Lista de unidades federativas do Brasil por acesso à rede de esgoto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa dos estados brasileiros por porcentagem de rede de esgoto.
  + 80%
  + 60%
  + 40%
  + 20%
  até 20%
Mapa das regiões brasileiras por porcentagem de rede de esgoto.
  + 80%
  + 60%
  + 40%
  + 20%
  até 20%

Este anexo contém uma lista de unidades federativas do Brasil por acesso à rede de esgoto, que é a proporção de municípios por unidades federativas brasileiras que possuem serviço de coleta de águas residuais, de acordo com dados coletados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) durante o censo demográfico de 2010 e divulgados no Atlas de Saneamento 2011.[1] O atlas faz uma leitura territorial dos dados da Pesquisa Nacional de Saneamento Básico 2008.[1][2]

O Brasil é uma república federativa formada pela união de 26 estados federados, além do Distrito Federal. Segundo o IBGE, em 2010 55,2% dos municípios brasileiros contavam com rede de esgoto. A unidade federativa com a maior porcentagem é o Distrito Federal, onde 100% de suas regiões administrativas[nota 1] possuíam coleta de águas residuais; seguido por São Paulo (99,8%) e Espírito Santo (97,2%). Já os menores percentuais são os dos estados do Piauí (4,5%), Pará (6,3%) e Maranhão (6,5%).[1]

De acordo com dados do IBGE, após a década de 1990 houve um considerável aumento do índice no Brasil. Em 2000, a porcentagem de municípios que possuíam rede de coleta de esgoto era de 33,5%, enquanto que em 2008 o valor era de 45,7%. Porém nota-se que o aumento do percentual foi maior nos principais centros urbanos do país, principalmente em áreas litorâneas e nas regiões de influência imediata das capitais estaduais, além das cidades médias.[1][3][4]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Classificação por unidade da federação[editar | editar código-fonte]

Posição Unidade Federativa Região

geográfica

Municípios com

rede de esgoto (%)[1]

1  Distrito Federal Centro-Oeste 100,0%
2  São Paulo Sudeste 99,8%
3  Espírito Santo Sudeste 97,4%
4  Rio de Janeiro Sudeste 92,4%
5  Minas Gerais Sudeste 91,6%
6  Pernambuco Nordeste 88,1%
7  Paraíba Nordeste 73,1%
8  Ceará Nordeste 69,6%
9 Bahia Bahia Nordeste 51,3%
10  Mato Grosso do Sul Centro-Oeste 44,9%
11  Paraná Sul 42,1%
12  Alagoas Nordeste 41,2%
13  Rio Grande do Sul Sul 40,5%
14  Roraima Norte 40,0%
15  Rio Grande do Norte Nordeste 35,3%
16  Santa Catarina Sul 35,2%
17  Sergipe Nordeste 34,7%
18  Amapá Norte 31,3%
19  Goiás Centro-Oeste 28,0%
20  Acre Norte 27,3%
21  Mato Grosso Centro-Oeste 19,1%
22  Amazonas Norte 17,7%
23  Tocantins Norte 12,9%
24  Rondônia Norte 9,6%
25  Maranhão Nordeste 6,5%
26 Pará Pará Norte 6,3%
27  Piauí Nordeste 4,5%

Classificação por região[editar | editar código-fonte]

Posição Região geográfica Municípios com rede de esgoto (%)[1]
1 Sudeste 95,1%
2 Nordeste 45,6%
3 Sul 39,7%
4 Centro-Oeste 28,3%
5 Norte 13,2%

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (19 de outubro de 2011). «Atlas Saneamento 2011: saneamento básico melhora em todas as regiões do país, mas diferenças ainda existem». Consultado em 19 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 13 de abril de 2013 
  2. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2008). «Pesquisa Nacional de Saneamento Básico 2008» (PDF). Consultado em 19 de dezembro de 2011. Cópia arquivada em 13 de abril de 2013 
  3. Júlia Dias Carneiro (19 de outubro de 2011). «Apenas 13% dos municípios do Norte têm esgoto, contra 95% do Sudeste, diz IBGE». BBC Brasil. Consultado em 23 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 13 de abril de 2013 
  4. R7.com (19 de outubro de 2011). «Quase metade dos municípios do país não tem rede de esgoto, diz IBGE». Consultado em 19 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 13 de abril de 2013 

Notas

  1. O conceito de "municípios" não se aplica ao Distrito Federal.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]