Týr

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a divindade nórdica. Para o grupo musical, veja Týr (banda).
Týr erguendo sua espada

Na mitologia nórdica, Týr[1] ou Ziu ou ainda "Tyrr" é o deus Æsir do combate, do céu, da luz, dos juramentos e, por isso, patrono da justiça, precursor de Odin.[2] Ao tempo dos viquingues, Týr abriu caminho para Odin, que se tornou o deus da Guerra; filho do gigante do mar do inverno Hymir, passou a ser considerado filho de Odin, devido a sua coragem e heroísmo em batalha, representado por um homem sem a mão direita.

Ele perdeu a mão direita ao colocá-la na boca do deus-lobo Fenrir, que era a única forma de fazer o lobo ser preso nas cordas.[3]

Seu símbolo é a lança, na mitologia nórdica tanto uma arma como um símbolo de justiça. É também identificado com a runa Tîwaz.[4][5][6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Media relacionados com Týr no Wikimedia Commons

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia nórdica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.