Colin Farrell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colin Farrell
Colin em 2015.
Nome completo Colin James Farrell
Nascimento 31 de maio de 1976 (41 anos)
Dublin, Irlanda
Nacionalidade irlandês
Ocupação Ator
Globos de Ouro
Melhor Ator - Comédia ou Musical
2010 - In Bruges
Página oficial
IMDb: (inglês)

Colin James Farrell (Dublin, 31 de maio de 1976) é um ator irlandês. Estrelou filmes como Minority Report, Alexandre, Miami Vice, O Novo Mundo e Fantastic Beasts and Where to Find Them. Em 2009 venceu o Globo de Ouro de Melhor Ator em Comédia ou Musical pelo seu papel de Ray no filme In Bruges.[1]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Colin James Farrell é filho do jogador de futebol Eamon Farrell e o nome de sua mãe é Rita.[2] É o mais novo de quatro irmãos – Eamon Farrell Jr., Catherine e Claudine, esta última sua assistente pessoal.[3]

Quando Colin tinha 10 anos, a sua família mudou-se para Castleknock, um subúrbio de Dublin. Colin estudou na St. Brigid's National School e no Gormanston College, um colégio católico privado em County Meath. Na altura em que frequentava este colégio, Colin fez uma audição para a boysband Boyzone, mas foi rejeitado.[4]

Colin decidiu que queria ser ator quando viu o filme E.T. e ficou em lágrimas com o desempenho de Henry Thomas. O seu irmão encorajou-o a seguir essa área e ele estudou arte dramática na Gaiety School of Drama em Dublin. Ele desistiu do curso quando conseguiu um papel na série da BBC Ballykissangel (1996). Nos anos seguintes participou na minisérie de Deirdre Purcell Falling for a Dancer (1998), além do papel principal no debut de Tim Roth como diretor, The War Zone (1999).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Colin Farrell começou a chamar atenção em Hollywood quando estrelou no filme Tigerland (2000)[5] de Joel Schumacher, a história de soldados americanos levados a região de matas afastadas na Louisiana em 1971 para jogar jogos de guerra em preparação para a sua primeira viagem de serviço. Ele ganhou o prêmio de melhor ator da Sociedade de Críticos de Filmes de Boston (Boston Society of Film Critics) por sua atuação como "Bozz", um recruta texano desordeiro que ajuda seus companheiros a escapar do combate no Vietnã. Colin também estelou ao lado de Kevin Spacey no filme Ordinary Decent Criminal (2000) de Thaddeus O'Sullivan. Foi Spacey quem o indicou para o papel depois de se surpreender com a performance de Collin na peça In a Little World of Our Own no Donmar Warehouse em Londres.

Em 2001, Farrell interpretou o papel de Jesse James em American Outlaws. O ator depois protagonizou o filme Phone Booth (2002), que o uniu novamente ao diretor Schumacher. Também co-estrelou com Bruce Willis em Hart's War (2001)[6] que foi filmado em locação em Praga. Ao longo do tempo Colin trabalhou com diretores como Steven Spielberg em Minority Report (2002).

Em 2004, Colin protagonizou Alexander, um épico dirigido por Oliver Stone que atraiu grande atenção por parte dos media por ter rendido bastante menos dinheiro e aclamação do que o estúdio esperava. Este lançou o filme com uma grande campanha de marketing em dezembro de 2004, em plena época de consideração de filmes para os Óscares, no entanto Alexander recebeu críticas devastadoras (atualmente tem uma classificação de apenas 17% no site Rotten Tomatoes)[7] que acabaram por prejudicar as vendas de bilhetes. O filme acabou por cobrir por pouco o seu orçamento de 155 milhões de dólares com uma receita global de 167 milhões de dólares.[8]Nos anos seguintes, a carreira de Colin sofreu com este falhanço e, com a exceção de Miami Vice, que protagonizou com Jamie Foxx, e The New World, dirigido por Terrence Malick, os seus filmes tiveram receitas de bilheteira relativamente baixas.[9]

Colin Farrell na Comic Con de 2016 a promover Fantastic Beasts and Where to Find Them.

Só em 2009, com o filme In Bruges, é que Colin Farrell conseguiu reavivar a carreira. Este filme independente de crime, comédia e drama segue a história de dois assassinos que se vêm obrigados a permanecer na cidade de Bruges à espera de ordens do seu patrão impiedoso depois de um trabalho ter corrido mal. O seu papel de Ray valeu-lhe um Globo de Ouro na categoria de Melhor Ator numa Comédia ou Musical em 2010.[1] Ainda em 2010, Colin foi um dos atores a terminar o trabalho de Heath Ledger no filme The Imaginarium of Doctor Parnassus de Terry Gilliam e foi um dos protagonistas de Crazy Heart, um filme independente que tem como base a música country e que foi bastante bem recebido pela crítica, vencendo dois Óscares no ano seguinte.[10]

Em 2010, Colin foi um dos protagonistas de The Way Back, um filme que segue a viagem de mais de 6000 quilómetros de um grupo que foge de um gulag na Sibéria. O filme recebeu críticas bastante positivas e foi nomeado para um Óscar.

No ano seguinte, Colin interpretou um dos patrões na comédia Horrible Bosses, sendo os restantes patrões interpretados por Kevin Spacey e Jennifer Aniston. O filme, protagonizado por Jason Bateman, Jason Sudeikis e Charlie Day teve críticas positivas e foi um dos grandes sucessos de 2011 com uma receita total de quase 210 milhões de dólares com um orçamento de 35 milhões.[11] No mesmo ano, foi um dos protagonistas de Fright Night, um remake do filme de terror com o mesmo nome de 1985. Este filme também foi um sucesso de bilheteira e teve críticas positivas.[12] No ano seguinte, Colin voltou a protagonizar um remake, mas com piores resultados. Total Recall foi recebido com críticas maioritariamente negativas e só conseguiu recuperar o seu orçamento de 125 milhões de euros graças ás receitas internacionais.[13] No entanto, este não foi o filme com piores críticas que Colin protagonizou em anos recentes. Em 2014, o filme Winter's Tale, uma adaptação do famoso livro infantil com o mesmo nome, tornou-se no pior recebido da sua carreira com uma pontuação de apenas 13% no site Rotten Tomatoes. Foi também o seu maior falhanço a nível comercial, tendo conseguido uma receita de apenas 30 milhões de dólares a nível mundial, metade do seu orçamento de 60 milhões.[14]

Apesar de não conseguir o sucesso comercial do início da sua carreira, Colin Farrell conseguiu o respeito do público com a sua participação em filmes bastante bem recebidos pela crítica como é o caso de Seven Psychopaths (2012), Saving Mr Banks (2013) e The Lobster (2015). Este último valeu-lhe a sua segunda nomeação para os Globos de Ouro. Ainda em 2016, Colin foi um dos protagonistas de Fantastic Beasts and Where to Find Them, um spin-off da série Harry Potter onde interpreta o vilão Percival Graves.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Polêmica foi gerada quando um vídeo de 13 minutos e 17 segundos caseiro de Colin, gravado em 2003, vazou na internet. No vídeo, ele aparece em nu frontal, praticando sexo explícito com a então namorada Nicole Narain. O ator processou Nicole, em julho de 2005, que teria vendido este vídeo. Ela foi miss da Playboy em janeiro de 2002.[15][16]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1999 The War Zone Nick
2000 Tigerland Pvt. Roland Bozz
Ordinary Decent Criminal Alec
2001 American Outlaws Jesse James
Hart's War Lt. Thomas W. Hart
2002 Phone Booth Stuart Shepard
Minority Report Danny Witwer, agente do FBI
2003 Veronica Guerin Rapaz tatuado
Intermission Lehiff
S.W.A.T. Jim Street, comando do SWAT
The Recruit James Douglas Clayton, recruta da CIA
Daredevil Mercenário
2004 Alexander Alexandre, o Grande
A Home at the End of the World Bobby Morrow (1982)
2005 The New World Capitão John Smith
2006 Miami Vice Detective James 'Sonny' Crockett
Ask the Dust Arturo Bandini
2007 Cassandra's Dream Terry
2008 In Bruges Ray
Pride and Glory Jimmy Egan
2009 The Imaginarium of Doctor Parnassus Tony
Triage Mark Walsh
Crazy Heart Tommy Sweet
Ondine Syracuse
2010 The Way Back Valka
London Boulevard Mitchell
2011 Horrible Bosses Bobby Pellitt
Fright Night Jerry Dandridge
2012 Total Recall Douglas Quaid/Hauser
2013 Seven Psychopaths[17] Marty Faranan
Saving Mr. Banks Travers Goff
Dead Man Down (br: Sem Perdão) Victor
2014 Winter's Tale (br: Um Conto do Destino) Peter Lake
2016 Fantastic Beasts and Where to Find Them[18] Percival Graves
2016 Solace Charles Ambrose
2017 The Beguiled John McBurney

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Observações
1998-1999 Ballykissangel Danny Byrne
2005 Scrubs Billy Callaghan 4ª temporada, episódio 14
2015 True Detective Ray Velcoro 2ª Temporada

Prémios[editar | editar código-fonte]

Atribuídos[editar | editar código-fonte]

Nomeações[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Cresceu tendo como ídolo o ator Al Pacino. Em 2003, teve a grande chance de contracenar com o ator, em O Novato. "Foi uma experiência assustadora, pois eu estava contracenando com uma lenda. Mas ele foi muito gentil. É o melhor ator de sua geração."
  • A escritora Jane Kelly publicou uma biografia sua não autorizada, chamada "Colin Farrell, Vivendo Perigosamente", desmistificando a imagem de durão do ator e afirmando que ele nunca teve o sotaque irlandês que exibe agora.
  • O ator está no remake de A hora do espanto no papel do vampiro Jerry Dandrige[19], que foi de Chris Sarandon.

Referências

  1. a b «Colin Farrell». www.goldenglobes.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  2. «Colin Farrell Biography (1976-)». www.filmreference.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  3. «Colin Farrell, Claudine Farrell, Jamie Foxx, Colin Farrell». www.hellomagazine.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  4. «Movie Idols #34: Movie Idols #34 - Colin Farrell profile». www.visimag.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  5. Universo Online. Mundonanet.sites.uol.com.br http://mundonanet.sites.uol.com.br/atores17.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  6. Spike.com http://www.spike.com/video/colin-farrell-on/2472570  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  7. Alexander, consultado em 21 de dezembro de 2016 
  8. «Alexander (2004) - Box Office Mojo». www.boxofficemojo.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  9. Globo.com http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2008/10/28/colin_farrel_diz_que_alexandre_arruinou_sua_carreira-586155643.asp  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  10. Cooper, Scott; Keane, James; Felix, Anna; Herman, Paul (5 de fevereiro de 2010), Crazy Heart, consultado em 21 de dezembro de 2016 
  11. «Horrible Bosses (2011) - Box Office Mojo». www.boxofficemojo.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  12. «Fright Night (2011) (2011) - Box Office Mojo». www.boxofficemojo.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  13. «Daily Box Office for Friday, August 3, 2012 - Box Office Mojo». www.boxofficemojo.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  14. «Winter's Tale (2014) - Box Office Mojo». www.boxofficemojo.com. Consultado em 21 de dezembro de 2016 
  15. Site da Folha de S. Paulo http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u56713.shtml  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  16. Cineclick.com.br http://www.cineclick.com.br/index.php/vidaintima/ficha/carrega/colin-farrell/id/200/letra/V  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  17. «Sete Psicopatas e um Shih Tzu: Elenco». AdoroCinema. Consultado em 9 de janeiro de 2012 
  18. Citação vazia (ajuda) http://www.imdb.com/title/tt3183660/
  19. Rolling Stone. Rollingstone.com.br http://www.rollingstone.com.br/secoes/novas/noticias/8247/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Colin Farrell
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Colin Farrell