Fábio Lucas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fábio Lucas
Nascimento 27 de julho de 1931 (86 anos)
Esmeraldas, Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Escritor e crítico literário
Prémios Prémio Jabuti 1970

Prêmio Juca Pato (1991)
Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura 2015

Magnum opus O caráter social da literatura brasileira

Fábio Lucas (Esmeraldas, 27 de julho de 1931) é um escritor e crítico literário brasileiro.

Fundador das revistas literárias Vocação e Tendência, ambas em Belo Horizonte. Desde 1949, tem colaborado em jornais e revistas literárias do Brasil, Portugal, Estados Unidos, México, Canadá, Espanha e Itália.  Foi professor em quinze universidades no Brasil, Europa e Estados Unidos da América. Membro da Academia Mineira de Letras e da Academia Paulista de Letras; presidente, por duas vezes, da União Brasileira de Escritores; diretor do Instituto Nacional do Livro; membro da Associação Brasileira de Crítica Literária; sócio honorário da American Association of Spanish and Portuguese. Foi agraciado em 1970 com o Prêmio Jabuti de Literatura na categoria Estudos Literários (ensaios).

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

Crítica Literária[editar | editar código-fonte]

    1. Temas literários e juízos críticos. Belo Horizonte: Tendências, 1963.
    2. Compromisso literário. Rio de Janeiro: São Jose, 1964.
    3. Horizontes da crítica. Belo Horizonte: MP, 1965.
    4. O caráter social da literatura brasileira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1970: 2a ed. São Paulo: Quíron, 1976.
    5. Fronteiras imaginárias. Rio de Janeiro: Cátedra, 1971.
    6. A face visível. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1973.
    7. Poesia e prosa no Brasil: Clarice, Gonzaga, Machado e Murilo Mendes. Belo Horizonte: Interlivros, 1976.
    8. Razão e emoção literária. São Paulo: Duas Cidades, 1982.
    9. A ficção de Fernando Sabino e Autran Dourado. Belo Horizonte: Edição do Autor, 1983.
    10. Crítica sem dogma. Belo Horizonte. Imprensa Oficial, 1983.
    11. O Caráter social da ficção no Brasil. São Paulo: Ática, 1985; 2a ed. 1987.
    12. Vanguarda, história e ideologia da literatura. São Paulo: Ícone, 1985.
    13. Contos da repressão (seleção e interpretação). Rio de Janeiro: Record, 1987.
    14. Do barroco ao moderno: vozes da literatura brasileira. São Paulo: Ática, 1989.
    15. Crepúsculo dos símbolos: reflexões sobre o livro no Brasil. Campinas: Pontes, 1989.
    16. Poesias de Emílio Moura (seleção, interpretação, bibliografia). São Paulo: Art, 1991.
    17. Fontes literárias portuguesas. Campinas: Pontes, 1991.
    18. Mineiranças. Belo Horizonte: Oficina de Livros, 1991.
    19. Cartas a Mário de Andrade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1993.
    20. Interpretações da vida social. São Paulo: Ícone, 1995.
    21. Jorge de Lima e Ferreira Gullar, o longe e o perto. Brasília: Thesaurus, 1995.
    22. Luzes e trevas: Minas Gerais no século XVIII. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998.
    23. Literatura e comunicação na era da eletrônica. São Paulo: Cortez, 2001.
    24. Murilo Mendes: poeta e prosador. São Paulo: Educ, 2001.
    25. Expressões da Identidade brasileira. São Paulo: Educ, 2002.
    26. O poeta e a mídia: Carlos Drummond de Andrade e João Cabral de Melo Neto. São Paulo: SENAC, 2003.
    27. Lições da Literatura Nordestina. Salvador: Fundação Casa de Jorge Amado, 2005.
    28. Ética e Estética de Érico Veríssimo. Porto Alegre: Age, 2006.
    29. O núcleo e a periferia de Machado de Assis. São Paulo: Amarilys, 2009.
    30. O Poliedro da Crítica. Rio de Janeiro: Calibán, 2009.
    31. Ficções de Guimarães Rosa: perspectivas. São Paulo: Amarilys, 2011.
    32. Peregrinações Amazônicas: história, mitologia, literatura. São Paulo: LetraSelvagem, 2012.
    33. Caros autores: Lygia Fagundes Telles, Ignácio de Loyola Brandão, Mário Quintana, Jorge Amado. São Paulo: RG Editores, 2013.
    34. Futurações do passado imperfeito: digressões de um caniço pensante. São Paulo: Giordanus, 2014.
    35. Novas Mineiranças. Belo Horizonte: Editora Baobá, 2016.

Economia e Ciências Sociais[editar | editar código-fonte]

    1. Introdução ao estudo da repartição da renda. Belo Horizonte: 1959.
    2. A remuneração do trabalhador. Belo Horizonte: 1959.
    3. Conteúdo social nas constituições brasileiras. Belo Horizonte: 1959.
    4. Economia e política. Belo Horizonte: 1959.
    5. A redistribuição da renda. Belo Horizonte: 1963.
    6. Igualdade e desigualdade das rendas. Belo Horizonte: 1963.
    7. O estado moderno e a redistribuição pelo imposto. Belo Horizonte: 1963.
    8. Textos de teoria e repartição da renda social (IV). Belo Horizonte: 1967.
    9. Iniciação à macroeconomia. Rio de Janeiro: Forense, 1968.
    10. Intérpretes da vida social. Belo Horizonte: IP, 1968.
    11. Economia e Ciências Sociais (organização, introdução e tradução). Rio: Zahar, 1969.
    12. Síntese da história econômica em Minas Gerais. Porto Alegre: Terra e Povo, Ed. Globo, 1970.
    13. A guerra do Brasil (organização, introdução e colaboração). São Paulo: Texto novo, 2000.

Tradução[editar | editar código-fonte]

    1. Introdução ao método de Paul Valery. André Maurois, Campinas: Pontes, 1990.

Ficção[editar | editar código-fonte]

    1. A mais bela história do mundo. São Paulo: Global, 1996, 4ª ed. 2012.
    2. O Zelador do Céu e seus comparsas. Mossoró-RN: Sarau das Letras, 2012.
    3. Um livro cheio de prosa. São Paulo: Giordanus, 2014, ilustrações de Nani, 110 pp.

Edição Crítica[editar | editar código-fonte]

    1. Glaura. Manuel da Silva Alvarenga (ensaio, cronologia e notas ao texto). São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
    2. Os melhores poemas de Henriqueta Lisboa. São Paulo: Global, 2001. (Melhores Poemas).

Edições Especiais[editar | editar código-fonte]

    1. Presença de Cortázar. São Paulo: Fundação Memorial da América Latina, 1995.
    2. Sobre “Um gosto de mulher” De Carlos Mero. São Paulo: Scortecci, 1996.
    3. Melhores contos de Marcos Rey (seleção e apresentação). São Paulo: Global, 1998.
    4. IX sonetos da Inconfidência. Ildásio Tavares. São Paulo: Lemos: Giordano, 1999.
    5. Cartas aos amigos Caio Porfírio Carneiro e Fábio Lucas, de João Antonio. S. Paulo: Ateliê/Oficina do Livro, 2005.
    6. Nove Cartas - Razões e Contra-Razões - João Cabral de Melo Neto, João Antônio, Fábio Lucas, São Paulo: Oficina do Livro, Rubens Borba de Moraes, 2008 (ed. fora de comércio).
    7. Das cartas do meu pai: trechos de um grande amor. Belo Horizonte: 2016.

Títulos honoríficos e Prêmios Recebidos[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Péricles Eugênio da Silva Ramos
Jabuti 01.jpg Prêmio Jabuti - Estudos literários (Ensaios)
1970
Sucedido por
Fausto Cunha
Precedido por
Lêdo Ivo
Intelectual do Ano (UBE)
1991
Sucedido por
Rachel de Queiroz