Drusila

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde Fevereiro de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Os herodianos


Drusila
Nascimento 38
Morte 25 de agosto de 79 (41 anos)

Drusila (3825 de agosto de 79), neta de Herodes, o Grande, e terceira filha do rei Herodes Agripa I.

Família[editar | editar código-fonte]

Drusila foi uma das três filhas de Herodes Agripa I e Cipros; eles tiveram três filhas, Berenice, Mariane e Drusila, e um filho, Agripa.[1]

Herodes Agripa I era filho de Aristóbulo IV, filho de Herodes, o Grande;[2] sua mãe era Berenice.

Cipros era filha de Phasaelus e Salampsio, ambos da família de Herodes: Phasaelus era filho de Phasaelus, irmão de Herodes, e Salampsio era filha de Herodes e Mariane, a neta de Hircano.[3]

Casamentos[editar | editar código-fonte]

Assim que Agripa recebeu do imperador Cláudio a tetrarquia que era de Filipe,[nota 1] ele ofereceu sua irmã Drusila em casamento a Epífanes, filho do rei Antíoco, mas este se recusou, por teria que se circuncidar e se converter à religião judaica; Agripa, então, casou-a com Aziz, rei de Emesa, que aceitou a circunsisão e a conversão.[4] Outra aliança matrimonial promovida por Agripa foi o casamento de sua irmã Mariane com Arquelau, filho de Helcias; desta união nasceu uma filha de nome Berenice.[4]

O casamento de Drusila e Aziz durou pouco;[5] Félix, procurador da Judeia desde o décimo-segundo ano de Cláudio,[4] viu Drusila e apaixonou-se por ela, por ela ser a mulher mais bonita de todas.[5] Félix enviou Simão, um judeu de Chipre e que era considerado um mago,[nota 2] para convencer Drusila a largar o marido e casar-se com Félix.[5]

Drusila, que era maltratada por sua irmã Berenice por causa de sua beleza, aceitou a proposta de Félix, e teve um filho com ele, Agripa.[5]

Julgamento de Paulo[editar | editar código-fonte]

Ela é mencionada, rapidamente, em Atos, por ocasião do julgamento de Paulo de Tarso.

Morte[editar | editar código-fonte]

Ela se filho, Antônio Agripa, morreram durante a erupção do vulcão Vesúvio [5] no ano 79 AD. Ela tinha 40 anos de idade quando morreu.

Genealogia de Drusila[editar | editar código-fonte]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]