Públio Sulpício Quirino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Virgem e São José se registram para o censo antes do governador Quirino. Mosaico bizantino na Igreja de Chora, Constantinopla 1315-1320.

Públio Sulpício Quirino (em grego Κυρήνιος - Kyrenios or Cyrenius, ca. 51 a.C. — 21 d.C.) foi um aristocrata romano.

Após a expulsão do etnarca Herodes Arquelau da tetrarquia da Judéia no ano 6 d.C., Quirino foi nomeado governador embaixador da Síria, à qual a província da Judéia tinha sido adicionada para efeitos de recenseamento.[1]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Josefo, Antiguidades dos Judeus - Livro XVIII: "Quirino chegou-se à Judéia, que foi adicionado à província da Síria, para tomar conta da sua solidez …"
  2. Michael Harlan, Roman Republican Moneyers and their Coins 63 BC - 49 BC, Londra, Seaby, 1995, pag. 3.
  3. Ronald Syme, L'aristocrazia augustea, Rizzoli Libri, Milano, 1993, ISBN 978-8817116077, tavola IV.
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.