Flamengo Sport Club de Arcoverde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Flamengo, veja Flamengo (desambiguação).
Flamengo de Arcoverde
Flamengo Sport Club de Arcoverde
Nome Flamengo Sport Club de Arcoverde
Alcunhas Tigre do Moxotó
Rubro-Negro Sertanejo
Fera Sertaneja
Torcedor/Adepto Rubro-Negro Sertanejo
Mascote Tigre
Fundação 1 de maio de 1959 (61 anos)
Estádio Áureo Bradley
Capacidade 3.000 lugares[1]
Localização Arcoverde, Brasil
Presidente Olavo Bandeira
Competição Pernambucano - Série A2
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

O Flamengo Sport Club de Arcoverde (mais conhecido simplesmente como Flamengo de Arcoverde) é um clube esportivo brasileiro com sede na cidade de Arcoverde no sertão do estado de Pernambuco, foi fundado no dia 1 de maio de 1959 [2]. O Flamengo de Arcoverde é um clube de futebol homônimo de um dos maiores e mais vitoriosos do futebol brasileiro, o Clube de Regatas do Flamengo, por isso as suas cores são as mesmas do clube da capital do Rio de Janeiro, o vermelho e o preto. Mas só foi a partir dos anos de 1990, que o clube ganhou projeção estadual no futebol profissional, mais precisamente na conquista do seu primeiro título em 1996 e a primeira promoção na elite do futebol pernambucano, na disputa do estadual do ano seguinte, em 1997, ano esse que marcou também sua estreia em competições nacionais, a Série C de 1997. A equipe viria a ser novamente campeã a nível estadual anos mais tarde na disputa da Série A2 de 2016.

História[editar | editar código-fonte]

A história do Flamengo de Arcoverde, começa no dia 1 de maio de 1959, pelo arcoverdense Salatiel Silva e seus irmãos. O clube na época era conhecido como Vingador Futebol Clube. Depois, a agremiação começou a se popularizar e passou a se chamar de América Futebol Clube. O clube ao disputava as competições locais, não ganhava para nenhum time, por conta dessa sina, um grupo de amigos que eram torcedores do Flamengo do Rio, e também do Sport Recife, resolveram fundar na época o Flamengo Sport Clube de Arcoverde. A partir dos anos 1990, foi que o clube ganhou projeção estadual no futebol profissional.

Logo após ter a questão do nome do clube resolvida, o Flamengo de Arcoverde foi inscrito na Liga de Arcoverde, entidade essa que reunia as agremiações futebolísticas da cidade e promovia a competição entre elas. Nesta competição o clube faturou 16 títulos, 14 vice-campeonatos e ainda um bi-campeonato da taça de Arcoverde. Tamanha representativa, por se demonstrar uma grande força do futebol amador no interior de Pernambuco, o clube foi convidado pela Federação Pernambucana de Futebol para disputar um torneio seletivo que ficou conhecido como a primeira edição da segunda divisão estadual, a Série A2 de 1977, seria essa a primeira participação em uma competição oficial a nível estadual do rubro-negro sertanejo.

A competição foi disputada por dez clubes em turno único e todos os times jogaram entre si uma única vez, foram convidadas as equipes que tinham condições não só de conquistar o título, mas também tinha a capacidade de entrar no campeonato profissional da 1ª divisão do pernambucano, o torneio foi um sucesso de público no interior, pois as principais forças amadoras estavam presentes. O Flamengo fez uma boa campanha, ganhou três partidas, empatou três e perdeu três. Apesar do sucesso, a segunda divisão estadual só viria a ser disputada novamente em 1995, porém, outras competições foram criadas nesse meio tempo, a principal delas foi a Copa do Interior onde o Tigre do Moxotó também participou.[3]

O início no futebol profissional[editar | editar código-fonte]

O ano em que o Flamengo de Arcoverde se profissionalizou foi em 1993, com isso veio a filiação junto a FPF que no começo da década de 1990 tinha como grande meta a interiorização do futebol pelo estado de Pernambuco, no ano seguinte veio o convite para a disputa do estadual, em 1994, essa seria sua primeira aparição na elite do campeonato pernambucano. Na competição o Tigre do Sertão ficou na chave com os times do Porto da cidade e Caruaru, Casa Caiada do Recife, Ferroviário do Recife e Sete de Setembro de Garanhuns. A equipe fez uma campanha mediana, não conseguindo passar de fase, mas já deixou sua marca na competição com 3 vitórias.[4][5]

O ano de 1996 estava reservado para a equipe sertaneja, na disputa da segunda divisão do campeonato pernambucano, a competição foi dividida em turnos e o Flamengo fez uma campanha irretocável, terminou em 1º lugar no primeiro turno, como também fez ótima campanha no segundo, a equipe foi para a grande decisão com a vantagem de jogar por dois resultados iguais, e foi o que aconteceu, com um empate em 1 a 1 em Arcoverde com o 1º de Maio e outro empate pelo mesmo placar em Petrolina, a equipe do Flamengo de Arcoverde se tornava pela primeira vez campeão a nível estadual com o título da Série A2 de 1996, garantindo novamente seu retorno à elite do campeonato estadual e de quebra também conseguindo uma vaga para participar pela primeira vez de uma competição nacional.

A competição estadual de 1997 teve um regulamento confuso, porém comum nas competições organizadas naquela década, havia dois turnos, sendo que em cada turno havia duas fases, o clube que vence três das quatro fases garantia o título do ano de maneira antecipada. Outro ponto do campeonato era que empates com gols valiam mais do que sem gols: 2 e 1, respectivamente. O Flamengo de Arcoverde queria mais do que tudo, a permanência na divisão, que foi alcançada sem sustos. Na primeira fase do primeiro turno, a equipe ficou em terceiro lugar, com nove pontos, três a mais que o Ypiranga, garantindo vaga entre os “salvos do rebaixamento”. Isso por que, os três piores dos dois grupos da primeira fase iriam disputar o Hexagonal do Rebaixamento, onde duas equipes eram rebaixadas. Com isso o Tigre do Moxotó garantiu sua permanência, ficando por mais dois anos de maneira ininterrupta na primeira divisão estadual. Ainda em 1997, o clube participou pela primeira vez em sua história de uma competição em âmbito nacional, foi a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C, última divisão nacional na época. Foi nesse ano que o Estádio Municipal Áureo Howard Bradley e a cidade de Arcoverde receberam a primeira partida a nível nacional, no dia 03/09/1997, um empate com a equipe do Centro Limoeirense pelo placar de 1 a 1, e no dia 14/09/1997 veio a primeira vitória diante da equipe do Juazeiro (BA) pelo placar de 2 a 1. Apesar dos resultados, a equipe não alcançou a classificação para a fase seguinte, ficando em 55º na pontuação geral.[6]

O tigre do século XXI[editar | editar código-fonte]

Após os feitos nos anos 1990, o clube passou por altos e baixos no início dos anos 2000, após o rebaixamento em 1999 a equipe continuou lutando para voltar a elite do futebol pernambucano por mais 4 anos mas não vinha tendo destaque em suas campanhas, após esse período o clube se afastou das competições futebolistas, só voltando a disputar a série A2 em 2008 e 2009, mas não fez boa campanha, ficando na 11º posição na classificação geral nas duas temporadas e em seguida se licenciando das competições mais uma vez.

Após o sucesso a nível estadual e nacional de outros clubes do sertão pernambucano, a população da cidade de Arcoverde viu a necessidade de ser novamente representada por um clube da terra. Em 2013 o Flamengo de Arcoverde ensaiou uma volta ao futebol estadual, e participou da segunda divisão naquele ano, mas uma nova campanha ruim na fase de grupos fez com que o time suspendesse as atividades e não participando da temporada seguinte, para que o clube passasse por uma renovação.

No ano de 2015 o Flamengo estava de volta as competições, mais forte e bem organizada, fez boa campanha ainda no mesmo ano, mas em 2016 veio a redenção rubro-negro, após uma 1ª fase com 5 vitórias, 2 empates e 1 derrota, o Tigre do Moxotó passou para a fase seguinte, no mata-mata, deixou para trás as equipes do Íbis e Cabense chegando a grande final. Na decisão enfrentou a equipe de melhor campanha em jogo único na casa do adversário, o Afogados da Ingazeira, mas a equipe não se intimidou e venceu a partida pelo placar de 2 a 1 garantindo o segundo título de campeão pernambucano da Série A2 de 2016, além de garantir o retorno a elite do futebol pernambucano.

Em 2017, a equipe completou 23 anos da estreia no Pernambucano e 20 da participação na Série C.[7] O retorno já era emblemático e se tornou maior. Depois de uma primeira fase, onde ficou perto das duas vagas pela “corrida do título” devido as regras da competição o clube teve que jogar a fase seguinte no “hexagonal da permanência”, mas sempre olhando para o primeiro lugar, que dava a vaga para o terceiro representante do estado na Série D 2018. Com uma ótima campanha nessa fase, o Flamengo ficou em primeiro e garantiu sua volta para a disputa das competições nacionais.

Na temporada de 2018 a equipe não teve o mesmo ímpeto da anterior, apesar do título na Taça Evandro Carvalho (homenagem ao presidente da FPF)[8] pelo placar de 6 a 0 contra a equipe do Íbis, a equipe não fez uma boa temporada, mas conseguiu evitar o rebaixamento no campeonato pernambucano com 6 empates, 3 derrotas e só 1 vitória. O desempenho do estadual foi o reflexo de uma campanha ruim no nacional, com 1 vitória, 1 empate e 4 derrotas.

Estádio[editar | editar código-fonte]

O Estádio Municipal Áureo Howard Bradley, também conhecido como Áureo Bradley, é a principal casa do Flamengo de Arcoverde. Participou pela primeira vez de competições de âmbito nacional pelo Campeonato Brasileiro – Série C em 1997 contra o Centro Limoeirense, em que a equipe de Arcoverde acabou empatando com gols contra a equipe da cidade de Limoeiro. No final de 2017, passou por reformas e ampliação do gramado para os tamanhos oficiais pra disputa da quarta divisão do futebol brasileiro.[9]

As dimensões do campo, agora passam a ter 105m por 68m, medidas padrões para competições a nível nacional. O estádio recebeu nova pintura e novas traves foram instaladas. A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) realizou vistoria no estádio em janeiro de 2018.

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Evolução do Escudo[editar | editar código-fonte]

Evolução do escudo do Flamengo Sport Club de Arcoverde
Primeiro Escudo ?-2012 2013-2015 2016 2017-Presente
Flamengo de Arcoverde-em-png Flamengo de Arcoverde.2 FlamengoECDA.png FlamengoSCDA.png FlamengoECDA.png

Escudo[editar | editar código-fonte]

Para o Flamengo de Arcoverde, não basta ter o nome de um dos clubes mais populares do Brasil. O escudo e as cores do Flamengo de Arcoverde, tem inspiração no escudo do Flamengo do Rio. Após sua segunda mudança, foi adicionado um Tigre no centro de seu escudo. Com a chegada do inicio da segunda divisão em 2016, o time pernambucano radicalizou e, ao mudar o seu escudo novamente, trouxe no novo design traços de outro grande time nacional, o Corinthians.[10]

Sempre mudando o escudo, mas também sempre mantendo as cores tradicionais - rubro-negra - da equipe carioca, o Fla de Pernambuco fugiu dos padrões e de tudo quanto já havia feito, e colocou a âncora, os remos e a boia, além da bandeira da cidade no novo escudo, tornando-o idêntico ao do time paulista. Além disso, o novo símbolo do clube ganhou novas cores e as iniciais do time em destaque na cor branca. No entanto, após reclamações de boa parte da torcida, a direção do clube volta com o escudo anterior no ano de 2017

Mascote[editar | editar código-fonte]

Tigre, mascote do Flamengo de Arcoverde.

O Flamengo de Arcoverde tem como mascote, um dos maiores felinos do mundo e o maior felino da Ásia, o Tigre. Assim como outro clube de Pernambuco, o Petrolina Social Futebol Clube que também tem o Tigre como mascote, é uma curiosidade pois, é um tipo de animal que não existe no Sertão Pernambucano e os tigres existem em regiões de climas mais gélidos ou pouco temperados dependendo da subespécie.

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Uniformes dos Jogadores[editar | editar código-fonte]

  • Primeiro uniforme: Camisa nas cores vermelha e preta, calção preto e meias vermelhas.
  • Segundo uniforme: Camisa branca com faixas horizontais vermelha e preta, calção e meias brancas.
  • Terceiro uniforme: Camisa, calção e meias douradas. [11]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1.º Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2.º Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
3.º Uniforme

Principais títulos[editar | editar código-fonte]

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
PEtrophy.png Campeonato Pernambucano - Série A2 2 1996 e 2016
MUNICIPAIS
Competição Títulos Temporadas
Bandeira de arcoverde.JPG Campeonato Arcoverdense 16 (Ano não informado)
Bandeira de arcoverde.JPG Taça Cidade de Arcoverde 2 (Ano não informado)

Outros Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Pernambuco Taça Evandro Carvalho: 2018

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações em 2020
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P Aumento R Baixa
Pernambuco Campeonato Pernambucano 7 7º colocado (1997 e 2017) 1994 2019 2
Campeonato Pernambucano - A2 11 Campeão (1996 e 2016) 1977 2016 2
Brasil Campeonato Brasileiro - Série C 1 55º colocado (1997) 1997
Campeonato Brasileiro - Série D 1 57º colocado (2018) 2018


Estatísticas por ano[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro - Série C
Ano Posição
1997 55º
Campeonato Brasileiro - Série D
Ano Posição
2018 57º
Campeonato Pernambucano
Ano Posição
1994 14º
1997
1998
1999 10º (Rebaixado)
2017
2018
2019 10º (Rebaixado)
Campeonato Pernambucano Série A2
Ano Posição
1977
1996 Campeão e promovido
2000 15º
2001 10º
2002 11º
2003 13º
2008 11º
2009 11º
2013 13º
2015
2016 Campeão e promovido
2020 Á Disputar

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

  • Última atualização: 20 de julho de 2018.[12]
Goleiros
Jogador
Henrique
Igor
Defensores
Jogador Pos.
Alaf Z
Júnior Z
Jorge LD
Cherlinston LD
Walter LE
Marcelo LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Naldinho V
Vágner Rosa V
Herbert V
Bibi M
Hugo M
Atacantes
Jogador
Weverton
Willian
Jonathan
Túlio
Comissão técnica
Nome Pos.
Nilson T
Felipe Lima AS

Partidas históricas[editar | editar código-fonte]

A seguir algumas das partidas mais importantes e marcantes da história do futebol do rubro-Negro sertanejo.

Flamengo de Arcoverde 0 a 2 Casa Caiada (23 de janeiro de 1994)

Primeira partida profissional oficial do Flamengo de Arcoverde na elite do futebol pernambucano. Também foi a primeira derrota do rubro-negro sertanejo na primeira divisão.

Flamengo de Arcoverde 2 a 1 Ferroviário do Recife (30 de janeiro de 1994)

Primeira vitória oficial do Flamengo de Arcoverde na elite do futebol pernambucano. Também foi a primeira vitória na cidade de Arcoverde no Estádio Áureo Bradley.

1º de Maio 1 a 1 Flamengo Arcoverde (25 de agosto de 1996)

Partida decisiva que deu o primeiro título de Campeão Pernambucano Série A2 ao Flamengo de Arcoverde, em 1996

Flamengo de Arcoverde 0 a 0 Sport (2 de março de 1997)

Primeira partida na primeira divisão do futebol pernambucano contra um dos maiores clubes da capital, o Sport Club do Recife.

ASA-AL 3 a 1 Flamengo de Arcoverde (31 de agosto de 1997)

Primeira partida do rubro-negro sertanejo em competições em âmbito nacional. Partida essa pela primeira fase do Série C de 1997.

Flamengo de Arcoverde 1 a 1 Centro Limoeirense (03 de setembro de 1997)

Primeira partida do tigre do sertão a nível nacional na cidade de Arcoverde no Estádio Áureo Bradley. Partida valida pela Série C de 1997.

Flamengo de Arcoverde 2 a 1 Juazeiro-BA (14 de setembro de 1997)

Primeira vitória do rubro-negro sertanejo a nível nacional, jogo ocorrido na cidade de Arcoverde no Estádio Áureo Bradley. Partida valida pela Série C de 1997.

Afogados da Ingazeira 1 a 2 Flamengo de Arcoverde (18 de dezembro de 2016)

Segundo título de Campeão Pernambucano Série A2, em 2016, garantindo o retorno a elite do futebol pernambucano. Jogo único e com mando de campo da equipe adversária na grande final. Com isso, o Flamengo de Arcoverde se torna um dos maiores campeões da segunda divisão pernambucana.

Flamengo de Arcoverde 2 a 2 Afogados da Ingazeira (8 de março de 2017)

O resultado marcou a melhor campanha em toda sua história desde que o clube voltou a elite do campeonato estadual, fechando a classificação geral com a sétima melhor campanha, totalizando 26 pontos conquistados em 16 jogos, com 7 vitórias, 5 empates e 4 derrotas, conquistando também, uma vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D de 2018, terminando também com o melhor ataque geral com 24 gols marcados e 18 sofridos.

Sport 2 a 3 Flamengo de Arcoverde (19 de janeiro de 2019)

Primeira vitória fora de casa na primeira divisão do futebol pernambucano contra um dos maiores clubes da capital, o Sport Club do Recife, em jogo oficial disputado na Ilha do Retiro. No jogo o Flamengo saiu perdendo, mas conseguiu a virando no segundo tempo de partida.

Notas e referências

Notas

Referências

  1. «CNEF - CADASTRO NACIONAL DE ESTÁDIOS DE FUTEBOL» (PDF). 2016. Consultado em 6 de junho de 2020 
  2. «Flamengo de Arcoverde comemora aniversário» Por Assessoria FPF, Recife 04 de Janeiro de 2018 às 17h00. Atualizado em, 05 de Janeiro de 2018
  3. «Acervo Futebolístico de Pernambuco» 
  4. «Acervo Futebolístico de Pernambuco» 
  5. «Rsssfbrasil» 
  6. «Rsssfbrasil» 
  7. «Flamengo de Arcoverde: 1997 e 2017, o hiato entre duas glorias» Por Felipe Augusto. Publicado em 09 de março de 2017
  8. «Flamengo de Arcoverde vence o Íbis por 6 x 0 e conquista a Taça Evandro Carvalho» 
  9. «Casa do Fla de Arcoverde, estádio Áureo Bradley passa por reforma» Por GloboEsporte.com, Arcoverde, PE 14 de dezembro de 2017, às 15h50
  10. «Fla de PE radicaliza e faz novo escudo com característica do Corinthians; veja» Por GloboEsporte.com. Arcoverde, Pernambuco, 30 de Agosto de 2016, às 14h16 - Atualizado em 30 de Agosto de 2016 17h07
  11. «Flamengo de Arcoverde inova de novo e lança uniforme inspirado no Sport» Por GloboEsporte.com, Arcoverde, PE 15 de Junho de 2017, às 12h53. Atualizado 15 de Junho de 2017, às 12h53
  12. http://darciorabelo.com.br/noticia/com-elenco-moderado-flamengo-de-arcoverde-foca-em-estreia-na-serie-d