Esta é uma lista boa. Clique aqui para mais informações.

Lista de unidades federativas do Brasil por segurança alimentar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma lista de unidades federativas do Brasil por segurança alimentar, ou seja, o percentual de domicílios particulares brasileiros que se encontravam em condição de segurança alimentar no ano de 2013 segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).[1] São domicílios em condição de segurança alimentar aqueles onde os moradores tiveram acesso aos alimentos em quantidade e qualidade adequadas e sequer se sentiam na iminência de sofrer qualquer restrição no futuro próximo.[1]

O Brasil é uma república federativa formada pela união de 26 estados federados, além do Distrito Federal. De acordo com o IBGE, o estado com o maior índice de segurança alimentar é o Espírito Santo, com 89,6% dos domicílios atendendo aos critérios. Por outro lado, no Maranhão era a unidade federativa com a menor taxa, de 39,1%. Nesse estado, 23,7% dos domicílios apresentavam situação de insegurança alimentar moderada ou grave, o maior valor do Brasil,[1] cabendo ressaltar ainda que apresentava, em 2010, a maior incidência de pobreza e a maior taxa de mortalidade infantil do Brasil.

Condição de segurança alimentar[editar | editar código-fonte]

Mapa dos estados brasileiros por porcentagem de domicílios em condição de segurança alimentar no ano de 2013.
  + 90%
  + 80%
  + 70%
  + 60%
  + 50%
  até 50%
Posição Unidade federativa Domicílios em condição
de segurança alimentar[1]
1  Espírito Santo 89,6%
2  Santa Catarina 88,9%
3  São Paulo 88,4%
4  Distrito Federal 86,7%
5  Rio Grande do Sul 84,1%
6  Paraná 83,9%
7  Rio de Janeiro 82,2%
8  Mato Grosso do Sul 81,8%
9  Minas Gerais 81,6%
10  Mato Grosso 80,6%
11  Goiás 80,4%
12  Rondônia 78,4%
13  Pernambuco 74,1%
14  Amapá 72,1%
15  Acre 68,8%
16  Rio Grande do Norte 67,5%
17  Sergipe 67,3%
18  Roraima 67,3%
19  Alagoas 65,4%
20  Ceará 64,5%
21  Paraíba 63,5%
22  Tocantins 62,4%
23 Bahia Bahia 62,2%
24 Pará Pará 62,2%
25  Amazonas 57,1%
26  Piauí 44,4%
27  Maranhão 39,1%

Regiões por condição de segurança alimentar[editar | editar código-fonte]

Posição Região do país Domicílios em condição
de segurança alimentar[1]
1 Região Sudeste 85,5%
2 Região Sul 85,1%
3 Região Centro-Oeste 81,8%
4 Região Norte 63,9%
5 Região Nordeste 61,9%

Condição de insegurança alimentar moderada ou grave[editar | editar código-fonte]

Mapa dos estados brasileiros por porcentagem de domicílios em situação de insegurança alimentar moderada ou grave no ano de 2013.
  + 25%
  + 20%
  + 15%
  + 10%
  + 5%
  até 5%
Posição Unidade federativa Domicílios em situação
de insegurança alimentar
moderada ou grave[1]
1  Maranhão 23,7%
2  Piauí 19,0%
3 Pará Pará 17,5%
4  Acre 17,3%
5 Bahia Bahia 15,9%
6  Amazonas 15,8%
7  Alagoas 14,2%
8  Rio Grande do Norte 13,2%
9  Paraíba 13,0%
10  Ceará 12,5%
11  Sergipe 12,3%
12  Roraima 11,4%
13  Amapá 10,3%
14  Tocantins 10,1%
15  Pernambuco 8,1%
16  Goiás 6,2%
17  Mato Grosso 5,8%
18  Mato Grosso do Sul 5,4%
19  Minas Gerais 5,2%
20  Rio de Janeiro 5,1%
21  Rio Grande do Sul 4,7%
22  Paraná 4,5%
23  Rondônia 4,4%
24  Espírito Santo 3,8%
25  São Paulo 3,6%
26  Santa Catarina 3,6%
27  Distrito Federal 3,5%

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (18 de dezembro de 2014). «PNAD: insegurança alimentar nos domicílios cai de 30,2% em 2009 para 22,6% em 2013». Consultado em 18 de dezembro de 2014. Cópia arquivada em 1º de novembro de 2016