Hiperestesia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Hiperestesia é um distúrbio neurológico que se dá excesso de sensibilidade de um sentido ou órgão a qualquer estímulo. É o aumento da intensidade das sensações. Se acompanha, em geral, de exaltação dos reflexos tendinosos, maior excitabilidade da sensibilidade fisiológica, e aceleração do ritmo dos processos psíquicos. Nos estados de grande ansiedade, de fadiga ou esgotamento, por exemplo, onde a capacidade adaptativa está comprometida, a audição e o tato podem estar aumentados[1].

A hiperestesia sensorial é frequente nos pacientes afetivos, nos neuróticos, nos estados de excitação maníaca, no hipertiroidismo, no tétano, na hidrofobia, nos acessos de enxaqueca e, ocasionalmente, nalguns casos de epilepsia[1].

Referências

  1. a b psiqweb. http://www.psiqweb.med.br/site/DefaultLimpo.aspx?area=ES/VerDicionario&idZDicionario=367. Consultado em 13 de novembro de 2012.  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.