Vendas Novas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vendas Novas
Brasão de Vendas Novas Bandeira de Vendas Novas
Brasão Bandeira
Bifurcação Alentejo - Vendas Novas, 2014.03.11 (13437622064).jpg
Localização de Vendas Novas
Gentílico Vendasnovense
Área 222,39 km2
População 11 846 hab. (2011)
Densidade populacional 53,27 hab./km2
N.º de freguesias 2
Presidente da
Câmara Municipal
Luís Dias (PS)
Fundação do município
(ou foral)
7 de Setembro de 1962
Região (NUTS II) Alentejo
Sub-região (NUTS III) Alentejo Central
Distrito Évora
Antiga província Alto Alentejo
Orago Santo António
Feriado municipal 7 de Setembro
Código postal 7080 Vendas Novas
Sítio oficial CM Vendas Novas
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Vendas Novas é uma cidade portuguesa, no Distrito de Évora, região Alentejo e sub-região do Alentejo Central, com cerca de 9 700 habitantes.[1]

É sede de um município com 222,39 km² de área[2] e 11 846 habitantes (2011),[3] [4] subdividido em 2 freguesias.[5] O município é limitado a leste pelo município de Montemor-o-Novo, a sul por Alcácer do Sal, a oeste por Palmela e a noroeste pela parte oriental do Montijo. O município foi criado em 1962. Anteriormente era apenas uma freguesia de Montemor-o-Novo.


História[6] [editar | editar código-fonte]

A origem de Vendas Novas remonta à criação da Posta Sul, por ordem de D.João III. Foi então aberto um caminho de Aldeia Galega (Montijo) a Montemor de modo a reduzir o percurso e o tempo das viagens. Foi nesse caminho que o rei mandou construir uma estalagem, no local onde hoje se encontra Vendas Novas. Alguns anos mais tarde, por ordem de D.Teodósio, uma nova pousada foi construída nas Vendas Novas. O nome do povoado terá provavelmente origem nas construções - "Estalagens" ou "Vendas" - que por serem de recente construção, eram novas, denominadas pelos viajantes como "as Vendas Novas". A povoação mais antiga do concelho é, no entanto a Landeira, hoje freguesia do concelho, de que existem referências de sua existência nos inícios do Séc. XII.

Vendas Novas foi freguesia do concelho de Montemor-o-Novo até 7 de Setembro de 1962, altura em que passou a concelho, após um processo reivindicativo iniciado no final do século XIX.

Demografia[editar | editar código-fonte]

População do concelho de Vendas Novas (1970 – 2011)
1970 1981 1991 2001 2011
8 587 10 933 10 476 11 619 11 846


Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Vendas Novas.

O concelho de Vendas Novas está dividido em 2 freguesias:


Política[editar | editar código-fonte]

O Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas é, desde Outubro 2013, Luís Dias, eleito pelo PS. A Junta de Freguesia de Vendas Novas é presidida por Paula Valentim (PS) e a Junta de Freguesia de Landeira por Vítor Serrano (PS).

Eleições de 2009

Órgão PS PCP-PEV PSD
Câmara Municipal 3 3 1
Assembleia Municipal 12 9 2
dos quais: eleitos directamente 10 9 2

Evolução da votação

Evolução da votação para a Câmara Municipal

Ano CDU
APU de 1979 a 1985
FEPU em 1976
PS PSD CDS-PP AD
2013 39,07% 43,28% 11,64%
2009 52,2% 30,23% 14,49%
2005 46,01% 32,5% 17,76%
2001 53,95% 20,56% 21,13%
1997 52,72% 28,59% 13,11% 1,72%
1993 52,34% 25,68% 15,58% 2,96%
1989 55,16% 17,51% 23,89%
1985 54,75% 41,89%
1982 51,61% 16,68% 29,49%
1979 53,84% 14,84% 29,60%
1976 48,12% 37,18% 10,51

ver: Lista dos Presidentes da Câmara Municipal de Vendas Novas


Transportes[editar | editar código-fonte]

O concelho de Vendas Novas é servido por uma estação de caminhos-de-ferro que permite cinco ligações directas a Lisboa e a Évora. A Estação de Vendas Novas está integrada na Linha do Alentejo. Aflui também à estação a Linha de Vendas Novas, actualmente utilizada para serviço de mercadorias. Ao nível dos transportes rodoviários a cidade é servida pela Rede Expressos, Rodoviária do Alentejo e TST. Vendas Novas possui ligações diárias a Évora, Setúbal, Lisboa, Montemor-o-Novo e várias freguesias da zona.

O nó da Marateca situa-se nas proximidades da aldeia de Landeira o que confere a Vendas Novas uma posição geográfica vantajosa. A este da cidade encontra-se o acesso à A6, sendo que ao nó da Marateca afluem, além desta, a A2 e a A13. De carro chega-se a Lisboa, Évora e Setúbal em cerca de 45 minutos.


Bifanas[editar | editar código-fonte]

O prato mais afamado de Vendas Novas são as bifanas que atraem milhares de visitantes à cidade, principalmente à zona da Boavista. As bifanas de Vendas Novas são hoje comercializadas em vários centros comerciais do país incluindo Almada Fórum, Colombo ou Barreiro Retail Park.



Concelhos do Distrito de Évora Localização do distrito de Évora
Alandroal
Arraiolos
Borba
Estremoz
Évora
Montemor-o-Novo
Mora
Mourão
Portel
Redondo
Reguengos de Monsaraz
Vendas Novas
Viana do Alentejo
Vila Viçosa
Alandroal
Arraiolos
Borba
Estremoz
Évora
Montemor-o-Novo
Mora
Mourão
Portel
Redondo
Reguengos de Monsaraz
Vendas Novas
Viana do Alentejo
Vila Viçosa

Referências

  1. INE. Anuário Estatístico da Região Alentejo 2012. Formato PDF. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística, 2013. p. 32. ISBN 978-989-25-0214-4. ISSN 0872-5063. Visitado em 05/05/2014.
  2. Instituto Geográfico Português (2013). Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013 (XLS-ZIP) Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013 Direção-Geral do Território. Visitado em 28/11/2013.
  3. INE. Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Alentejo. Formato PDF. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística, 2012. p. 99. ISBN 978-989-25-0182-6. ISSN 0872-6493. Visitado em 27/07/2013.
  4. INE (2012). Quadros de apuramento por freguesia (XLSX-ZIP) Censos 2011 (resultados definitivos) Instituto Nacional de Estatística. Visitado em 27/07/2013. "Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_ALENTEJO""
  5. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  6. Adaptado de [1]
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vendas Novas