Vera Cruz Futebol Clube (Vitória de Santo Antão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vera Cruz
Vera Cruz Futebol Clube
Nome Vera Cruz Futebol Clube (Vitória de Santo Antão)
Alcunhas Tricolor do Povo
Galo das Tabocas
Mascote Galo
Principal rival Vitória das Tabocas
Fundação 2 de fevereiro de 1960 (58 anos)
Estádio Severino Cândido Carneiro
Capacidade 10.911 lugares[1]
Localização Bandeira vitoria de santo antao.jpg Vitória de Santo Antão, Pernambuco Pernambuco, Brasil Brasil
Presidente Brasil Fernando Nogueira
Treinador Brasil Eurico Júnior
Patrocinador Haras Pit
Baterias Tudor
Produtos Vitória
Novo Hiper Supermercados
Material (d)esportivo Brasil Rota do Mar
Competição Pernambuco Campeonato Pernambucano - Série A2
Ranking nacional 335.º lugar, 1 ponto
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Vera Cruz Futebol Clube (conhecido apenas por Vera Cruz), é uma agremiação esportiva brasileira fundada a 3 de fevereiro de 1960. Com sede na cidade de Vitória de Santo Antão em Pernambuco, é conhecido como Tricolor do Povo, tem como mascote o galo e suas cores são o vermelho, branco e o preto.

O Vera Cruz é a equipe pernambucana com maior número de títulos da 2ª Divisão Pernambucana de Futebol, sendo o único tricampeão da última divisão pernambucana. Tricolor do Povo possui 3 conquistas; 2006, 2009 e 2014. Atualmente o clube está de volta a segunda divisão, onde manda seus jogos no Estádio Municipal Severino Cândido Carneiro, que tem a capacidade para 8 mil espectadores.

História[editar | editar código-fonte]

Fundado em 3 de fevereiro de 1960,[2] o clube inicialmente sempre disputou as ligas amadoras. O Vera Cruz teve como fundadores os saudosos Artur Cirino de Carvalho, Simeão Francisco de Lima, José Rodrigues da Silva, José Paulino de Medeiros, Manoel Maximiano da Silva, Milton Correia Teixeira e Antônio Luiz de Carvalho. No mesmo ano em que foi criado, o time participou da criação da Liga Vitoriense de Desportos, sempre estando presente aos campeonatos locais, jogos amistosos, torneios, mesmo após a extinção da Liga.

Em 1983, o Vera Cruz foi convidado pela Liga Vitoriense de Desportos para participar do Campeonato da Liga. Em 2001, quando voltou a participar do Campeonato da Liga foi novamente campeão. Em 30 de setembro de 2002, o Vera Cruz, ao sagrar-se campeão da Copa Intermunicipal de Clubes Campeões, profissionalizou-se para disputar a Segunda Divisão do Campeonato Pernambucano de Futebol.

Em 2006, venceu o Campeonato Pernambucano da Segunda Divisão, e no ano seguinte, estreou no Campeonato Pernambucano da 1ª Divisão,[3] onde permaneceu até a edição de 2008, ano do seu primeiro rebaixamento na primeira divisão. Já no ano seguinte, na edição de 2009 da segunda divisão, volta a sagrar-se campeão e volta mais uma vez a elite do futebol de Pernambuco, onde permaneceu no ano seguinte e teve seu segundo rebaixamento, até a temporada de 2014, onde sagra-se campeão e volta outra vez a primeira divisão. Mas, infelizmente no ano seguinte, volta a ser rebaixado para a segunda divisão do campeonato pernambucano, onde permanece até então, totalizando três rebaixamentos em sua história.

O clube[editar | editar código-fonte]

Bens e acomodações[editar | editar código-fonte]

Estádio[editar | editar código-fonte]

O estádio municipal Severino Cândido Carneiro, mais conhecido como Carneirão, é o atual estádio do Vera Cruz. Também é o atual estadio do Vitória das Tabocas, que atualmente manda seus jogos na Arena de Pernambuco que possui 44.300 cadeiras. A capacidade média do Carneirão é de 10.911 espectadores. Está localizado no bairro Lídia Queiroz, PE – 045, Vitória de Santo Antão em Pernambuco.

Centros de treinamento[editar | editar código-fonte]

Possui o seu complexo esportivo (Centro de Treinamento) numa área carente da cidade, no bairro do Maués, em Vitória de Santo Antão, com o objetivo também de realizar um trabalho social de atendimento às crianças da comunidade.

O complexo Antônio Luiz de Carvalho possui dois campos para treinamentos de atletas das categorias de base, além de piscina e sala de musculação.

Também participa de campeonatos de futebol feminino.[4]

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Mascote[editar | editar código-fonte]

Galo - mascote adotado pelo Vera Cruz

Além de ser conhecido como Tricolor do Povo, o Vera Cruz tem como mascote a ave da família Gallus gallus domesticus, o Galo, macho da galinha e figura de imponência e territorialista. Por isso, o clube também é conhecido como Galo das Tabocas.

Hino[editar | editar código-fonte]

Hino do Vera Cruz

Letra: Benedito Cachoeira (Bené)
Música: Benedito Cachoeira (Bené)

Vermelho é fogo, é luz ,
o preto no jogo, seduz,
o branco é paz e amor é o tricolor é o Vera Cruz (bis)

Vera cruz é paixão,
emoção do povo,
salve o novo campeão
Tricolor, amor e glória de Vitória de Santo Antão,
Vermelho, preto e branco invadem o Carneirão,
Levanta nos quatro cantos esse refrão

Vera Cruz é paixão,
É amor é o tricolor de Vitória de Santo Antão
Vera Cruz é o um show,
show de bola, ginga, toca, rola, toca na rede é gol
É gol, é gol, é show de bola ginga, rola toca na rede é gol (bis)

Principais títulos[editar | editar código-fonte]

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
Bandeira de Pernambuco.svg Campeonato Pernambucano - Série A2 3 2006, 2009 e 2014
Bandeira de Pernambuco.svg Campeonato Pernambucano - Série A3 1 2002
Outras Conquistas

Bandeira de Pernambuco.svgTaça Valmecir Margon[nota 1]: 2007.[5]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Vera Cruz Futebol Clube
Torneio Campeão Vice-campeão Terceiro Quarto
Brasil Campeonato Brasileiro – Série C 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui)
Pernambuco Campeonato Pernambucano 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui)
Pernambuco Campeonato Pernambucano - Série A2 3 (2006, 2009 e 2014) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui)
Pernambuco Campeonato Pernambucano - Série A3 1 (2002) 0 (não possui) 0 (não possui) 0 (não possui)

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2017
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última A Aumento R Baixa
Pernambuco Campeonato Pernambucano 3 5.º colocado (2007) 2007 2010 3
Pernambucano - Série A2 8 Campeão (2006, 2009 e 2014) 2006 2017 3
Pernambucano - Série A3 1 Campeão (2002) 2002 2002 1
Brasil Campeonato Brasileiro – Série C 1 57.º colocado (2007) 2007 2007
Por ano

PernambucoCampeonato Pernambucano - 1ª Divisão

Ano Posição
2007
2008 11º (Rebaixado)
2009 -
2010 10º (Rebaixado)
2011 -

PernambucoCampeonato Pernambucano - 2ª Divisão

Ano Posição
2006 Campeão e Promovido
2007 -
2008 -
2009 Campeão e Promovido
2010 -
2011 8° Colocado
2012 não disputou
2013 10° Colocado
2014 Campeão e Promovido
2015 -
2016 5° Colocado
2017 6° Colocado

PernambucoCampeonato Pernambucano - 3ª Divisão

Ano Posição
2002 Campeão

BrasilCampeonato Brasileiro - Série C

Ano Posição
2007 58°

Notas e referências

Notas

  1. Valmecir Margon é o verdadeiro nome do ex-jogador Baiano, que passou pelo Santa Cruz, Náutico, Sport e Central e marcou época no futebol pernambucano na década de 80, o maior artilheiro da história do Pernambucano, marcando 203 gols.

Referências

  1. «CNEF - Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (Rev. 6)» (PDF). CBF. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 2 de setembro de 2016. 
  2. «Hoje, 53 anos do Vera Cruz Futebol Clube, Parabéns!». Panorama Esportivo PE. Consultado em 6 de julho de 2014. 
  3. «Campeonato Pernambucano da Segunda Divisão de 2006». RSSSF. Consultado em 18 de dezembro de 2008. 
  4. Nossa Vitória PE (Janeiro de 2014). «Campeonato Pernambucano Feminino 2014 começa em Março». Consultado em 6 de julho de 2014. 
  5. O zagueiro Riso foi o autor do gol nº 25 mil do Campeonato Pernambucano, marcado no jogo contra o Central dia 24 de janeiro de 2007.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]