Programa Genomas Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Presidente Jair Bolsonaro e Ministros Marcos Pontes e Eduardo Pazuello na cerimônia de lançamento do Programa Genomas Brasil.

O Programa Genomas Brasil, ou Programa Nacional de Genômica e Saúde de Precisão, é um programa do Governo Federal cujo principal objetivo é a criação de um banco de dados nacional com 100 mil genomas completos de brasileiros. O lançamento do programa em 14 de outubro de 2020 contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, do Ministro de Ciência e Tecnologia Marcos Pontes, além de diversas outras autoridades.[1][2]

O projeto[editar | editar código-fonte]

O projeto sequenciará genes de portadores de doenças raras, cardíacas, câncer e infectocontagiosas, como a Covid-19. A escolha das doenças levou em conta a quantidade de casos no país e o alto custo que geram ao Sistema Único de Saúde (SUS).[3][4]

O projeto vai incentivar o desenvolvimento científico e tecnológico nas áreas de genômica e saúde de precisão no âmbito do SUS, além de impulsionar o desenvolvimento da indústria genômica nacional.
 Na prática, o novo programa vai ajudar nos avanços de prevenção, tratamento e diagnósticos médicos, financiar pesquisas, proporcionar avanços tecnológicos em relação a terapias inovadoras e formar novos cientistas capazes de decifrar a relação entre o código genético e as doenças da população.[5]

Segundo o Ministério da Saúde, o investimento previsto no programa para os primeiros quatro anos é de, pelo menos, R$ 600 milhões. Com o Programa Genomas Brasil, a ideia também é tornar o Brasil um dos líderes globais na área da medicina de precisão. O programa foi instituído por meio de Portaria 1.949/20 publicada em agosto deste ano no Diário Oficial da União.[6]

Implantação[editar | editar código-fonte]

O Genomas Brasil irá trabalhar com três frentes para criar um cenário que permita implementar a saúde de precisão no SUS.[7]

Primeira fase - fortalecer as áreas de ciência e tecnologia no país, apoiando a execução de pesquisas e formação de pesquisadores. Para essa etapa, já foram disponibilizados R$ 71 milhões. A iniciativa conta com a parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).


Segunda fase – vai estabelecer um projeto piloto de pesquisa para analisar a viabilidade de implementação de serviço de genômica e saúde de precisão no SUS, além de qualificar os profissionais da rede pública para a medicina personalizada e de precisão.


Terceira fase - para fortalecer a indústria brasileira de genômica e saúde de precisão. Prevê a criação de um programa de pré-aceleração de startups, com o objetivo de estimular ideias inovadoras para a indústria nacional.


Genética[editar | editar código-fonte]

Em biologia molecular, a Genômica é o campo da ciência que estuda a estrutura, a função, a evolução e o mapeamento completo do genoma, que é a sequência completa de DNA (ácido desoxirribonucleico) de um organismo, ou seja, um conjunto de todos os genes de um ser vivo. Estudar o genoma é como estudar a anatomia molecular de uma espécie. Conhecer um genoma de um organismo pode trazer informações importantes sobre um ser vivo, como, por exemplo, os fatores que podem desencadear doenças, como câncer e diabetes.[8]

Referências

  1. «Governo lança programa para mapear genoma de 100 mil brasileiros». Agência Brasil. 14 de outubro de 2020. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  2. «Programa Genomas vai ajudar na prevenção e tratamento de doenças na população brasileira». Governo do Brasil. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  3. Oncoguia, Instituto. programa-nacional-de-genomica-e-saude-de-precisao/13817/990/ «MS cria Programa Nacional de Genômica e Saúde de Precisão». Instituto Oncoguia. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  4. Brasília, Redação Jornal de (14 de outubro de 2020). «Governo lança programa para sequenciar DNA de 100 mil brasileiros». Jornal de Brasília. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  5. Neves, Ursula (15 de outubro de 2020). «Programa Nacional de Genômica e Saúde de Precisão é lançado no Brasil». pebmed.com.br. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  6. «Ministério da Saúde». bvsms.saude.gov.br. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  7. «Bolsonaro lança programa para sequenciar DNA de 100 mil brasileiros». Poder360. 14 de outubro de 2020. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  8. Agora, Portal Saúde (15 de outubro de 2020). «Programa federal de genomas prevê a criação de banco de dados de 100 mil brasileiros». Portal Saúde Agora. Consultado em 16 de outubro de 2020