Frigga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Friga)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o asteroide, veja 77 Frigga.


Frigga
Frigg . Fricka
deusa mãe, deusa do amor e da fertilidade
Reino Asgard
Clã Asynjor
Cônjuge Odin
Irmãos Fulla
Filhos Balder, Hermodr, Hoder
Portalda Mitologia nórdica

Na mitologia nórdica, Frigga, ou Friga, é a Deusa-Mãe da dinastia de Aesir. Esposa de Odin mãe de Thor e madrasta de Loki é a deusa da fertilidade, do amor e da união. É também a protetora da família, das mães e das donas-de-casa, e símbolo da doçura. Além disso, é a única Deusa além de Odin que pode sentar-se no trono "Hlidskjalf" e observar o universo.[1]

Na mitologia nórdica[editar | editar código-fonte]

Na Mitologia nórdica, era conhecida como a mais formosa entre as deusas, a primeira esposa de Odin, rainha do Æsir e deusas do céu. Deusa do clã do Ásynjur, é uma deusa da união, do matrimônio, da fertilidade, do amor, da gerência da casa e das artes domésticas. Suas funções preliminares nas histórias mitológicas dos nórdicos são como a esposa e a mãe, mas estas não são somente suas funções. Tem o poder da profecia embora não diga o que conhece, e seja única, à excepção de Odin, a quem é permitido se sentar em seu elevado trono Hlidskialf e olhar para fora sobre o universo.[2] Participa também na Caça Selvagem (Asgardreid) junto com seu marido. Os filhos de Frigga são Balder, Hoder e provavelmente de Hermodr e Wecta; seus enteados são Tyr, Vidar, Váli, Skjoldr e Thor. O companheiro de Frigga é Eir, médico dos deuses da cura. Os assistentes de Frigga são Hlín (a deusa da proteção), Gná (a deusa dos mensageiros), e Fulla (deusa da fertilidade). Não é claro se os companheiros e os assistentes de Frigga são os aspectos simplesmente diferentes da própria Frigga. De acordo com o poema Lokasenna Frigga é a filha de Fjorgyn (versão masculina da “terra,” cf. versão feminina da “mãe terra,” de Torr), sua mãe não é identificada nas histórias que sobreviveram.

O seu nome tem várias representações (Frige, Frija, Fricka etc.) sendo também, por vezes, relacionada ou confundida com a deusa Freya.[3]

Referências

  1. «Frigg na Mitologia Nórdica - Mitologia Nordica». Mitologia Nordica - www.mitologia-nordica.net 
  2. «Frigg». Cyber Samurai. Consultado em 5 de Julho de 2012. 
  3. Davidson, Hilda Ellis. (1998). Roles of the Northern Goddess, p. 10. London: Routlege. Also: Grundy, Stephen, "Freyja and Frigg," pp. 56-67; Nasstrom, Brit-Mari. "Freyja, a Goddess with Many Names," pp. 68-77. Billington, Sandra & Green, Miranda (Eds.) (1996) The Concept of the Goddess. London: Routlege.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Frigga