Portal:Sergipe/Biografia selecionada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Carlos ayres britto.JPG

Carlos Augusto Ayres de Freitas Britto (Propriá, 18 de novembro de 1942) é um poeta e jurista brasileiro, atual vice-presidente do Supremo Tribunal Federal.

Bacharel em Direito (1966), pela Universidade Federal de Sergipe, instituição da qual se tornaria professor, é mestre e doutor pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Na sua trajetória profissional, ocupou, em Sergipe, os cargos de Consultor-Geral do Estado no governo José Rollemberg Leite (1975-1979), Procurador-Geral do Estado entre 1983 e 1984, e Procurador do Tribunal de Contas do Estado. Em 1990, foi candidato a deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores, porém não foi eleito.

Em 2003, foi nomeado pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal, em virtude da aposentadoria do ministro Ilmar Galvão. Presidiu o Tribunal Superior Eleitoral no período de 6 de maio de 2008 a 22 de abril de 2010, sucedendo ao ministro Marco Aurélio e sendo sucedido pelo ministro Ricardo Lewandowski. (leia mais...)


Silvio Romero.jpg

Sílvio Vasconcelos da Silveira Ramos Romero (Lagarto, 21 de abril de 185118 de junho de 1914) foi um crítico literário, ensaísta, poeta, filósofo, professor e político brasileiro.

Sílvio Romero cursou a Faculdade de Direito do Recife, entre 1868 e 1873, diplomando-se em 1873, sendo contemporâneo de Tobias Barreto. Na década de 1870 colaborou, como crítico literário, em vários periódicos pernambucanos e cariocas.

Em 1875, foi eleito deputado provincial por Estância, em Sergipe. Radicou-se no Rio de Janeiro onde alcançou notoriedade, especialmente como crítico literário. Em 1878, Sílvio Romero publicou seus dois primeiros livros, A Filosofia no Brasil e Cantos do Fim do Século, seu primeiro livro de poesia. O primeiro deles tinha a intenção de questionar o meio acadêmico e intelectual do Rio de Janeiro, assim como de exaltar as qualidades de Tobias Barreto, seu mestre e conterrâneo. Nessa obra critica com veemência as correntes de filosofia no país, em especial o espiritualismo e o positivismo. (leia mais...)


Die Gartenlaube (1879) b 701.jpg

Tobias Barreto de Meneses (Vila de Campos do Rio Real, 7 de junho de 1839Sergipe, 26 de junho de 1889) foi um filósofo, poeta, crítico e jurista brasileiro e fervoroso integrante da Escola do Recife (movimento filosófico de grande força calcado no monismo e evolucionismo europeu). Foi o fundador do condoreirismo brasileiro e patrono da cadeira 38 da Academia Brasileira de Letras.

Aprendeu as primeiras letras com o professor Manuel Joaquim de Oliveira Campos. Estudou latim com o padre Domingos Quirino, dedicando-se com tal aproveitamento que, em breve, iria ensinar a matéria em Itabaiana, onde também dedicou-se à música, sendo cantor e flautista da Filarmônica Nossa Senhora da Conceição (nome atual).

Em 1861 seguiu para a Bahia com a intenção de freqüentar um seminário mas, sem vocação firme, desistiu de imediato. Sem ter prestado exames preparatórios voltou à sua vila donde sairá com destino a Pernambuco. Em 1854 e 1865 o jovem Tobias, para sobreviver, deu aulas particulares de diversas matérias. Na ocasião prestou concurso para a cadeira de latim no Ginásio Pernambucano, sem conseguir, contudo, a desejada nomeação. (leia mais...)


Marcelo Déda em fevereiro de 2011.jpg

Marcelo Déda Chagas (Simão Dias, 11 de março de 1960 - São Paulo, 2 de dezembro de 2013) foi um advogado e político brasileiro filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT). Com carreira política em seu estado natal, Sergipe, ele foi deputado estadual e federal. Em 2000 foi eleito prefeito de Aracaju, cargo que ocupou de 2001 até 2006, quando renunciou para disputar o governo estadual. Elegeu-se governador de Sergipe naquele ano e foi reeleito em 2010, cargo que ocupou até sua morte.

Sua militância política teve início no Movimento Secundarista. O primeiro contato com o DCE da Universidade Federal de Sergipe foi feito na época de existência do grupo político estudantil de esquerda na universidade chamado "Atuação". Déda acompanhou no DCE da UFS a primeira greve universitária e seu interesse pelas causas esquerdistas atraíram a atenção da militância política.

Em 1982, na primeira eleição do PT, Déda é lançado candidato a deputado estadual. Estava com 22 anos e obteve apenas 300 votos. Em 1985, acontecem as eleições para prefeito em Aracaju e o atual governador saiu candidato. A campanha decolou e Marcelo Déda conquistou o segundo lugar nas urnas com aproximadamente 19 mil votos.

Foi eleito, em 1986, deputado estadual com a maior votação de sua legislatura. Seus mais de trinta mil votos foram tão significativos, que elegeram, também, um outro correligionário, o médico Marcelo Ribeiro, que teve pouco mais de mil votos. (leia mais...)


Albano Franco (cropped).jpg

Albano do Prado Pimentel Franco (Aracaju, 22 de novembro de 1940) é um empresário, advogado e político brasileiro. Foi governador do estado de Sergipe no período de 1995 a 2002.

Formado em Direito pela Universidade Federal de Sergipe, atuou nas empresas da família, proprietário do Grupo Albano Franco, que entre outras empresas possui a Refrescos Guararapes, detentora da franquia da The Coca-Cola Company, FM Sergipe, TV Sergipe – afiliada da Rede Globo no estado, entre outras. Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (1971-1977), foi diretor da Confederação Nacional da Indústria (1977-1980) e presidente da referida entidade (1980-1994). É o homem mais rico de Sergipe e um dos mais ricos do Nordeste. De seu casamento com Leonor Barreto Franco, teve dois filhos: Ricardo Franco e Adélia Franco Maranhão. Seu irmão Walter do Prado Franco Sobrinho foi ex-deputado estadual e é um dos proprietários da TV Atalaia. (leia mais...)