Edvard Beneš

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Edvard Beneš
Nome nativo Edvard Beneš
Nascimento 28 de maio de 1884
Kožlany
Morte 3 de setembro de 1948 (64 anos)
Sezimovo Ústí
Sepultamento Sezimovo Ústí
Cidadania Áustria-Hungria, Tchecoslováquia
Etnia Tchecos
Alma mater Universidade Carolina, Universidade de Paris, Institut d'Etudes Politiques de Paris
Ocupação lecturer, político, futebolista, diplomata
Prêmios Ordem de São Sava, Ordem da Coroa da Romênia, Legião de Honra, Ordem da Coroa da Itália, Grão-Cordão da Ordem de Leopoldo, Cavaleiro Primeira Classe da Ordem de Santo Olavo, Grã-cruz da Legião de Honra, Ordem da Águia Asteca
Empregador Universidade Carolina
Assinatura
Edvard Benes signature.svg

Edvard Beneš (Kožlany, 28 de maio de 1884Sezimovo Ústí, 3 de setembro de 1948) foi um líder do movimento da independência da Tchechoslováquia e tornou-se, em 1935, o segundo presidente deste país.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Após a anexação da Região dos Sudetas pelos nazistas, Beneš renunciou, partindo para o exílio em Londres. Com o fim da Segunda Guerra Mundial, retornou aos seus país como presidente, período em que assinou os ditos "decretos de Beneš", que confiscaram os bens de alemães e húngaros. Voltou a renunciar em 1948, quando do golpe de estado comunista.

Recebeu a Medalha Benjamin Franklin de 1939.