Disdiadococinesia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disdiadococinesia
Atrofia cerebelar, uma das possíveis causas.
Classificação e recursos externos
CID-10 R27
CID-9 781.3

Disdiadococinesia (do grego δυς dys "mal", διάδοχος diadochos "sucessivos", κίνησις kinesis "movimento") é um termo médico para a dificuldade que uma pessoa tem em realizar movimentos rápidos em sequência. A dificuldade é maior quando o movimento com os olhos fechados ou muito rápido. A completa incapacidade de realizar movimentos sequenciais rapidamente é chamada de Adiadocosinecia.[1]

Causas[editar | editar código-fonte]

É um sintoma característico de lesão cerebelar, mas também pode aparecer na ataxia de Friedreich, no meduloblastoma e na esclerose múltipla. Frequentemente aparece associada a dificuldade em articular algumas sílabas (disartria).[2]

Acredita-se que seja causada pela dificuldade de ativar e desativar os grupos musculares de forma coordenada devido ao tônus muscular diminuído (hipotonia) resultado de uma lesão do cerebelo ou das vias cerebelosas. Pode ser verificado pedindo ao paciente gire as mãos rapidamente, toque o nariz com o dedo ou bata os pés no chão várias vezes seguidas. A dificuldade em manter ou completar o movimento indica disdiadococinesia. Os pés costumam ter pior desempenho que as mãos.[3]

Referências

  1. Deshmukh, A; Rosenbloom, MJ; Pfefferbaum, A; Sullivan EV (2002). "Clinical signs of cerebellar dysfunction in schizophrenia, alcoholism, and their comorbidity.". Schizophr Res. 57 (2-3): 281–291. doi:10.1016/s0920-9964(01)00300-0
  2. Wang, YT; Kent, RD; Duffy, JR; Thomas, JE (2008). "Analysis of diadochokinesis in ataxic dysarthria using the motor speech profile program". Folia Phoniatrica et Logopaedica. 61 (1): 11. doi:10.1159/000184539. PMC 2790744Freely accessible. PMID 19088478.
  3. Bates Guide to Physical Examination, 8th Ed.