Lista de unidades federativas do Brasil por índice de transparência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é a lista de unidades federativas do Brasil por índice de transparência, que é o ranking do nível de transparência das contas públicas das unidades federativas brasileiras segundo dados do Ranking Nacional da Transparência, elaborado pelo Ministério Público Federal.[1]

O questionário aplicado pelas unidades do Ministério Público Federal no Brasil inteiro foi elaborado no bojo da ação nº 4 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (ENCCLA) do ano de 2015, por representantes do Ministério Público Federal (MPF), Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Controladoria Geral da União (CGU), Tribunal de Contas da União (TCU), Secretaria do Tesouro Nacional (STN), Associação dos Membros dos Tribunais de Contas (ATRICON), Banco Central do Brasil, entre outras instituições de controle e fiscalização.[2]

Unidades federativas do Brasil por índice de transparência[editar | editar código-fonte]

Palácio Getúlio Vargas, antiga sede do Governo de Rondônia, com o melhor índice de transparência do Brasil.
Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado de São Paulo, cujo índice de transparência é a sexta melhor do Brasil.
Palácio do Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco, estado com o décimo segundo melhor índice.
Posição Unidade Federativa Índice 2015 Índice 2016
1  Ceará 8,20 10,0 Aumento
1  Espírito Santo 10,0 10,0 Estável
1  Rondônia 5,20 10,0 Aumento
4  Goiás 6,80 9,80 Aumento
4  Tocantins 7,90 9,80 Aumento
6  São Paulo 9,20 9,70 Aumento
7  Minas Gerais 7,80 9,20 Aumento
7  Rio Grande do Sul 9,0 9,20 Aumento
7  Rio Grande do Norte 7,80 9,20 Aumento
7  Santa Catarina 9,80 9,20 Baixa
11  Mato Grosso do Sul 1,40 9,10 Aumento
12  Pernambuco 7,50 8,80 Aumento
13  Paraná 6,10 8,70 Aumento
13  Rio de Janeiro 5,90 8,70 Aumento
15  Maranhão 7,70 8,50 Aumento
16 Pará Pará 6,80 8,30 Aumento
16  Piauí 7,20 8,30 Aumento
18  Mato Grosso 9,50 8,10 Baixa
18  Sergipe 5,70 8,10 Aumento
20  Amapá 5,80 8,0 Aumento
21  Alagoas 6,80 7,60 Aumento
21  Distrito Federal 8,30 7,60 Baixa
23  Amazonas 4,60 7,50 Aumento
24  Paraíba 8,30 7,50 Baixa
25  Acre 5,80 5,60 Baixa
26 Bahia Bahia 5,0 4,10 Baixa
27  Roraima 4,90 3,80 Baixa

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Combate a Corrupção. «Resultados». Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  2. Combate a Corrupção. «Itens Avaliado». Consultado em 16 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]