Apocalipse 4

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cristo entronizado rodeado pelos tetramorfos, que simbolizam os quatro evangelistas, citados no versículo 7 deste capítulo.
Tímpano de uma das portas da Catedral de Burgos, na Espanha.

Apocalipse 4 é o quarto capítulo do Livro do Apocalipse (também chamado de "Apocalipse de João") no Novo Testamento da Bíblia cristã.[1][2] O livro todo é tradicionalmente atribuído a João de Patmos, uma figura geralmente identificada como sendo o apóstolo João.[3]

Texto[editar | editar código-fonte]

O texto original está escrito em grego koiné e contém 11 versículos. Alguns dos mais antigos manuscritos contendo porções deste capítulo são:

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Este curto capítulo pode ser dividido em duas seções distintas:

  • A Sala do Trono Celestial (versículos 1-3)
  • Os 24 anciãos e as quatro criaturas viventes cheias de olhos (versículos 4-11)

Versículo 7[editar | editar código-fonte]

Este versículo — «A primeira criatura era semelhante a um leão, a segunda criatura semelhante a um novilho, a terceira criatura tinha um rosto como de homem, e a quarta criatura era semelhante a uma águia que voa» (Apocalipse 4:7) — é uma clara referência às quatro criaturas viventes que simbolizam os evangelistas, conhecidas coletivamente como tetramorfos: o leão representa Marcos; o novilho, Lucas; o homem, Mateus e a águia, João.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Halley, Henry H. Halley's Bible Handbook: an abbreviated Bible commentary. 23rd edition. Zondervan Publishing House. 1962.
  2. Holman Illustrated Bible Handbook. Holman Bible Publishers, Nashville, Tennessee. 2012.
  3. Evans, Craig A (2005). Craig A Evans, ed. Bible Knowledge Background Commentary: John, Hebrews-Revelation. Colorado Springs, Colo.: Victor. ISBN 0781442281 
  4. «Four Evangelists (Tetramorphs)» (em inglês). Symboldictionary 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]