Cantinflas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: "Mario Moreno" redireciona para este artigo. Para o político brasileiro, veja Mário Luiz Moreno.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2014). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cantinflas
Fortino Mario Alfonso Moreno Reyes
Cantinflas
Nome completo Fortino Mario Alfonso Moreno Reyes
Nascimento 12 de agosto de 1911
Cidade do México, México
Morte 20 de abril de 1993 (81 anos)
Cidade do México, México
Nacionalidade mexicano
Ocupação ator e humorista
A estrela da Cantinflas na calçada da fama.

Cantinflas, nome artístico de Fortino Mario Alfonso Moreno Reyes (Cidade do México, 12 de agosto de 1911Cidade do México, 20 de abril de 1993), foi um ator e humorista mexicano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em uma família muito humilde e tinha 12 irmãos. Teve uma adolescência marcada pela pobreza o que o levou a começar a trabalhar muito cedo, primeiro como engraxate e depois como aprendiz de toureiro, motorista de táxi e pugilista.

A sua vida mudou quando aos vinte anos, trabalhando como empregado em um teatro popular, teve a oportunidade de substituir o apresentador do espetáculo que adoeceu. Ao inverter frases, trocar palavras e abusar do improviso, Cantinflas, conquistou o público hispânico.

As suas origens inspiraram várias personagens, entre eles o famoso "El Peladito". A sua maneira de falar acabou por prejudicar a sua carreira internacional. Dos mais de 40 filmes que fez, a maior parte foi produzida pela sua própria companhia.

Em Hollywood ele teve apenas dois filmes: A Volta ao Mundo em 80 Dias, um sucesso de bilheteria e vencedor do Óscar de Melhor Filme em 1956, e Pepe, um fracasso de público e crítica. A sua carreira durou até a década de 1980. A crítica, porém, destaca que os melhores filmes do comediante foram feitos entre a décadas de 1940 e 1950. Entre os seus trabalhos mais elogiados deste período estão, Os Três Mosqueteiros (1942), O Circo (1943), El Supersabio, O Mágico (1948), O Bombeiro Atômico (1950) e Se Eu Fosse Deputado. Todos escritos para ele pelo seu amigo Jaime Salvador.

Recebeu o Golden Globe Award para Melhor Ator (comédia ou musical) em cinema por A Volta ao Mundo em 80 Dias em 1957.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cantinflas
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Cantinflas