Máni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Mani.
Máni
deus da lua
Pais Mundilfari e Glaur
Irmãos Sol
Portalda Mitologia nórdica

Na mitologia nórdica, Máni, é o deus da Lua, irmão da deusa Sol, filhos de Mundilfari e Glaur.[1]

Máni era seguido pelos céus pelos irmãos Hjúki e Bil; juntos representam as três fases da lua. Era constantemente perseguido pelo lobo Hati e a sua irmã por Skoll. O seu destino no Ragnarök é ser devorado por Hati.

A sua existência é atestada nas fontes antigas, no Völuspá, da Edda poética,[2] e também no Skáldskaparmál, Edda em prosa, em que Sol é mencionada no capítulo 26 como "irmã de Máni",[3] e no capítulo 56 são dados nomes à Lua: "crescente", "minguante", "contadora de anos", "brilhante", "crepúsculo", "reluzente", entre outros.[4]

Referências

  1. «Mani». Cyber Samurai. Consultado em 3 de Junho de 2012 
  2. «Völuspá». Consultado em 3 de Julho de 2012 
  3. Sturluson, Snorri. trad. Arthur Gilchrist Brodeur (1916), ed. «Skáldskaparmál, capítulo 26». Edda prosaica 
  4. Sturluson, Snorri. trad. Arthur Gilchrist Brodeur (1916), ed. «Skáldskaparmál, capítulo 56». Edda prosaica