Imigração sul-americana no Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imigração sul-americana no Brasil
ArgentinaBolíviaChileColômbiaEquadorParaguaiPeruUruguai VenezuelaBrasil
Marcelo MorenoSuely FrancoHector Babenco.jpgYasmin Brunet 001.jpgSilval Barbosa(Gov).jpgGeneral Miguel Costa.jpgRicardo Boechat.jpgPedro rocha.jpgMeligeni.jpgEmílio Garrastazu MédiciLiliana Castro01.jpg
Notáveis sul-americanos no Brasil e brasileiros de ascendência hispano-americana::
Marcelo Moreno · Suely Franco · Héctor Babenco · Yasmin Brunet · Silval Barbosa · Miguel Costa · Ricardo Boechat · Pedro Rocha · Fernando Meligeni · Emílio Garrastazu Médici · Liliana Castro
População total

600 mil de sul-americanos no Brasil e brasileiros de ascendência hispano-americana

Regiões com população significativa
Brasil, principalmente na região Sudeste
Línguas
Predominantemente português e espanhol
Religiões
Predominantemente católicos romanos

Assim como os asiáticos, os outros sul-americanos representam a maior leva demográfica imigratória no Brasil contemporâneo.[1] Cerca de 600 mil sul-americanos com origem nos países vizinhos vivem no Brasil.[2] Os países de origem da maioria dos imigrantes sul-americanos são Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. A Imigração Argentina ocorre principalmente no estado do Rio de Janeiro, principalmente nos municípios da Região dos Lagos, como Cabo Frio e Armação dos Búzios em que mais de 5% da população local dessas cidades são de argentinos.[3]

Brasileiros de Ascendência sul-americana ou imigrantes sul-americanos[editar | editar código-fonte]

Principais imigrações para o Brasil[editar | editar código-fonte]

Bairros de imigrantes sul-americanos em São Paulo[editar | editar código-fonte]

São Paulo é a cidade que tem o maior número de imigrantes no Brasil, sendo assim alguns bairros da cidade se tornaram conhecidos por abrigarem um grande número de imigrantes de determinadas nações.