha mandou navios de guerra para te destruir. Nessa fase, você deverá disparar as "bolinhas" contra as bombas lançadas pelos navios e andar com cautela pelo pântano.

A Caminhada da vida[editar | editar código-fonte]

Esta fase é como se fosse uma fase bônus, composta por muitos itens. Teias de impulso: Quando você pula em cima desta teia, você ganha um impulso extra para pular. Relógios de tempo: Estes relógios recuperam alguns segundos do seu tempo. E o portal que leva ao Salão dos Portais.

Bahia Baleia[editar | editar código-fonte]

Esta fase tem o primeiro chefão que é uma criatura que lança blocos de gelo pelas mãos. Ele tem cabeça em forma de losango, assim como o corpo. Para derrotá-lo, chegue até o último aro especial, pule e dispare 3 vezes contra o bloco de gelo em cima da cabeça dele. Derrotando o "Homem do Gelo", siga o mesmo estilo que usou para chegar ao último aro. Chegando lá, você verá um novo aro. Pendure-se neste novo aro, pegue impulso e pule em direção a uma pequena cachoeira utilizando o helicóptero. Nesta cachoeira, há uma entrada secreta. Nesta entrada, você, finalmente, encontra a 1ª máscara de Polokus. A descrição da fase tem com obstáculos notáveis, como a última parte antes do chefe, em que você deve seguir a baleia debaixo d'água. Para evitar as piranhas, dispare contra elas.

O mundo da segunda máscara de Polokus[editar | editar código-fonte]

Para abrir a porta do segundo mundo, serão necessários 150 lumes. As fases serão apresentadas na seguinte ordem: As Colinas de Menhir. A Caverna dos Pesadelos. O Pavilhão. E o Santuário de Fogo e Pedra

As Colinas de Menhir[editar | editar código-fonte]

Fase baseada em andar em cima de foguetes, que funcionam como cavalos. Nesta fase você irá encontrar um centro de treinamento de piratas de Elite. Seu amigo Clark acaba derrotando todos eles. Porém, ele fica muito doente, e diz a você que a única coisa que pode curá-lo é o Elixir da Vida, que é guardado na Caverna dos Pesadelos. Você então, deve ir à caverna dos Pesadelos para pegar o elixir.

A Caverna dos Pesadelos[editar | editar código-fonte]

Se você achou a fase O Santuário de Gelo e Água difícil, você não sabe o que esta fase lhe reserva. Para passá-la você deverá ser muito habilidoso e ágil. Para paralisar as mãos que saem das paredes você deve disparar contra elas. Esta fase é subdividida em quatro partes:O Começo do Reino dos Mortos, um portal para o Subterrâneo, a luta contra o Guardião. O Começo do Reino dos Mortos, nesta parte da fase você deverá passar por bolas de pelo flutuantes, mãos que saem das paredes e torres que caem ao contato físico. Um Portal para o Subterrâneo, nesta parte da fase você deverá encontrar duas bolas para abrir o portal. Esta parte é bem mais difícil que a anterior. Tome cuidado com as minhocas gigantes.

A Luta contra o Guardião

Esta parte é dividida em duas partes:Uma é a do Fugindo do Guardião e a outra é do Rayman x Guardião da Caverna

Fugindo do Guardião

Quando você passa pelo portal, irá encontrar o Guardião. Você deverá escorregar pelo musgo, evitando os cristais e os precipícios.

Rayman x Guardião da Caverna

Quando terminar o caminho de musgo, você verá na sua frente um precipício. Na plataforma seguinte à sua está o Guardião. Se esquive das bolas de fogo que ele lança. Quando ele lançar caveiras faça o seguinte: quando as caveiras chegarem perto de você, dispare contra elas e pule em cima das mesmas imediatamente. Faça isso até chegar ao final dos precipícios. Chegando ao final deles o Guardião te oferece o elixir necessário para salvar Clark. Volte às Colinas de Menhir e dê o elixir a Clark. Passe o restante da fase e passe para O Pavilhão.

O Pavilhão

Nesta fase, você salva Globox, e ele te dá um novo poder: segurando o botão quadrado, o seu disparo sairá mais forte.

O Santuário de Fogo e Pedra

Fase do Santuário. O Almirante Navalha manda piratas ninja, para guardar a segunda máscara de Polokus. Depois de ser ajudado pelo Colosso de Pedra, você deverá enfrentar o chefe desses piratas.

Lutando conta Ninjaws

Ninjaws está esperando você quando chega ao final do Santuário. Para derrotá-lo você deve fazer o seguinte: Quando ele aparecer ao seu lado, espere ele levantar o braço com o gancho e pule para o lado oposto ao dele, e depois dispare contra ele.

O Mundo da Terceira Máscara de Polokus

Este é o Mundo em que há mais fases.Para entrar neste mundo serão necessários 400 lumes. Há 4 fases de percurso e uma adicional. Elas serão apresentadas na seguinte seqüencia: As Cavernas Ecoantes, O Precipício, O Santuário de Rocha e Lava, A Caminhada do Poder e o Abaixo do Santuário de Rocha e Lava

As Cavernas Ecoantes

Esta fase, porém, a mais fácil deste mundo. Não há muito o que comentar sobre esta fase, com exceção dos barris voadores. Para voar pegue um barril e passe-o na tocha para você poder voar.

O Precipício

Esta fase é, em parte parecida com Pântano, mas ela consiste em fugir dos navios de guerra o tempo todo. Cuidado com os precipícios: se você cair em um deles é muito provável que não volte. Não volte para trás: os navios de guerra destroem todas as tábuas em que você passou. Não pare no caminho: se você parar no caminho os navios de guerra irão meter bombas no paricipante

O Santuário de Rocha e Lava

Esta é a única fase Santuário divida em duas partes: O Santuário de Rocha e Lava e Abaixo do Santuário de Rocha e Lava. Esta é a primeira menos trabalhoso parte deste Santuário. Nesta parte você poderá se acostumar com o que virá na segunda parte desta fase.

Abaixo do Santuário de Rocha e Lava

Esta é a fase mais interessante e mais difícil que você terá jogado até agora. Nesta fase, Ly irá te dar um novo poder: segurando o botão "x", você poderá voar(sim, voar). Voar é um poder difícil: você deverá encontrar o equilíbrio para não encostar no teto nem no chão desta fase. Quando você encontrar o Guardião, ele irá bater na sua cabeça, danificando o helicóptero. A partir daí, você irá perder o poder, e só poderá utilizá-lo novamente nesta fase. A luta contra o Guardião será pior do que a luta contra o Guardião da Bahia Baleia, a luta contra o Guardião da Caverna dos Pesadelos, e pior do que a luta contra Ninjaws. Este Guardião elouqueceu depois da Grande Explosão.

Derrotando o Terceiro Guardião

Para derrotar o terceiro Guardião, vá fugindo dele, e quando encontrar uma teia de impulso, pule nela, vire para trás, e dispare contra a estalactita(rocha que fica pendurada nas paredes). Faça isso 3 vezes, e você terá derrotado o terceiro Guardião. Pegue a terceira máscara e saia da fase.

O Derradeiro Mundo[editar | editar código-fonte]

Para entrar neste mundo serão necessários 600 lumes. Neste mundo há 4 fases de percurso. Este será o derradeiro mundo. As fases serão apresentadas na seguinte ordem: As Catacumbas, A Ilha Tenebrosa, A Nave Prisão e O Ninho do Corvo.

As Catacumbas

Esta fase se assemelha às Cavernas Ecoantes. Esta é supreendentemente uma fase nível 2. Clark é controlado no final da fase. Para derrotá-lo, dispare contra os três botões na parede, depois faça-o tropeçar na linha vermelha. Quando ele estiver caído no chão, dispare contra o dispositivo nas suas costas. Repita isso até que ele se livre da hipnose.

A Ilha Tenebrosa

Esta é uma fase fácil. Quando estiver montado no projétil, desligue os interruptores. Depois você irá encontrar Polokus, pois um dos filhos de Globox, conseguiu recuperar a quarta máscara. Polukus irá regenerar toda a sua força vital.

A Nave Prisão

Esta é uma fase difícil. Ela consiste em você deslizar pelo convés do barco. Depois de passar esta fase você finalmente vai chegar na derradeira fase.

O Ninho do Corvo

Esta fase é dividida em duas partes:Cara a cara: em cima do ninho do corvo.E o Rayman x Almirante Navalha

Cara a cara
em cima do ninho do corvo

Rayman finalmente encontra seu rival: Almirante Navalha. Para derrotar este temido chefe: rebata as bombas que ele jogar em você, de modo que elas acertem o centro do corpo dele. Faça isso três vezes.

Rayman x Almirante Navalha[editar | editar código-fonte]

Depois de fazer o que foi mencionado acima, o robô do Almirante Navalha irá fazer os dois caírem no abismo do ninho. No final deste abismo, há lava vulcânica! Quando tudo parecia perdido para Rayman, Ly aparece, e o leva a um pequeno morro abaixo do ninho. Ela diz que os que foram libertados da nave, lutaram e venceram os piratas das naves, e Polokus destruiu os últimos piratas que havia na terra. Ela diz que agora só falta Rayman derrotar o Almirante. E desaparece. Logo depois, o robô do Almirante aparece atrás de você. Você monta no projétil, o projétil começa a voar, e começa a Batalha Final. Almirante Navalha começa jogando bombas. Dispare contra elas e desvie dos tiros dele. Para facilitar sua movimentação, pressione R2 e L2. Dispare também contra ele normalmente. Depois, ele irá começar a mandar bolas de ferro. Entre essas bolas, sempre haverá um espaço vago. Entre neste espaço para escapar. Quando ele começar a mandar mísseis faça o seguinte: Desvie do míssil, quando o míssil voltar, posicione-se em frente ao robô, e quando o míssil acelerar, saia da frente dele. Fazendo tudo isso, você derrotará o Almirante.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]