Hauru no Ugoku Shiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hauru no Ugoku Shiro
ハウルの動く城
O Castelo Andante (PRT)
O Castelo Animado (BRA)
 Japão
2004 •  cor •  119 min 
Direção Hayao Miyazaki
Produção Toshio Suzuki
Roteiro Hayao Miyazaki
Baseado em Howl's Moving Castle,
de Diana Wynne Jones
Elenco Chieko Baisho
Takuya Kimura
Akihiro Miwa
Gênero fantasia
Música Joe Hisaishi
Cinematografia Atsushi Okui
Direção de arte Yoji Takeshige
Noboru Yoshida
Edição Takeshi Seyama
Companhia(s) produtora(s) Studio Ghibli
Distribuição Toho
Lançamento 20 de novembro de 2004
Idioma japonês
Orçamento ¥ 2,4 bilhões
Receita US$ 236 milhões

Howl no Ugoku Shiro (ハウルの動く城? Brasil: O Castelo Animado /Portugal: O Castelo Andante) é uma animação japonesa do diretor Hayao Miyazaki, produzida pelo Studio Ghibli em 2004. A história é baseada no livro Howl's Moving Castle, da escritora inglesa Diana Wynne Jones. A dublagem japonesa conta com nomes como Chieko Baisho e Takuya Kimura.

Howl no Ugoku Shiro estreou mundialmente no Festival de Veneza em 5 de setembro de 2004 e foi lançado nos cinemas do Japão em 20 de novembro de 2004. Ele arrecadou US$ 190 milhões no Japão e US$ 236 milhões em todo o mundo, tornando-o um dos filmes japoneses mais bem-sucedidos financeiramente da história. O filme recebeu elogios da crítica, principalmente por seus visuais e pela apresentação dos temas por Miyazaki.[1] Foi indicado ao Oscar de Melhor Animação no 78º Oscar, mas perdeu para Wallace & Gromit: A maldição dos lobisomens, em 2006[2], porém ganhou vários outros prêmios, incluindo quatro Tokyo Anime Awards e um Nebula Award por Melhor Roteiro.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Sophie é uma jovem de baixa autoestima que acha que seu destino é manter a chapelaria da família e portanto, não possui ambições. Certo dia quando saiu para visitar sua irmã Lettie, ela é importunada por alguns oficiais do exército, mas é salva por um jovem e bonito feiticeiro loiro, que a ajuda a chegar em seu destino mais rapidamente. Ao comentar com a irmã sobre o encontro com um mago, Lettie questiona a possibilidade ser Howl, um feiticeiro conhecido nos mitos por comer corações de mulheres bonitas que se apaixonam por ele, já que ele não possui um. Mas Sophie afirma que não há com o que Lettie se preocupar já que ela não bonita o suficiente para que Howl se apaixonasse por ela.

O encontro dos dois acaba por atrair a atenção da Bruxa das Terras Abandonadas que lança em Sophie um feitiço que transforma-a numa velha. Ela decide sair de casa em busca de um modo de quebrar a maldição, e parte rumo às Terras Abandonas, na esperança de reecontrar a Bruxa que lhe jogou o feitiço para desfazê-lo.

Em sua jornada pelas Terras Abandonadas, Sophie liberta um espantalho enfeitiçado, achando que era apenas um galho preso numa moita que poderia lhe servir de bengala e o batiza de Cabeça de Nabo. O espantalho então a ajuda a levando até o Castelo Animado, para que tenha um lugar seguro para passar a noite. Ao entrar no castelo, ela conhece o demônio de fogo Calcifer que propõe quebrar seu feitiço desde que ela quebre o contrato que o prende ao mago Howl, que em suas próprias reclamações, o faz de escravo, fazendo-o trabalhar dia e noite já que é o responsável pelo movimento do castelo.

Pela manhã ela descobre que o jovem que a havia ajudado no outro dia é Howl e, quando este pergunta-lhe quem ela é, Sophie diz que é a nova faxineira autocontratada, pois o castelo é o lugar mais sujo em que já esteve. O pequeno aprendiz Markl até achou isso tudo meio suspeito, mas Howl não diz nada contra.

A situação piora pois com o desaparecimento do príncipe do reino vizinho, os reinos entram em guerra e Howl é convocado para lutar por seu rei e por sua antiga mestra, Madame Suliman. Mas Howl não é alguém que aceita ordens facilmente. Ele possui seus próprios ideais e seus próprios segredos.

Personagens e dublagem[editar | editar código-fonte]

Personagem Descrição Japão Dublagem japonesa[3] Brasil Dublagem brasileira
Sophie Protagonista funcionária da chapelaria de sua família no início do filme, com 18 anos e cabelos castanhos, adquire cabelos brancos após o feitiço de envelhecimento. Se torna então a faxineira auto-contratada do Castelo Animado de Howl, em busca de quebrar seu próprio feitiço. Chieko Baisho Patrícia Scalvi
Howl O grande feiticeiro dono do Castelo Animado, Nasceu dia 22 de maio, conhecido nos boatos por se alimentar de corações de mulheres bonitas. Inicialmente apresenta cabelos loiros, mas após Sophie limpar seu banheiro, suas poções são misturadas e ele adere a sua cor de cabelo natural. Takuya Kimura Marcelo Campos
Bruxa da Terra Abandonada Bruxa responsável pelo feitiço de envelhecimento de Sophie. Veste preto e usa de muita maquiagem bem como roupas apertadas para afinar sua silhueta volumosa. Já teve um envolvimento com o mago Howl, o qual fugiu com medo dela e passou a se esconder. Após o encontro com a Madame Sulliman, perde totalmente seus poderes e se torna uma mera senhora de idade inofensiva. No entanto, ainda perece ter muito interesse em possuir o coração de Howl. Akihiro Miwa Isaura Gomes
Calcifer O temível demônio do fogo responsável pelo funcionamento e movimentação mágica do Castelo Animado. Apesar de quem se apresenta ser, é muito inofensivo e possui poderes e liberdade limitados, totalmente dependente das ordens e aprovação de seu mestre, Howl. Tatsuya Gashuin Élcio Sodré
Markl Jovem aprendiz de feiticeiro de Howl. Uma criança pura, alegre e muito amável. Ryūnosuke Kamiki Pedro Alcântara
Madame Sulliman Grande feiticeira do reino, braço direito do rei, antiga mestra de magia de Howl. Está mais fraca devido a idade, mas é muito poderosa. Haruko Kato Arlete Montenegro
Lettie Irmã mais nova de Sophie. É bonita e popular. Yayoi Kazuki Angélica Santos
Príncipe Justin O enfeitiçado Espantalho Cabeça de Nabo. Revela-se ser o Príncipe perdido do reino ao ter sua maldição quebrada. Yō Ōizumi Márcio Araújo
Heen Cachorro da Madame Sulliman, foi confundido por Sophie após Howl a mandar para a capital sob o disfarce de ser sua mãe. Howl disse que a seguiria disfarçado, mas ao entrar nos limites do reino, um cachorro de aparência duvidosa começa a seguir Sophie. Convencida de que o cachorro idoso era Howl, Sophie até mesmo o carrega por uma longa escadaria, mas descobre a verdade ao encontrar com a Sulliman. Daijiro Harada

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme angariou mais de 14.5 milhões de dólares na sua primeira semana de lançamento só no Japão.

Crítica[editar | editar código-fonte]

No Rotten Tomatoes, o filme detém uma pontuação de 87% baseada em 172 críticas, com uma classficação média de 7.5/10. O consenso do site diz, "Primorosamente ilustrada pelo mestre animador Miyazaki, O irá encantar crianças com a sua história fantástica e tocar os corações e mentes dos espectadores mais velhos também."[4] O filme também possui uma pontuação 80/100 no Metacritic, indicando "geralmente favorável".[5]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Resultado Destinatário Referência
2004 61º Festival de Veneza Prêmio Osella por Realização Técnica Venceu O Castelo Animado
Mainichi Film Awards Melhor Filme Japonês
(Escolha dos leitores)
Venceu O Castelo Animado
Festival Japonês de Mídias e Artes Prêmio por Excelência, Animação Venceu O Castelo Animado
2005 Tokyo Anime Award Animação do ano Venceu O Castelo Animado
Melhor Diretor Venceu Hayao Miyazaki
Melhor dublagem/atuação Venceu Chieko Baisho
Melhor Música Venceu Joe Hisaishi
Maui Film Festival Prêmio da Audiência Venceu O Castelo Animado
Seattle International Film Festival Golden Space Needle Award 1º lugar O Castelo Animado
2006 Oscar Melhor Animação Indicado O Castelo Animado
Saturn Awards Melhor Filme de Animação Indicado O Castelo Animado
2007 Nebula Award Melhor roteiro Venceu Hayao Miyazaki (roteiro)

Referências

  1. Omelete (ed.). «Howl's Moving Castle ovacionado em Veneza». Consultado em 18 de abril de 2020 
  2. Oscars.org (ed.). «THE 78TH ACADEMY AWARDS (2006)» [A 78ª PREMIAÇÃO DO OSCAR (2006)] (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2020 
  3. Adoro Cinema (ed.). «Dubladores (vozes originais) de O Castelo Animado». Consultado em 18 de abril de 2020 
  4. Howl's Moving Castle (2005) - Rotten Tomatoes (em inglês), consultado em 9 de junho de 2020 
  5. Howl's Moving Castle - Metacritic, consultado em 9 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]