TBF Avenger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
aviões TBF Avenger em 1942.

Grumman TBF Avenger, ou TBM para as aeronaves produzidas pela General Motors, foi um avião-torpedeiro construído para a Marinha dos Estados Unidos e para os Marines, que participou da II Guerra Mundial entrando em ação em junho de 1942 na Batalha de Midway, durante a Guerra do Pacífico.

O TDB Douglas Devastator, construído em 1935 e até então principal torpedeiro da marinha norte-americana, havia se tornado obsoleto mesmo antes dos Estados Unidos entrarem na guerra. O governo contratou a empresa Grumman para desenvolver um avião mais moderno e o mesmo foi apresentado em sua fábrica na tarde de 7 de dezembro de 1941, ironicamente, o dia em que os EUA sofreram o ataque a Pearl Harbor. Com a difusão da notícia, a fábrica foi selada para se proteger de algum ataque inimigo e seus operários trabalharam em regime de urgência, fazendo com que seis meses depois, em junho de 1942, cem destes aviões fossem enviados para o Pacífico.

Seis deles participaram da defesa das Ilhas Midway e do ataque à esquadra japonesa mas devido a ainda pouca experiência dos pilotos com o avião, cinco deles foram destruídos na batalha.

Pelo resto da guerra entretanto, o Avenger participaria com sucesso de diversas batalhas aeronavais, como Guadalcanal e Ilhas Salomão (onde afundaram um porta-aviões japonês).

O Avenger teve duas versões mais modernas, TBF1-C e TBM3 (o de maior produção, com cerca de 4.200 aeronaves), e além de sua função principal de torpedeiro de belonaves de batalha de superfície também se tornou um grande “matador” de submarinos inimigos, tanto no Pacífico quanto no Atlântico, afundando trinta deles, mas aos poucos sua produção foi diminuindo, em detrimento do mais moderno F6F Hellcat, o caça que se tornaria o maior rival dos Zeros japoneses na Guerra do Pacífico.

O ex-Presidente George H. Bush num TBF Avenger da Marinha em 1944.

O torpedeiro também tem sua história ligada a personalidades famosas. O ex-Presidente dos Estados Unidos George H. W. Bush foi um piloto de Avenger durante a guerra e em junho de 1943 era o mais novo aviador naval no conflito. Em setembro de 1944 ele foi abatido num destes aviões sobre a ilha japonesa de Chichi Jima; seus dois companheiros de tripulação morreram no episódio, mas Bush conseguiu lançar suas bombas e atingir o alvo antes de ser abatido, o que lhe valeu mais tarde a condecoração Distinguished Flying Cross da Marinha dos Estados Unidos.

Outra personalidade que combateu na guerra num TBF Avenger foi o ator Paul Newman, que atuou como artilheiro de cauda num destes aviões. Newman esperava ser aceito como piloto, mas recusado por causa de daltonismo, lutou como metralhador; como aviador naval do porta-aviões USS Hollandia, ele se encontrava a setecentos quilômetros do Japão quando Hiroshima sofreu o bombardeio atômico que encerrou a Guerra no Pacífico.

Após a II Guerra, o Avenger continuou a ser usado por vários anos pelas forças aéreas do Canadá e da Nova Zelândia, como apoio a alguns corpos de bombeiros nos Estados Unidos e para vôos particulares na mão de colecionadores de guerra.

Foi um esquadrão destes aviões, o Vôo 19, que desapareceu misteriosamente num vôo de patrulha sobre o Mar do Caribe em dezembro de 1945, dando início as lendas sobre o Triângulo das Bermudas.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

A Aviação Naval Brasileira operou três aeronaves TBM. Os aviões foram doados pela USN, vindo a bordo do porta-aviões Minas Gerais quando este foi adquirido em 1956 da Marinha Real Britânica. Devido as desavenças com a Força Aérea Brasileira sobre qual força deveria operar os aviões a partir do porta-aviões, estes ficaram baseados em terra. Com a proibição da Marinha de operar aeronaves de asa fixa, os Avenger foram sucateados em 1965.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre TBF Avenger

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.