Economia da Ucrânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Economia da Ucrânia
Edifício do Banco Nacional da Ucrânia
Moeda Grívnia
Ano fiscal Ano calendário
Blocos comerciais OMC, CEI, GUAM
Estatísticas
PIB 359,33 bilhões (nominal), 126.39 bilhões (PPA) (2018)
Variação do PIB +2,4% (2018)
PIB per capita 2960 (nominal), 9180 (PPA) (2018)
PIB por setor agricultura 9,8%, indústria 32,3%, comércio e serviços 57,9% (2010)
Inflação (IPC) 9,8% (2010)
População
abaixo da linha de pobreza
35% (2009)
Coeficiente de Gini 31 (2006)
Força de trabalho total 22,06 milhões (2010)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura 9,9%, indústria 29,6%, comércio e serviços 60,5% (2008)
Desemprego 1,2% (2018)
Principais indústrias carvão mineral, energia elétrica, metais ferrosos e non ferrosos, máquinas e equipamentos de transporte, produtos químicos, processamento de alimentos
Exterior
Exportações 44,9 bilhões (2010)
Produtos exportados metais ferrosos e não-ferrosos, petróleo e derivados, produtos químicos, máquinas e equipamentos de transporte, alimentos
Principais parceiros de exportação Rússia 9,1%, Polônia 6,3%, Turquia 5,8%, Itália 5,7% (2018)
Importações 44,5 bilhões (2018)
Produtos importados Energia elétrica, máquinas e equipamentos, produtos químicos
Principais parceiros de importação Rússia 15%, República Popular da China 12%, Alemanha 11%, Polônia 6,9% (2018)
Dívida externa bruta 116,3 bilhões (2018)
Finanças públicas
Receitas 39 bilhões (2017)
Despesas 41 bilhões (2017)
Ajuda económica 2,2 bilhões, do FMI (2002)
Fonte principal: The World Factbookhttps://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/up.html
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

Depois da Rússia, a Ucrânia era a segunda maior economia da antiga União Soviética. Seu Produto Interno Bruto era 4 vezes superior ao da terceira colocada[1]. Em 2014, o governo de Petro Poroshenko anunciou novas privatizações no setor da indústria de base, de maquinário, de petróleo, de extrativismo mineral e de outros serviços públicos essenciais.[2][3][4]

Agricultura[editar | editar código-fonte]

O principal lugar são as planícies situadas a ocidente de Kirovograd têm um solo negro designado chernozem, que são terras de grande riqueza produtiva (ricas em húmus). A exploração intensiva dos desses solos férteis (que cobrem quase 65% do país) do cinturão agrícola ucraniano tornou o país num grande produtor de trigo, cevada e milho. Outros cultivos importantes são: centeio, beterraba açucareira, girassol, algodão, batatas, legumes, aveia, painço e trigo sarraceno. As maiores culturas industriais são as de beterraba e de semente de girassol. Cultivam-se frutas e hortaliças nos arredores das grandes cidades. Com isso, a Ucrânia é historicamente conhecida como “O celeiro da Europa” As planícies da parte oriental, embora menos férteis, sustentam muitas comunidades rurais. Estes solos foram em grande parte contaminados por radioatividade, após o acidente da central nuclear de Chernobyl, em 1986. No extremo Sul da Ucrânia,se situam as planícies secas das costas dos mares de Azov e Negro. A Crimeia é uma das mais afamadas regiões turísticas do país e situa-se mais a sul.

Recursos minerais[editar | editar código-fonte]

A Ucrânia conta com ricas jazidas de minério de manganês no Donbas. Essa região é o centro industrial do país e um dos principais complexos minero-metalúrgicos e de industria pesada da Europa. A Ucrânia é também um importante produtor de gás natural e de petróleo, embora as reservas desses combustíveis fósseis tenham sido excessivamente exploradas durante o período soviético.

Indústria[editar | editar código-fonte]

O Donbas apresenta também indústrias metalúrgicas altamente desenvolvidas, que produzem ferro e aço em grandes quantidades. Desde 2014 que o governo ucraniano tem sido frustrado nas suas privatizações por haver pouca ou nenhuma demanda em leilões públicos.[5]

Referências[editar | editar código-fonte]


Outline of Ukraine.svg Ucrânia
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens