Judite Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Judite de Sousa)
Ir para: navegação, pesquisa
Judite Susa
Nome completo Judite Fernanda Jesus da Rocha Sousa
Nascimento 2 de dezembro de 1960 (55 anos)
Porto, Portugal
Residência Lisboa, Portugal
Nacionalidade  Portugal
Ocupação Jornalista

Judite Fernanda Jesus da Rocha Sousa ComM (Porto, Massarelos, 2 de dezembro de 1960) é uma jornalista portuguesa[1] .

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de Joaquim de Sousa, antigo militante da União dos Estudantes Comunistas, e de Fernanda Isabel da Rocha, Judite Sousa licenciou-se em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto em 1987, e estreou-se no jornalismo aos 18 anos, como repórter da RTP no Porto.

Depois de se tornar pivot do Jornal da Tarde, seria convidada para a redacção de Lisboa, notabilizando-se na apresentação do Telejornal. Sem deixar o trabalho de repórter, foi enviada da RTP para a cobertura de acontecimentos como o Genocídio do Ruanda, em 1994; a ofensiva da Sérvia na Guerra dos Balcãs, em 1995; a Declaração Conjunta Luso-Chinesa, em 1999; a crise que se sucedeu o 11 de Setembro, no Paquistão, em 2001.

Em 2000 foi nomeada directora-adjunta de Informação da RTP, sendo diretor José Rodrigues dos Santos. Ao mesmo tempo passou a apresentar Grande Informação, programa de análise política com a presença de Mário Soares. Em 2002, após a remodelação de Almerindo Marques, saiu da direção de informação mas manteve-se como uma das principais figuras da informação do canal, tendo a seu cargo a Grande Entrevista, a que se seguiu Notas Soltas de António Vitorino.

Em 2011, ao fim de mais de 30 anos de colaboração, deixa a RTP[2] anunciando a sua ida para a TVI, onde também é subdiretora de informação. Actualmente, para além dessa função, ficou responsável pela apresentação do Jornal das 8 às sextas, sábados e domingos, e neste último dia, pela moderação do comentário político do professor Marcelo Rebelo de Sousa, até à sua eleição como Presidente da República. À segunda-feira, apresentava o programa Olhos nos Olhos, na TVI24, com Henrique Medina Carreira.

Também ao serviço da TVI fez a cobertura do Casamento de Guilherme de Gales e Catarina Middleton e do Casamento de Alberto II, Príncipe do Mónaco e Charlene Wittstock[3] .

Condecorações[editar | editar código-fonte]

A 8 de Março de 2005 foi agraciada como comendadora da Ordem do Mérito, pelo Presidente da República Jorge Sampaio.[4]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Teve um filho do seu primeiro casamento com José Pedro Braga Bessa, André de Sousa Bessa, que faleceu a 29 de Junho de 2014 aos 29 anos de morte cerebral causada por traumatismos múltiplos, incluindo cranianos, devido a um incidente verificado numa vivenda em Azeitão, tendo sido retirado da piscina[5] . Após a morte do filho, a jornalista fez um intervalo de dois meses, retomando o seu trabalho, no dia 28 de agosto de 2014, com a entrevista a Cristiano Ronaldo. A sub-diretora de informação da TVI mostrou-se emocionada e de luto, durante a conversação com o internacional português, comparando a idade deste com a do seu filho (29 anos). Em consequência desta morte, escreveu em sua homenagem o livro Os Nossos Príncipes, cujas verbas revertem para uma bolsa de estudo com nome do filho, destinada a ajudar estudantes com dificuldades económicas que queiram frequentar o mestrado em finanças da Nova School of Business and Economics, que ele havia obtido.[6]

Foi casada com Fernando Seara, candidato derrotado nas eleições autárquicas de 2013 para a Câmara Municipal de Lisboa, entrando em processo de divórcio em 2013[7] .

Polémica[editar | editar código-fonte]

No dia 16 de Agosto de 2013, no Jornal das 8, Judite Sousa começou por entrevistar Lorenzo Carvalho, brasileiro, filho de milionários, que está a viver em Portugal. A entrevista gerou polémica porque a jornalista confrontou e interrompeu o jovem com perguntas sobre a maneira como ele gastava o seu dinheiro, principalmente a quantia que gastou no seu 22.º aniversário, com a presença da atriz Pamela Anderson. Nas redes sociais, como no Facebook, milhares de pessoas defenderam o jovem e criticaram o profissionalismo de Judite Sousa[8] .

Judite Sousa já tinha sido criticada em anteriores entrevistas, nomeadamente pela entrevista ao candidato José Manuel Coelho do PTP às eleições presidenciais de 2011, após este ter pedido explicações pelo facto de não lhe ser permitido participar nos debates com os restantes candidatos.[9]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Olá Mariana: o poder da pergunta (2002);
  • A vida é um minuto: o poder e a imagem (2009);
  • Álvaro, Eugénia e Ana (2013);
  • Os Nossos Príncipes (2014);

Referências

  1. http://perfildojornalista.eusou.com/pt/entrevista.asp?id=1879&mid=285
  2. Judite Sousa de saída da RTP ao fim de 30 anos, DN Online, 24 de fevereiro 2011
  3. JUDITE SOUSA - Subdiretora de Informação da TVI e pivot do Jornal das 8, TVI Online, Pagina visitado 12 de novembro 2014
  4. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Judite Fernanda Jesus da Rocha de Sousa de Reboredo Seara". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 31 de Dezembro de 2014. 
  5. Morreu o filho de Judite Sousa, JN Online, 29 de junho 2014
  6. «Vendas do livro «Os Nossos Príncipes» revertem para bolsa de estudo André Sousa Bessa». TVI24. 19 de Novembro de 2014. Consultado em 31 de Dezembro de 2014. 
  7. «Judite Sousa quer o divórcio de Fernando Seara». 
  8. «Judite de Sousa passou-se e goza jovem rico, em directo!». 
  9. «Uma jornalista sem ética profissional!». 10 de Janeiro de 2011. Consultado em 12 de novembro de 2014.