Sé suburbicária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sés suburbicárias (ou dioceses suburbicárias) são as sete dioceses cardinalícias localizadas em torno de Roma, na região do Lácio. São reservadas aos cardeais-bispos. A palavra compõe-se de sub (abaixo, no sentido de ligação direta e próxima) e urb (a cidade, por antonomásia, Roma, a diocese central do catolicismo).

São sete:

  1. Óstia
  2. Porto-Santa Rufina
  3. Albano
  4. Frascati
  5. Palestrina
  6. Sabina-Poggio Mirteto
  7. Velletri-Segni

Cada cardeal-bispo é nomeado bispo titular de cada uma dessas dioceses, embora normalmente tenha um bispo ordinário responsável por sua direção. A Sé de Ostia é conferida ao deão (decano) do Colégio dos Cardeais, escolhidos pelos seis demais e com a aprovação do papa (originalmente era o mais antigo cardeal-bispo).

Após o motu proprio do Papa João XXIII, denominado Suburbicariis sedibus, seis dessas dioceses passaram a ter seus próprios bispos substantivos (ou ordinários), com exceção de Óstia, que foi unida à diocese de Roma e é administrada pelo cardeal vigário de Roma.

Até 1962, os bispos destas dioceses exerciam efetiva jurisdição sobre sua sede. Após o motu proprio do papa João XXIII, o governo foi atribuído a um bispo auxiliar, deixando ao cardeal-bispo apenas o título necessário.1

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. HABERMAN, CHARLES G. et alli (eds); Catholic Encyclopaedia, New York:Robert Appleton Company, 1913, "Suburbicarian Dioceses"

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.