The Crusade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Crusade
Álbum de estúdio de Trivium
Lançamento 2006
Gravação Audio Hammer Studios
Gênero(s) Thrash metal
Duração 57:35
Gravadora(s) Roadrunner Records
Produção Jason Suecof, Matt Heafy & Colin Richardson
Cronologia de Trivium
Último
Último
Ascendancy
(2005)
Shogun
(2008)
Próximo
Próximo


The Crusade é o terceiro álbum de estúdio da banda americana de thrash metal Trivium, lançado pelo selo Roadrunner Records em 2006. Este álbum é considerado por alguns críticos uma mudança drástica em comparação ao álbum anterior Ascendancy. O álbum foi produzido por Jason Suecof e mixado por Colin Richardson.

Antes do álbum ter sido lançado, três músicas foram disponibilizadas no MySpace da banda - "Detonation", "Anthem (We Are the fire)" e "Entrance of the Conflagration".[1] No Reino Unido o álbum foi lançado em 9 de Outubro, e foi certificado com prata por ter vendas superiores a 60.000 cópias. Também conseguiu chegar à 7ª posição no Reino Unido e 25ª posição na Billboard 200 dos Estados Unidos.

Estilo musical[editar | editar código-fonte]

O álbum apresenta uma mudança drástica em relação ao álbum anterior, adotando um som mais thrash metal. Isto se deve ao estilo vocal usado por Matt Heafy, semelhante ao estilo vocal de James Hetfield, diminuindo os vocais gritados. Matt Heafy justificou-se dizendo que os integrantes da banda nunca foram de bandas que gritam e que não gostam de nenhuma das bandas atuais que gritam.

Ele comentou: Se alguém está se perguntando por que os gritos se foram, é porque nós quatro nunca gostamos de bandas que gritam e nós não gostamos de nenhuma das bandas atuais que gritam então nos perguntamos por que estamos fazendo isso. Nessa época eu queria ser um cantor melhor porque era o que eu queria ouvir, então nós largamos os gritos e eu fiz bastante treinamento vocal. - Matt Heafy

As letras do álbum falam sobre assassinatos famosos. "Entrance of the Conflagration", por exemplo, fala sobre a história de Andrea Yates (mulher que matou os cinco filhos), assim como "Unrepetant", "Contempt Breeds Contamination", e "And Sadness Will Sear" falam sobre outros assassinatos.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Ignition" - 3:54
  2. "Detonation" - 4:28
  3. "Entrance of the Conflagration" - 4:35
  4. "Anthem (We Are the Fire)" - 4:03
  5. "Unrepentant" - 4:51
  6. "And Sadness Will Sear" - 3:34
  7. "Becoming the Dragon" - 4:43
  8. "To the Rats" - 3:42
  9. "This World Can't Tear Us Apart" - 3:30
  10. "Tread the Floods" - 3:33
  11. "Contempt Breeds Contamination" - 4:28
  12. "The Rising" - 3:45
  13. "The Crusade" - 8:19
  14. "Vengeance" - 3:36

Créditos[editar | editar código-fonte]