Lista de unidades federativas do Brasil por proporção de gastos com funcionalismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Relação da proporção de gastos com funcionalismo público por unidade federativa. Segundo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a folha de pagamento do Executivo não pode ultrapassar 49% da receita líquida. Acima disso sobrecarrega os orçamentos estaduais. Em negrito os estados que gastam acima de 49% com funcionalismo estadual.[1]

Posição Unidade federativa Gastos com funcionalismo (%)
1  Paraná 53,65
2  Rio Grande do Norte 53,49
3  Tocantins 49,96
4  Mato Grosso 49,85
5  Alagoas 49,65
6  Santa Catarina 48,98
7  Paraíba 48,97
8  Distrito Federal 48,01
9  Sergipe 47,97
10  Amazonas 47,81
11  Rio Grande do Sul 47,31
12  Pernambuco 47,23
Média nacional 46,03
13 Bahia Bahia
14 Pará Pará 45,97
15  Minas Gerais 45,82
16  São Paulo 45,81
17  Goiás 45,73
18  Acre 44,92
19  Amapá 44,59
20  Piauí 44,49
21  Ceará 44,46
22  Espírito Santo 44,41
23  Rondônia 43,92
24  Mato Grosso do Sul 40,57
25  Roraima 39,90
26  Maranhão 39,20
27  Rio de Janeiro 34,29

Referências