César Augusto Roriz da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
César Augusto Roriz da Silva
Local de nascimento  Brasil
Data de morte 13 de agosto de 2006
Local de morte Avaré,  São Paulo
Nacionalidade(s) Brasileiro
Crime(s) Assassinato
Pena 144 anos de prisão
Situação Morto

César Augusto Roriz da Silva, conhecido como Cesinha, foi um dos fundadores do Primeiro Comando da Capital (PCC)[1].

Chefiou a facção criminosa ao lado de Geleião, até ser expulso, em novembro de 2002, por ter mandado matar a mulher de Marcola, outro fundador[2].

Foi condenado a 144 anos, 6 meses e 6 dias de prisão[3]. Cumpria a pena na penitenciária de Avaré quando foi morto, em 13 de agosto de 2006, por outro presidiário[4].

Referências

  1. Por dentro do PCC. Revista Época
  2. A estranha ascensão de Marcola. IstoÉ, 18 de novembro de 2009
  3. Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo
  4. Fundador do PCC é assassinado na prisão. Folha de S. Paulo, 14 de agosto de 2006
Ícone de esboço Este artigo sobre criminosos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.