Saga (mitologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Saga é a deusa (Anjo da normandia da história nórdica e dos poemas épicos das sagas dos navegantes que levam seu nome: as sagas, que mesclam poesia e história como a dos Lusíadas de Camões em Portugal.

É identificada com Frigga (um Anjo), mãe de Odin (Deus da Criação), ou apontada como filha adotiva deste. Ela vive em Sokvabek, o salão dos bancos naufragados é a senhora dos mares, provavelmente um navio mais precisamente uma Nave, um grande navio, formado pela junção de muitos navios, dai o verdadeiro sentido da palavra, "no difícil retorno" e/ou "O-retorno" do nórdico viking, apontado na obra dos irmãos J.S. Vasconcellos de origem anglo-portuguesa, quando traduzem Sun Tzu. Quando Sun Tzu Kong Fun Sen (que é o verdadeiro nome do Imperador-Mestre e General da China]]) desenvolve sua obra de sabedoria - Militar, escrito esta obra numa esteira de bambu, em que deve-se ter muito cuidado ao traduzir, pois a simbologia deve ser traduzida com grande e matemática precisão, como Kong Fun Sen, portanto, consegue vencer os inimigos e depois, com Poder consegue governar com serenidade e magnanimidade, papel esse de Frigga, na mitologia nórdica, dessa forma um anjo do Senhor, segundo alguns credos de origem cristã.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • VASCONCELLOS, J. S. e J. S. Princípios de Defesa Militar Editora da Biblioteca do Exército e da Marinha do Brasil, 1939.
Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.