Quênia britânico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colony and Protectorate of Kenya
Colônia e Protetorado do Quênia

Colônia
(Império Britânico)

Flag of British East Africa.svg
1920 – 1963 Flag of Kenya.svg

Bandeira de Quênia

Bandeira da Colônia do Quênia

Localização de Quênia
Continente África
Região África Oriental
País Quênia
Capital Nairobi
Governo Não especificado
História
 • 23 de Julho de 1920 Fundação
 • 12 de Dezembro de 1963 Independência

Quênia britânico, formalmente Colônia e Protetorado do Quênia, foi parte do Império Britânico, no território do atual Quênia. Foi criado quando a antiga África Oriental Britânica foi transformada em uma colônia da coroa britânica em 1920. Tecnicamente, "Colônia do Quênia" referiu-se às terras do interior, enquanto uma faixa litorânea de dez milhas (aparentemente em arrendamento do sultão de Zanzibar) foi o "Protetorado do Quênia", e só foi cedido para a Colônia de Quênia, em outubro de 1963. No entanto, os dois foram controlados como uma única unidade administrativa. Mombasa, a maior cidade em 1921, tinha uma população de 32.000 na época.

Os indianos na Colônia do Quênia [1] contestaram a reserva dos planaltos para os europeus, e o rancor cresceu entre os indianos e os europeus. A população em 1921 foi estimada em 2.376 milhões, dos quais 9.651 eram europeus, 22.822 indianos e 10.102 árabes. A colônia chegou ao fim em 1963, quando a independência foi acordada com os britânicos. Após a independência, a ex-colônia tornou-se conhecida como Quênia.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]