Zeinal Bava

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zeinal Bava
Presidente da Oi e CEO da PT Portugal, Zeinal Bava
Nascimento 18 de outubro de 1965 (48 anos)
Lourenço Marques, Moçambique
Nacionalidade Portuguesa
Ocupação Executivo
Prémios 2003, 2004 e 2005: Melhor CFO europeu no setor das telecomunicações
2009: Melhor CEO na área de Investor Relations
2010: Melhor CEO europeu no setor das telecomunicações e melhor CEO em Portugal
2011: Segundo melhor CEO europeu no setor das telecomunicações e melhor CEO em Portugal
2012: Melhor CEO europeu no setor das telecomunicações e melhor CEO em Portugal
Cargo CEO, Oi, PT Portugal

Zeinal Abedin Mohamed Bava[1] GCME (Lourenço Marques, 18 de Novembro de 1965) é um executivo português, Presidente da Oi e Presidente Executivo da PT Portugal[2] . É licenciado em Engenharia Eletrónica e Eletrotécnica pela University College London.

Origens[editar | editar código-fonte]

A sua família, muçulmana sunita originária da Índia Portuguesa, fixou-se em Moçambique, em 1890, na época uma colónia portuguesa. Seus pais dedicavam-se ao comércio e imobiliário na cidade de Lourenço Marques (actual Maputo), onde nasceu Zeinal. Em Portugal, para onde a família rumou apos 1975, seu pai criou uma pequena fábrica de mobiliário.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

A 4 de junho de 2013, Zeinal Bava assumiu a liderança da Oi[4] , cargo que acumula com a presidência da PT Portugal (Unidade de Negocios Fixo e Movel em Portugal incluindo a PT Inovacao, PT SI, PT Contact e PT Pro).

Anteriormente, havia sido nomeado Presidente Executivo da PT em abril de 2008[5] e reeleito em abril de 2012 para o triénio 2012-2014.[6] Em 2010 foi o gestor mais bem pago em Portugal, recebendo 1,4 milhões de euros.[7]

Zeinal Bava iniciou funções na PT como CFO do negócio de televisão por subscrição (PT Multimédia, agora ZON Multimédia) em 1999 e foi CFO do Grupo PT entre 2000 e 2006. Ao longo de 10 anos na PT, antes de assumir a liderança da empresa, desempenhou diversos cargos chave nos principais negócios da PT, tendo sido Presidente Executivo do negócio de televisão por subscrição de 2003 ( PT Multimedia/ TV Cabo) até à data do spin-off da empresa em 2007[8] , Vice-Presidente e responsável máximo pelo segmento residencial do negócio de rede fixa (PT Comunicações) em Portugal, Presidente Executivo do negócio móvel em Portugal (TMN), Presidente da unidade de serviços partilhados PT Pro,Membro do Conselho de Administração da Brasilcel e da Vivo, Presidente do Conselho de Administração do negócio de serviços partilhados (PT PRO) e membro do Conselho de Administração da PT Investimentos Internacionais.

Adicionalmente, desempenho vários cargos no Brasil, sendo membro do Conselho de Administração da Telemar Participações, S.A., membro do Conselho de Administração da Tele Norte Leste Participações, S.A., empresas do Grupo Oi e ainda membro do Conselho de Administração da Contax Participações, S.A. e da CTX Participações, S.A.

Antes de ingressar na PT, foi Diretor Executivo e de Relações para Portugal do Merrill Lynch International de 1998 a 1999, do Deutsche Morgan Grenfell de 1996 a 1998 e do Warburg Dillon Read de 1989 a 1996. Durante este periodo viveu em Londres e Madrid.

Zeinal Bava exerceu também funções como Membro do Conselho de Fundadores da Casa da Música; Membro do Conselho de Administração da Fundação Luso-Brasileira e Membro do Conselho de Administração da Fundação Portugal África.

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • 2009: Melhor CEO na área de Investor Relations no âmbito do “Investor Relations & Governance Awards (IRGA)”, uma iniciativa da Deloitte.[9]
  • 2010: Melhor CEO no setor de Telecomunicações da Europa, pela Institutional Investor. Melhor CEO em Portugal pela Extel.[10]
  • 2011: Segundo melhor CEO europeu no setor das Telecomunicações e melhor CEO em Portugal, pela Institutional Investor.[11]
  • 2011: Melhor líder português em empresa privada, pelo Best Leader Awards, promovido pela Leadership Business Consulting[12]
  • 2012: Melhor CEO em Portugal e melhor CEO do setor de telecomunicações da Europa, pela Institutional Investor.[13]

Enquanto CFO do Grupo PT, foi eleito por três vezes consecutivas em 2003, 2004 e 2005 como o melhor chief financial officer (CFO) da Europa no setor das telecomunicações, pela Institutional Investor.[14]

A 9 de Junho de 2014 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito Empresarial Classe Comercial.[15]

Referências

  1. Perfil de Zeinal Bava. Revista Visão (27 de Março de 2008).
  2. Zeinal Bava assume presidência executiva da Oi e Henrique Granadeiro acumula os cargos de presidente do conselho de administração e de presidente da comissão executiva da PT (04 June 2013).
  3. Zeinal Bava: Não pedimos desculpas por ter ambição. Jornal Público (19 de julho de 2010).
  4. Cinco anos depois de ser nomeado executivo da PT, Zeinal lidera Oi. TVI (4 de junho de 2013).
  5. Perfil de Zeinal Bava: quem é o novo «homem-forte» da PT. Agenciafinanceira.iol.pt.
  6. Administração da PT reconduzida para novo mandato. Jornal Público (27 de abril de 2012).
  7. Zeinal Bava é o mais bem pago com 1,4 milhões de euros em 2010. Jornal de Notícias (18 de abril de 2011).
  8. Conclusão do spin-off da PT Multimédia (7 de novembro de 2007).
  9. IRG Awards 2009. Deloitte (2009).
  10. Zeinal Bava distinguido melhor CEO da Europa no sector das Telecomunicações. A Semana (21 de março de 2013).
  11. Zeinal Bava eleito o 2.º melhor presidente-executivo na Europa. Jornal Expresso (8 de março 2012).
  12. Zeinal Bava é o melhor líder português em empresa privada. Best Leader Awards.
  13. Zeinal Bava reconhecido como melhor CEO da Europa nas telecomunicações. Dinheiro Vivo (19 de março 2013).
  14. Zeinal Bava eleito melhor CEO do sector na Europa. Diário de Notícias (09 de março 2011).
  15. Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas. Presidência da República Portuguesa. Página visitada em 2014-07-05. "Resultado da busca de "Zeinal Bava"."


Ligações externas[editar | editar código-fonte]