Lista de unidades federativas do Brasil por PIB (1970)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Abaixo segue a lista das unidades federativas do Brasil por produto interno bruto (PIB) no ano de 1970, calculado a preços constantes (ano-base 2010).[1][nota 1]

Lista de unidades federativas do Brasil por PIB - 1970[editar | editar código-fonte]

Posição Unidade federativa PIB 1970
em R$ de 2010 (mil)
Em 1970 Comparada a 1960
1 Estável (0)  São Paulo 308.940.883
2 Estável (0)  Rio de Janeiro 138.546.914
3 Estável (0)  Minas Gerais 63.003.340
4 Estável (0)  Rio Grande do Sul 56.815.178
5 Estável (0)  Paraná 32.918.267
6 Aumento (15)  Distrito Federal 23.595.548
7 Baixa (1)  Santa Catarina 22.714.692
8 Baixa (1)  Pernambuco 17.111.124
9 Baixa (1) Bahia Bahia 15.805.007
10 Estável (0)  Goiás 13.379.386
11 Baixa (2)  Ceará 9.889.066
12 Aumento (2)  Espírito Santo 9.391.035
13 Baixa (1) Pará Pará 8.829.402
14 Baixa (1)  Maranhão 7.696.328
15 Estável (0)  Mato Grosso 7.142.796
16 Baixa (5)  Paraíba 5.721.471
17 Baixa (1)  Alagoas 4.256.632
18 Estável (0)  Piauí 3.393.809
19 Baixa (2)  Rio Grande do Norte 2.640.357
20 Baixa (1)  Amazonas 2.351.079
21 Baixa (1)  Sergipe 2.072.718
22 [nota 2]  Acre 1.315.799
23 [nota 1]  Amapá 912.941
24 [nota 1]  Rondônia 692.646
25 [nota 1]  Roraima 342.059

Notas

  1. a b c d Em 1970, Amapá, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima e Tocantins não eram unidades federativas. À época, o Amapá existia como Território do Amapá; Rondônia existia como Território de Rondônia; e Roraima existia como Território do Rio Branco.
  2. O Acre foi elevado à categoria de estado em 15 de junho de 1962. Dados do ano de 1960 não disponíveis.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal do Brasil

Referências

  1. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Regional => Temas => Contas Regionais => PIB Estadual a preços constantes - 1970». IPEAData. Consultado em 15 de novembro de 2019