Estrangeirismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete estrangeirismo.

Estrangeirismo é o uso de palavra, expressão ou construção estrangeira que tenha ou não equivalentes. Estrangeirismo é o processo que introduz palavras vindas de outros idiomas na língua portuguesa. De acordo com o idioma de origem, as palavras recebem nomes específicos, tais como anglicismo (do inglês), galicismo (do francês), etc. O estrangeirismo possui duas categorias: em vez da correspondente em nossa língua. É apontada nas gramáticas normativas como um vício de linguagem, o que, há muito, é tido como uma visão simplista por diversos linguistas.

Normatividade[editar | editar código-fonte]

Dentro do âmbito da gramática normativa, caso se use um estrangeirismo que possua equivalente vernácula adequada, caracteriza-se o vício de linguagem como barbarismo (para os latinos, qualquer estrangeiro era bárbaro). Alguns gramáticos mais rígidos consideram que qualquer estrangeirismo, tenha ele equivalente vernácula ou não, é considerado barbarismo. O termo barbarismo também tem o significado contemporâneo de crueldade. Por fim, outro tipo de estrangeirismo é o idiotismo,[1] [2] que se dá quando se traduz literalmente expressão ou construção estrangeira que não faça sentido em nossa língua, em vez de se adotar tradução livre.[3] ele e o uso de lingua estrangeira no nosso cotidiano

Figura de linguagem[editar | editar código-fonte]

Por vezes, o estrangeirismo pode ser considerado uma figura de linguagem também, contanto que a palavra estrangeira exista e seja usada frequentemente ou tenha popularidade no dialeto.

Exemplos de estrangeirismo[editar | editar código-fonte]

  • Ok
  • Brother
  • Chauffeur
  • Croissant
  • Delivery
  • Drive-thru
  • Designer
  • Fashion
  • Deletar do inglês Delete
  • Jeans
  • Futebol (do inglês football)
  • Teen
  • United
  • Link
  • Hero
  • Element
  • Zip
  • Approach
  • Cappuccino
  • Internet
  • Vitrine
  • Go
  • Shampoo
  • t-shirt
  • Yes
  • Show
  • Site
  • Pizza
  • Hot dog
  • Market
  • Revèillon
  • Muzarella
  • Basquete (do inglês basketball)
  • Vôlei (do inglês voleyball)
  • Handebol (do inglês handball)
  • Sonda
  • On-line
  • Sister
  • Stop
  • Pink
  • Spaghetti
  • Enter (tecla no teclado do computador)
  • Short (bermuda)
  • Shopping
  • Stalkear (do inglês stalk, perseguir)
  • Game
  • Layout (existe a palavra leiaute no português)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. HOUAISS, Antônio et al. Dicionário Houaiss, verbete "Idiotismo". Editora Objetiva: 1.ª edição, 2001, Rio de Janeiro.
  2. Academia Brasileira de Letras. Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, verbete "Idiotismo". Editora Global: 5.ª edição, 2009, São Paulo.
  3. O uso de galicismos e de anglicismos

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.