Ferroviário Esporte Clube do Cabo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ferroviário
Escudo do Ferroviário Esporte Clube do Cabo.
Nome Ferroviário Esporte Clube do Cabo
Alcunhas Trinca-ferro
Trinca-ferro do Cabo
Ferrim
Ferrim do Cabo
Torcedor(a)/Adepto(a) Ferroviarino
Mascote Trinca-ferro
Principal rival Cabense
Fundação 18 de dezembro de 1961 (60 anos)
Estádio Estádio Gileno de Carli
Capacidade 5.459
Localização Cabo de Santo Agostinho, PE
Presidente Joselino Cabral de Moura Lopes
Treinador(a) Breno Gadelha
Patrocinador(a) Arena Casadinha
Material (d)esportivo Estilo Sports
Competição Pernambucano - Série A2
Ranking nacional Não classificado
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual

O Ferroviário Esporte Clube do Cabo (conhecido como Ferroviário do Cabo, de monograma FEC) é uma agremiação brasileira de futebol, sediado na cidade do Cabo de Santo Agostinho.

O Trinca-ferro foi fundado no dia 18 de dezembro de 1961. Sua maior conquista é o Campeonato Pernambucano de Futebol - Série A3 de 2000, além de um vice-campeonato da mesma competição em 1999.

O Ferrim possui as cores verde, branco e grená, e seu grande rival é a Associação Desportiva Cabense, com quem faz o conhecido Clássico Ca-Fé, duelo do Trinca-ferro contra o Azulão.

História[editar | editar código-fonte]

O Ferroviário Esporte Clube do Cabo foi fundado em 18 de dezembro de 1961 e dedicou-se a alguns campeonatos amadores, até se profissionalizar, definitivamente, no ano de 2001.

Desde sua fundação, até o ano de 2019, teve sua sede na cidade do Cabo de Santo Agostinho, porém, a partir do ano de 2020, terá como sede a cidade de Bezerros[1].

Durante a temporada 2020, o Trinca-ferro teve como casa o Estádio Antônio Inácio de Souza, em Caruaru[2], por conta de um atraso na finalização das obras do Estádio Municipal Tenente Luiz Gonzaga[3], na cidade de Bezerros.

Mascote[editar | editar código-fonte]

Trinca-ferro, mascote do Ferroviário.

O Ferroviário tem como mascote o pássaro trinca-ferro.

O mascote surgiu após um Clássico Ca-Fé, válido pelo Campeonato Pernambucano da Série A2 de 2012 e vencido pela Cabense por 4x0, onde um torcedor ferroviarino, sentindo-se furioso pela derrota, tentava, sem sucesso, quebrar um dos corrimões de ferro da arquibancada do Estádio Gileno de Carli sendo, pouco depois, contido pela segurança do estádio.

O fato levou a própria torcida ferroviarina gritar nas sociais e arquibancadas: "Ah, é trinca ferro!".

Após este caso curioso, a torcida do Ferroviário, por perceber que o grito lembrava o nome do pássaro e que o clube não tinha mascote, adotou o animal como símbolo.

Torcidas[editar | editar código-fonte]

Suas torcidas organizadas são a Fúria Independente e Ira Jovem.

Escudo antigo

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
PEtrophy.png Campeonato Pernambucano - Série A3 1 2000

Referências

  1. «Nova casa: Ferroviário-PE muda de cidade e vai jogar em Bezerros». ge. Consultado em 13 de outubro de 2020 
  2. «Ferroviário-PE mandará seus jogos no Estádio Antônio Inácio, em Caruaru.» (PDF). FPF-PE. Consultado em 2 de abril de 2021 
  3. Lima, Ricardo (10 de março de 2020). «Reforma do estádio municipal Tenente Luiz Gonzaga segue e previsão de entrega para maio está comprometida». Boletim esportivo. Consultado em 13 de outubro de 2020 
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.