Vendas Novas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vendas Novas
Brasão de Vendas Novas Bandeira de Vendas Novas
Brasão Bandeira
Localização de Vendas Novas
Gentílico Vendasnovense
Área 222,51 km²
População 11 846 hab. (2011)
Densidade populacional 53,24 hab./km²
N.º de freguesias 2
Presidente da
Câmara Municipal
Luís Dias (PS)
Fundação do município
(ou foral)
7 de Setembro de 1962
Região (NUTS II) Alentejo
Sub-região (NUTS III) Alentejo Central
Distrito Évora
Antiga província Alto Alentejo
Orago Santo António
Feriado municipal 7 de Setembro
Código postal 7080 Vendas Novas
Sítio oficial CM Vendas Novas
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Vendas Novas é uma cidade portuguesa, no Distrito de Évora, região Alentejo e subregião do Alentejo Central, com cerca de 11 120 habitantes.[1]

É sede de um município com 222,51 km² de área e 11.846 habitantes (2011), subdividido em 2 freguesias. O município é limitado a leste pelo município de Montemor-o-Novo, a sul por Alcácer do Sal, a oeste por Palmela e a noroeste pela parte oriental do Montijo. O município foi criado em 1962. Anteriormente era apenas uma freguesia de Montemor-o-Novo.

Demografia[editar | editar código-fonte]

População do concelho de Vendas Novas (1970 – 2011)
1970 1981 1991 2001 2011
8 587 10 933 10 476 11 619 11 846

Política[editar | editar código-fonte]

O Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas é, desde Outubro 2013, Luís Dias, eleito pelo PS. A Junta de Freguesia de Vendas Novas é presidida por Paula Valentim (PS) e a Junta de Freguesia de Landeira por Vítor Serrano (PS).

Eleições de 2009

Órgão PS PCP-PEV PSD
Câmara Municipal 3 3 1
Assembleia Municipal 12 9 2
dos quais: eleitos directamente 10 9 2

Evolução da votação

Evolução da votação para a Câmara Municipal

Ano CDU
APU de 1979 a 1985
FEPU em 1976
PS PSD CDS-PP AD
2013 39,07% 43,28% 11,64%
2009 52,2% 30,23% 14,49%
2005 46,01% 32,5% 17,76%
2001 53,95% 20,56% 21,13%
1997 52,72% 28,59% 13,11% 1,72%
1993 52,34% 25,68% 15,58% 2,96%
1989 55,16% 17,51% 23,89%
1985 54,75% 41,89%
1982 51,61% 16,68% 29,49%
1979 53,84% 14,84% 29,60%
1976 48,12% 37,18% 10,51

ver: Lista dos Presidentes da Câmara Municipal de Vendas Novas

Freguesias[editar | editar código-fonte]

As freguesias de Vendas Novas são as seguintes:

História[editar | editar código-fonte]

A origem de Vendas Novas remonta à criação da Posta Sul, por ordem de D.João III. Foi então aberto um caminho de Aldeia Galega (Montijo) a Montemor de modo a reduzir o percurso e o tempo das viagens. Foi nesse caminho que o rei mandou construir uma estalagem, no local onde hoje se encontra Vendas Novas. Alguns anos mais tarde, por ordem de D.Teodósio, uma nova pousada foi construída nas Vendas Novas. O nome do povoado terá provavelmente origem nas construções - "Estalagens" ou "Vendas" - que por serem de recente construção, eram novas, denominadas pelos viajantes como "as Vendas Novas". A povoação mais antiga do concelho é, no entanto a Landeira, hoje freguesia do concelho, de que existem referências de sua existência nos inícios do Séc. XII.

Vendas Novas foi freguesia do concelho de Montemor-o-Novo até 7 de Setembro de 1962, altura em que passou a concelho após um processo reivindicativo iniciado no final do século XIX. Em 2012 o Município de Vendas Novas celebra o seu 50º aniversário.

(adaptado de www.cm-vendasnovas.pt)

Bifanas[editar | editar código-fonte]

O prato mais afamado de Vendas Novas são as bifanas que atraem milhares de visitantes à cidade, principalmente à zona da Boavista. As bifanas de Vendas Novas são hoje comercializadas em vários centros comerciais do país incluindo Almada Fórum, Colombo ou Barreiro Retail Park.

Transportes[editar | editar código-fonte]

O concelho de Vendas Novas é servido por uma estação de caminhos-de-ferro que permite cinco ligações directas a Lisboa e a Évora. A Estação de Vendas Novas está integrada na Linha do Alentejo. Aflui também à estação a Linha de Vendas Novas, actualmente utilizada para serviço de mercadorias. Ao nível dos transportes rodoviários a cidade é servida pela Rede Expressos, Rodoviária do Alentejo e TST. Vendas Novas possui ligações diárias a Évora, Setúbal, Lisboa, Montemor-o-Novo e várias freguesias da zona.

O nó da Marateca situa-se nas proximidades da aldeia de Landeira o que confere a Vendas Novas uma posição geográfica vantajosa. A este da cidade encontra-se o acesso à A6, sendo que ao nó da Marateca afluem, além desta, a A2 e a A13. De carro chega-se a Lisboa, Évora e Setúbal em cerca de 45 minutos.

Referências

  1. Censos 2011. INE. Página visitada em 6 de fevereiro de 2012.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vendas Novas